Defesa & Geopolítica

Ex-diretor da CIA Leon Panetta assume chefia do Pentágono

Posted by

Sugestão: Gérsio Mutti

Novo secretário de Defesa dos EUA promete ‘persistir’ nos esforços para derrotar a rede terrorista Al-Qaeda

O ex-diretor da CIA (agência de inteligência americana) Leon Panetta assumiu nesta sexta-feira o cargo de secretário de Defesa dos Estados Unidos, no momento em que o país prepara a retirada de suas forças militares do Iraque e do Afeganistão.

“Nosso país está em guerra e devemos prevalecer contra nossos inimigos”, declarou Panetta em sua primeira mensagem como 23º chefe do Pentágono. “Persistiremos em nossos esforços para desmantelar e derrotar a Al-Qaeda. A operação bem-sucedida que matou Osama bin Laden, uma missão que evidenciou a força e a precisão de nossos militares, é um grande passo rumo a essa meta”, disse Panetta, que substituiu Robert Gates, outro ex-diretor da CIA.

Panetta sustentou que os EUA, o governo do Afeganistão e os aliados de Washington devem manter seu compromisso para “assegurar que o país nunca volte a ser um santuário para a Al-Qaeda”.

Quanto ao Iraque, Panetta disse que os EUA devem “fortalecer uma relação estratégica com o governo iraquiano sustentada não somente na presença militar no país, mas em uma associação real e duradoura”.

Panetta falou sobre outra grande tarefa que encara como chefe do Pentágono: a redução do orçamento militar, que representa quase 25% do orçamento nacional.

“Farei tudo o que for necessário para a proteção dos EUA e para atender às necessidades dos homens e das mulheres que prestam serviço e às famílias que os apoiam”, disse. “Os EUA devem encarar seus problemas fiscais, mas, durante minha gestão, a força militar não se debilitará”, ressaltou.

Despedida de Gates

Na quinta-feira, Robert Gates despediu-se do cargo de secretário de Defesa com honras reservadas a grandes estadistas, em cerimônia militar na qual recebeu a máxima condecoração presidencial. O presidente Barack Obama, com o qual colaborou estreitamente na estratégia para as guerras do Iraque e Afeganistão, reconheceu o importante trabalho desenvolvido por Gates e lhe entregou, de surpresa, a Medalha Presidencial da Liberdade.

Em cerimônia no prédio do Pentágono, em que foi disparada uma salva de 15 tiros de canhão, Obama elogiou o “bom senso e a decência” do político, que descreveu como um “humilde patriota americano”. Gates “é um homem que aprendi a respeitar”, disse Obama, assegurando que ele não só foi um dos secretários de Defesa mais duradouros, “mas também um dos melhores”.

Fonte: Último Segundo

7 Comments

  1. KLM says:

    Uma Nacao Intera dirigida por um FANTOCHE (Obama) que por tras faz tudo CIA quer
    pra nao corre o risco do JFK

  2. Saiu onte um pegadinha q dizia q o obama tinha sido assassinado, mô sacanagem.sds.

  3. Wi says:

    Da CIA para o Pentágono… é “tutto cosa nostra” – tá tudo dominado…

  4. Dandolo says:

    É verdade, Obama que se cuide!
    Forças Ocultas mandam nos EUA.

  5. Dandolo says:

    Leon Panetta tem semelhança com Hitler. Só falta o bigode. Viram a mão dele ? kkkkkkkkkkkk

  6. Antônio Marcos says:

    25%, é muita coisa, não tem econômia que aguente.

  7. RtadeuR says:

    Pois é, o Obama disse que tem que cuidar da própria cozinha, tem uma pilha de pratos pra lavar, se o problema é interno a Cia e outros órgãos de informação vão cuidar, inclusive dele que vai tirar a ” boquinha ” da violenta indústria de armas americana. Não sou da esquerda mas esse comentário quase profético é interessante:
    “Deus livre Obama das balas que mataram Kennedy…”
    ——–
    http://www.youtube.com/watch?v=EY3YiNa38ug&feature=related

shared on wplocker.com