Defesa & Geopolítica

Chávez fecha consulado venezuelano em Miami

Posted by

O governo venezuelano anunciou na noite desta sexta-feira (13/01) que encerrará as atividades do consulado do país em Miami, na Flórida (sudeste dos EUA). A justificativa, explicada pelo presidente Hugo Chávez se deve “à injusta, atropelante e imoral” expulsão do território norte-americano da responsável pela delegação diplomática venezuelana na cidade, Lívia Acosta, acusada de conspiração. As informações são da rede multiestatal Telesur.

“O chanceler Nicolás (Maduro) me recomendou que fechasse o consulado. Bem, então o fecharemos. Não teremos mais representação em Miami”, afirmou o presidente em discurso frente a Assembleia Nacional.

Apesar da expulsão de Acosta, o líder venezuelano adiantou que não tomará medidas semelhantes com os representantes de Washington em Caracas. “Não iremos fazer como eles, não temos razões para expulsar nenhum cônsul, não há provas de que estejam conspirando”, afirmou Chávez que, no entanto, voltou a pedir respeito por parte do governo norte-americano.

Chávez voltou a defender a atuação da consulesa, dizendo que foi expulsa dos EUA sem qualquer razão: “Não há nenhuma prova, nenhuma mísera prova de que estivesse realizando espionagem”.

Os Estados Unidos expulsaram Lívia de Miami na semana passada, depois da transmissão de um documentário, pela rede de TV Univisión, opositora a Chávez, que a acusa de organizar ataques cibernéticos contra computadores do governo norte-americano associada a agentes secretos de Cuba e Irã.

“Há gente aqui (no país) que apóia uma medida dessas, que não é apenas contra a consulesa, mas contra toda a Venezuela”, disse Chávez.

Fonte: operamundi

28 Comments

shared on wplocker.com