Defesa & Geopolítica

Exclusivo- Su-57 dispara na Síria o novo Míssil tático furtivo X-59MK2

Posted by

Informações Rustam

 

Autor:

Tradução e E.M.Pinto – Plano Brasil 


A Rússia testou em combate na Síria, os mais avançados mísseis táticos de cruzeiro desenvolvidos paa ons novos caças Russos.

O lançamento foi feito a partir de um caça  Su-57, segundo informou o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu.

“Para avaliar as capacidades de combate  declaradas dos equipamentos militares que estão sendo desenvolvidos, em fevereiro deste ano, foram realizados lançamentos das armas avançadas tais como os mísseis de cruzeiro de designação operacional-tática da aeronave de quinta geração do Su-57” disse  Shoigu em uma reunião do conselho do departamento.

MAKS 2015 Parte I : Novidades

Produzido pela Tactical Missiles Corporation (TCM), estas armassaltaram aos olhos do público visitante da MAKS 2015 quando forma pioneiramente apresentados.  O plano Brasil reportou o lançamento pela TMC  das suas novas armas Stand Off, dentre elas o X-59Mk2 além  do míssil tático  stand-off X-58USHKE / IIR de ataque anti-radiação.

A Arma com mais de 770 Kg é alegadamente furtiva do tipo dispare esqueça com sistema de orientação inercial e coordenada por sistemas GLONAS, GPS, TV, IR. O Míssil é mais resistente às contramedidas eletrônicas e mais resistente às defesa anti aéreas. O sistema de transporte nos caças SU -57 se dá por uso da baia interna onde as suas aletas são dobradas para se acomodarem no compartimento de carga interno, bem como, podem ser transportados sobre os Pilones nas asas e seção central da fuselagem do caça.

A arma é projetada para ataques aéreos em alcances de 290 km, sua ogiva é estimada em cerca de 300 kg. O Míssil de 4,2 m de comprimento possui envergadura com asas abertas de 2,45 m. Segundo a TCM o X59Mk2 pode atingir seu alvo em um ângulo de 45 graus a uma velocidade terminal de 1.000 km / h com uma precisão de 3 a 5 metros. A arma foi desenvolvida para abater alvos táticos e estratégicos como navios, sistemas de defesa, infraestrutura de apoio às bases, hangares e   demais alvos terrestres fixos.


Sobre  o Autor:

E.M. Pinto é Físico, Mestre em Física Aplicada e Doutor em Engenharia e Ciências dos Materiais, Professor Universitário editor do site Plano Brasil e de Revistas científicas  internacionais.


 

 

5 Comments

  1. Ivanmc says:

    Essa é a resposta para o imperialismo.

    • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

      CORRETO… é a resposta de um imperialismo para outro… 🙂

    • Paulo says:

      Saudações Ivanmc. Espero que você fique por aqui e não perca o seu tempo lá na trollogia não isenta.

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        Aqui é diferente… damos isenção de PIS, CONFINS, ICMS, IPTU e IPVA para os descamisados intelectuais como vc, meu caro… aqui vc não paga nada para falar besteiras… 🙂

    • muttley says:

      Sr Ivanmc
      Vão conseguir manter a dissuasão, possuem um caça equilibrado e agora vão ter que desenvolver armas adequadas para as possibilidades oferecidas por ele.

      Sds

shared on wplocker.com