Categories
ADSUMUS

ADSUMUS: CGCFN realiza Encontro de Almirantes Fuzileiros Navais 2017

AE (Refº-FN) Ponte, mais antigo presente, elogiou a atuação da Banda Marcial
“Parabéns, a tradição está mantida! ADSUMUS”. Essas foram as palavras do Almirante de Esquadra (Refº-FN) Valdir Bastos Ponte, Oficial-General mais antigo presente no Encontro de Almirantes Fuzileiros Navais 2017, após a apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN). O tradicional encontro foi realizado este ano na Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, Centro do Rio de Janeiro, na manhã da quarta-feira, 20 de setembro.
Estiveram presentes à confraternização 31 Oficiais-Generais, dentre eles, três antigos Comandantes-Gerais do Corpo de Fuzileiros Navais, além do atual ComGerCFN, AE (FN) Alexandre. O objetivo do encontro, realizado anualmente e organizado pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, é promover a confraternização entre os Oficiais-Generais e atualizar os Almirantes da reserva sobre o CFN.
CGCFN realiza Encontro de Almirantes 2017
Para tanto, como parte da programação, os Almirantes participaram de uma palestra proferida pelo ComGerCFN. Em seguida, no Pátio Almirante Maximiniano, assistiram à apresentação da Banda Marcial e foram conferir o novo Carro Lagarta Anfíbio, que estava estacionado no local. A programação foi encerrada com um concerto especial da Banda Sinfônica do CFN para a ocasião.
Fonte: MB

12 replies on “ADSUMUS: CGCFN realiza Encontro de Almirantes Fuzileiros Navais 2017”

Lucas - Treine enquanto eles dormem... estude enquanto eles se divertem... persista enquanto eles descansam... e então viva o que eles somente sonham...says:

Príncipe organiza nova Constituição para o Brasil.

