Defesa & Geopolítica

O que perde show aéreo de Farnborough com veto aos aviões russos

Posted by

© Sputnik/ Alexey Kudenko

Organizadores de Farnborough explicaram por que os aviões russos não serão exibidos no show aéreo. Em entrevista ao serviço da Rádio Sputnik, especialista militar, Aleksandr Perendzhiev, assinalou que proibições desta espécie fazem parte da guerra geoeconômica que o Ocidente tem realizado contra a Rússia.

As restrições em relação aos participantes russos do salão aéreo internacional Farnborough foram introduzidas pela Unidade Conjunta de Controle de Exportações britânica (ECJU), afirmou à Sputnik uma representante dos organizadores.

De acordo com ela, estas medidas foram impostas devido ao embargo da União Europeia contra importações de armas e material bélico à Rússia e da Rússia.

Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o especialista milita, Aleksandr Perendzhiev, opinou que, sem a participação de aviões russos, o interesse pelo salão aéreo será perdido.

“Sem a participação de nossos aviões, o salão aéreo Farnborough perderá muito, pois grande parte dos visitantes deseja observá-los, incluindo os norte-americanos, britânicos, alemães e franceses. Eles ficam boquiabertos, é um fato. Mas neste caso, parece que [organizadores] não desejam que outros percebam que a Rússia realmente é uma grande nação, inclusive no que se refere a questões de desenvolvimento de seu material bélico aéreo”, assinalou Aleksandr Perendzhiev.

De acordo com ele, as limitações em relação aos participantes da Rússia fazem parte da guerra geoeconômica que o Ocidente realiza contra a Rússia.

“A economia é utilizada para cumprir metas políticas. Por isso, neste caso, trata-se não somente de competição desonesta, mas também de guerra geoeconômica contra a Rússia, que já inclui sanções, proibição de participar de exibições, tudo o que envolve esporte e assim por diante. Precisamos aprender a resistir, já que nenhuma organização como a OMC [Organização Mundial do Comércio] nos ajudará. […] Neste caso, esta ferramenta é incapaz de impedir a guerra geoeconômica. […] Como se diz, é preciso aprender a lutar e vencer. Não temos outra saída”, ressaltou Aleksandr Perendzhiev.

Fonte: Sputnik

 

 

4 Comments

  1. Pingback: O que perde show aéreo de Farnborough com veto aos aviões russos | DFNS.net em Português

  2. jose luiz esposito says:

    A UNIÃO EUROPEIA se Formaliza cada dia mais , como VASSALO e CAPACHO do TIOZINHO , que já pensa em colocar mais 34 ESTRELINHAS em sua Bandeirola !!

  3. Ivanmc says:

    O problema é que a Rússia tem visibilidade quanto a qualidade dos seus caças, logo a União europeia segue a risca a cartilha econômica Americana, por isso houve o bloqueio dos aviões russos na exposição. Essa guerra fria afetará mais a comunidade europeia do que a Rússia. A comunidade europeia, na venda de caças, acaba com a própria comunidade europeia seguem o mantra econômico americano no qual foram impostos, logo os EUA não compram os caças da Europa e proíbem esta de venderem para outros, é a tragédia anunciada. A França tem mercado sem restrições com qualquer um que quiser adquirir um caça, qualquer país, ela não é bem vista na comunidade europeia por causa dessa liberdade. A Rússia faz negócios nessa vertente, vende para qualquer país, os que não seguem a cartilha americana econômica, China por exemplo. A imposição que a Europa recebe: vocês não podem fazer negócios com a Rússia, e só podem expor para vocês mesmos ou para quem nós determinar, e se vocês falirem nós vendemos o F-16, 18 ou F-35 para vocês. Colapso econômico é um dever.

  4. Cesar A. Ferreira says:

    Apenas reforça o quadro percebido de debilidade européia. Um ato desses diz ao mundo que a Europa (Inglaterra) sente-se amedrontada, temerosa, inferiorizada…

    A piada será total se em Le Burget não houver vetos aos russos (deve haver, o pequenino Napoleão adora mostrar-se como o mais obediente dos poodles)…

shared on wplocker.com