Defesa & Geopolítica

MBDA revela mais duas aplicações do míssil Mistral

Posted by

A MBDA acaba de lançar comercialmente dois novos sistemas de defesa aérea que empregam o míssil Mistral. Um deles é o Atlas-RC/LIC²ORNE, uma combinação que — em conjunto com o Mistral — provê proteção a unidades móveis, podendo ser montada em viaturas leves (Foto: MBDA. Laurent Guchardon).

A Atlas-RC é uma torreta automática, que transporta dois Mistral prontos para uso e é controlado a partir do interior da viatura, sendo equipada com sensores diurnos e noturnos para direção de tiro e acompanhamento; a LIC²ORNE é uma unidade de comando e controle, que pode coordenar oito sistemas Atlas-RC e conectá-las a sistemas de comando de nível mais alto. Podendo usar sensores eletro-óticos ou radar, a LIC²ORNE garante que a torreta Atlas-RC será avisada de um alvo a tempo para tirar vantagem de todo o envelope de tiro do Mistral.

A outra aplicação é o SPIMM (Self-Protection Integrated Mistral Module), um módulo baseado no sistema SIMBAD_RC e projetado para equipar navios de todos os tipos, em particular aqueles que não possuem um sistema de combate (como navios de apoio logístico). O módulo SPIMM consiste numa torreta naval automática SIMBAD_RC com dois mísseis Mistral prontos para uso, e um sistema infravermelho panorâmico de 360° para detectar e acompanhar ameaças aéreas e de superfície.

O sistema é totalmente controlado por dois operadores posicionados num “shelter” dentro do módulo, que também abriga dois mísseis adicionais. O módulo tem 3m de comprimento, pesa 7t, e pode ser facilmente posicionado no convés de um navio por um guindaste, necessitando apenas de uma conexão elétrica padrão (Fotos: MBDA).

Fonte: S&D

3 Comments

  1. Ferreira Junior says:

    Uma pergunta. Porque esses misseis ou assemelhados, não são colocados em nossos carros de combate, sejam estes blindados sobre rodas ou esteira?
    No mesmo caminho de pensamento, porque não colocamos misseis antitanque em nossos blindados com canhões de 105 mm, aumentando assim sua capacidade de combate frente a blindados com canhões de 120 mm, pois salvo engano, aumentaria o alcance.

  2. Encomenda e coloca no Marruá que já agrega valor e põe respeito.

    • Boa ideia… como veículo de assalto, acho muito viável como última opção em caso de ataques rápidos e necessidade de enfrentamento a veículos blindados como meio dissimulatório de escapatória e sobrevida…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com