Defesa & Geopolítica

BAE Systems revela capacete Striker II que permite ao piloto de caça ver no escuro

Posted by

Um novo capacete que permite ao piloto de caça ver no escuro através de uma câmera integrada de visão noturna, foi revelado durante o Farnborough Airshow.

O Striker II, construído pela BAE Systems, possui um visor que também atua como um display de alta definição, que pode projetar informações úteis para o usuário.

Isso inclui dados sobre metas e as coordenadas de objetos abaixo. O capacete também possui tecnologia head-tracking. Ele tem sido descrito por peritos como um “avanço significativo”.

As gerações anteriores de capacetes de piloto de caça foram equipados com óculos de visão noturna exteriores, que acabou por acrescentar peso na cabeça do piloto.

O capacete Striker II Helmet-Mounted Display (HMD) é uma prévia do futuro, os robustos óculos para visão noturna estão prestes a se tornar obsoletos.

“Ao passo em que a indústria faz a transição do analógico para soluções em displays digitais, o capacete Striker II traz uma superior e completa capacidade digital para múltiplas plataformas. Destinado a se corresponder com o avanço de missões que exigem o uso de dispositivos digitais, nosso novo Helmet-Mounted Display (HMD) foi construído para ser a prova de que o futuro consiste na adaptação das tecnologias durante os próximos anos”, diz Joseph Sentle, vice-presidente e gerente-geral de Comunicações e Soluções em Controle da BAE.

Configurações manuais dos óculos para visão noturna equipados com o hardware Night Vision Google (NVG) serão dispensadas: uma integração completa feita entre os sensores ISIE e a base Intevac Photonics e a projeção precisa de imagens por meio do sistema Electron Bombarded Active Pixel Sensor (EBAPS), são alguns dos horizontes inaugurados pela tecnologia de Striker II.

One Comment

shared on wplocker.com