Defesa & Geopolítica

Embraer comunica incidente com o KC-390

Posted by

O protótipo 001 da aeronave de transporte e reabastecimento KC-390, maior avião já construído no Brasil, saiu da pista em Gavião Peixoto (SP) quando realizava testes de prova em solo na manhã deste sábado (5).

Segundo a Embraer, a tripulação deixou a aeronave em segurança e sem ferimentos. A equipe de apoio foi acionada imediatamente.

A Embraer iniciou a investigação das causas do incidente. A ocorrência foi comunicada ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB).

Segundo incidente

Em 12 de outubro do ano passado, o protótipo teve um incidente durante um voo de teste em Gavião Peixoto. O caso foi divulgado à imprensa somente no dia 8 de novembro.

Na ocasião a empresa informou que o avião “experimentou um evento além do limite planejado no teste de uma das várias configurações experimentadas”, mas não informou se a tripulação esteve em risco.

De acordo com a Embraer, o incidente aconteceu durante um voo de teste de certificação para avaliar as qualidades de voo em baixa velocidade com simulação de formação de gelo.

Cargueiro da Embraer KC-390 em construção em Gavião Peixoto (Foto: Divulgação/Embraer) Cargueiro da Embraer KC-390 em construção em Gavião Peixoto (Foto: Divulgação/Embraer)

Cargueiro da Embraer KC-390 em construção em Gavião Peixoto (Foto: Divulgação/Embraer)

Protótipo do KC-390

O KC-390 é um projeto da Força Aérea Brasileira (FAB) que, em 2009, contratou a Embraer para realizar o desenvolvimento da aeronave. Foram sete anos de estudo em parceira com Argentina, Portugal e República Tcheca para desenvolver o protótipo.

A campanha de testes do KC-390 está avançando de forma extremamente satisfatória, atendendo todos os requisitos da aeronave e validando os objetivos de desempenho e capacidade previstos por meio do uso de avançadas ferramentas de engenharia.

Desde o início da campanha de testes em voo, em outubro de 2015, os protótipos do KC-390 têm apresentado uma alta taxa de disponibilidade, acumulando mais de 1.200 horas de voo.

Maior avião cargueiro fabricado no Brasil, KC-390 é apresentado em Gavião Peixoto, SP

Autonomia

Com turbinas a jato, o KC-390 ppode alcançar a velocidade de 850 km/h. Uma aeronave poderá decolar de Brasília e chegar sem escalas a qualquer capital brasileira com 23 toneladas de carga, sua capacidade máxima.

Nas asas, o avião poderá levar até 23,2 toneladas de combustível. Além de alimentar as próprias turbinas, também será possível fazer o reabastecimento em voo (REVO) de outros aviões ou helicópteros. É por isso que a aeronave é chamada de KC: C de Carga e o K de tanker, ou reabastecedor, em inglês. O KC-390 também terá a capacidade de ser reabastecido em voo por outras aeronaves.

O compartimento de carga tem 18,54 metros de comprimento, um pouco maior que uma quadra de vôlei. A largura é de 3,45 metros e a altura é de 2,95 metros. O espaço é suficiente para acomodar equipamentos de grandes dimensões, além de blindados, peças de artilharia, armamentos e até aeronaves semi-desmontadas.

Também poderão ser levados 80 soldados em uma configuração de transporte de tropa, 64 paraquedistas, 74 macas mais uma equipe médica ou ainda contêineres, carros blindados e outros equipamentos.

 

Fonte: G1

10 Comments

  1. Normal , estes testes sao para determinar os limites destas aeronaves , e sendo aeronaves militares normal que as mesmas são levadas a um limite de segurança superior aos vetores civis !

    • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

      Que nada… “A CULPA É DUZAMERICANOS” que usaram o laser do satélite geoestacionário brasileiro que a Embraer deu pra eles pra furar o pneu da aeronave e faze-la cair… 🙂

    • É Fato … Prototipos servem para estes Procedimentos.
      Tudo dentro dos rigidos e extensivos parametros de segurança
      vereficação de peças e durabilidades ….e Etc.Etc,Etc,
      proximo assunto.

  2. Á lista de cargueiros que passaram por estes incidentes é longa , C17, A400, C2 , Antonoves , a lista é grande !

  3. Capa Preta says:

    Que zica mew. Mas os protótipos são construídos para serem levados ao limite mesmo. o problema e que na era das fake news e da era digital , a desinformação que sempre foi usada nas guerras secretas industriais podem criar atrasos no projeto. O A400 tem dificuldades de encontrar clientes ate hoje por conta de desinformações disseminadas por concorrentes.
    A solução e a FAB receber logo seus exemplares e coloca-los em operação com eficiência, ai sim se prova a qualidade do produto e o vacina contra desinformações de concorrentes.

  4. Pingback: Prototype of Brazil's new KC-390 army transport plane goes off runway ⋆ 10z US politics

  5. Pingback: Prototype of Brazil’s new KC-390 military transport aircraft goes off runway – Cost of Wars

  6. Adriano Corrêa says:

    Poxa! Não filmaram a derrapagem, deve ter sido animal!!!

  7. Da nada, era so levantar voo, afinal, ele é preparado para decolagem e pouso em região não preparadas não é?
    Será que houve algum dano a aeronave ?

shared on wplocker.com