“O movimento Avança Brasil vai apresentar, brevemente, para debate, uma proposta de nova Constituição para o Brasil. A Carta Magna está quase finalizado por uma equipe de livres pensadores e juristas, sob coordenação do cientista político Luiz Philippe de Orleans e Bragança – um dos herdeiros da Família Imperial brasileira tirada do poder pelo golpe de 15 de novembro de 1889. O anúncio foi feito ontem pelo Príncipe, durante a 22ª Edição da Jornada Maçônica do Estado de São Paulo, para um público de 300 maçons, no auditório da Unisantana. O evento teve a coordenação geral do professor José Renato dos Santos.
A base da nova Constituição é republicana e federalista. Ela prevê mecanismos de controle da sociedade sobre a máquina estatal e seus poderes. A intenção estratégica é propor uma Carta que institua pilares para um Estado garantidor da Liberdade exercida pelos cidadãos. O texto irá privilegiar o princípio da subsidiaridade – palavra difícil de pronunciar, mas que significa facilitar a solução de problemas e conflitos pela via do debate civil, e não pela custosa e demorada e judicialização.
Outro foco é fortalecer o poder local, nos municípios, comunidades ou distritos. O voto distrital entra na ordem do dia, com voto eletrônico, porém com conferência impressa do resultado. A nova Carta promoverá um choque de descentralização de poder. O plano é adotar princípios do “Ordo liberalismo” – segundo o qual a função do Estado é garantir a livre iniciativa, impedindo a concentração do poder estatal, no molde “socialista”, “comunista” ou “capitalista de Estado”.
Os fundamentos para a nova Constituição estão expostos no livro “Por que o Brasil é um País atrasado?” – que Luiz Philippe lança no próximo dia 5 de outubro, a partir das 19 horas, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, em São Paulo. Editado pela “Novo Conceito”, com apenas 255 páginas, o livro explica, de forma didática e fácil de entender, soluções possíveis para problemas brasileiros. Luiz Phiippe ressalta: “A melhor arma contra o despotismo de governos e de interesses globalistas é a sociedade comandada por valores explícitos e coesos em pleno exercício de sua soberania e de seu modo de viver em seu território”.
O Príncipe Luiz Phillipe defende que precisamos criar mecanismos de Democracia Direta de controle da sociedade sobre o Estado. Segundo ele, refletindo a visão do movimento Avança Brasil, a sociedade tem de agir localmente contra a excessiva interferência ilegítima do Estado que tem o monopólio da gestão da coisa pública, marginalizando a sociedade que vive super regulada. Por isso, Luiz Philippe prega: “Não precisamos de salvador da Pátria em pleno século 21. A nova Coisa Pública tem de ser gerenciada entre o corpo do Estado e a sociedade atuante”.
Descendente de Dom Pedro I, II e Princesa Isabel, Luiz Philippe de Orleans e Bragança aposta tudo na Nova Constituição que o Avança Brasil oferecerá ao amplo debate: “O Brasil é uma ideia viva que deve ser defendida e protegida. O Brasil desenvolvido, confiante e soberano não pertence a governo algum e já está rompendo, por contra própria, com a velha política e os dogmas do século 20 que o amarraram na subserviência. Esse Brasil aguarda nossa resolução para entrarmos de vez para o século 21”.
O esboço constitucional do Avança Brasil acolherá contribuições de grupos de estudos não só no mundo acadêmico tradicional, mas sobretudo de pesquisadores e livres pensadores nas Forças Armadas e no Judiciário. Também conta com material já elaborado por Thomas Korontai, para o Instituto Federalista, no livro “Uma nova Constituição para uma nova Federação”, de 215 páginas, publicado em 2011. O mesmo acontece com conceitos elaborados por Antônio José Ribas Paiva, da União Nacionalista Democrática, na publicação “O Fio da Meada” – estudada nos meios militares. A juventude do MBL vem com tudo para debater a “Carta do Príncipe” (apesar do estranho acordo com o João Dória)… E quem mais estiver disposto a colaborar será bem vindo ao desafio de reinventar o Brasil…
Certamente, o debate político e econômico fugirá da viciada pobreza de ideias depois que o movimento Avança Brasil viralizar a Constituição concebida pela equipe coordenada por Luiz Philippe de Orleans e Bragança. Teremos a chance de promover a inédita “Intervenção Institucional” pela via democrática, com toda a legitimidade dada pela pressão direta popular. Os golpistas do Crime Institucionalizado terão bons motivos para mudar do Brasil para o quinto dos infernos…
Consertar o Brasil é fundamental para o equilíbrio de um mundo que caminha para guerras extremistas. Por isso, não temos mais tempo a perder… A Nova Constituição nos ajudará a formar um Núcleo Monolítico de Poder que permitirá à sociedade manter a integridade institucional usurpada pelo Crime.”…

Por Jorge Serrão

Segunda-feira, 25 de setembro de 2017.

O BRASIL AINDA TEM SALVAÇÃO !!!… ACREDITEMOS NOS VERDADEIROS PATRIOTAS… AD SUMUS !!!…

Alessandrosays:

Lucas vai ser difícil desesquerdizar o Brasil, mas aos poucos eles vão caindo um a um e o povo vai tomando consciência da verdadeira face deles.

Palloci detonou em carta aberta o Lula e o PT, esse tá praticamente morto politicamente e em breve deve ser preso, Aécio afastado do senado, Dirceu condenado a 30 anos e em breve deve voltar tbm pra cadeia e muitos outros tbm serão condenados

Acho que o Brasil tá aos poucos acordando, vai demorar pra arrumar a casa, mas devagar chegaremos lá, não sei se essa nova constituição mais livre e independente do Estado passa para agora, mas acho que está amadurecendo e cada vez mais pessoas estão cobrando por mudanças, vamos torcer para dar certo no futuro, e o Brasil se livrar o máximo que puder dessa maldita esquerda que atrasa e emburrece os brasileiros.

Lucas - Treine enquanto eles dormem... estude enquanto eles se divertem... persista enquanto eles descansam... e então viva o que eles somente sonham...says:

QUE OS ANJOS LHES OUÇAM E DEUS SEJA LOUVADO POR ESSA LIBERTAÇÃO !!!… AMÉM !!!…

Direita mandando no Brasil: de 1889 a 2002 (113 anos anos) nesse tempo todo produziu um PIB de 400 bilhões de dólares.
PT no poder: de 2002 à 2015 ( 13 anos) e o PIB de 3 trilhões de dólares, ou seja em 13 anos triplicou a riqueza do Brasil.

Portanto, quem atrasa e emburrece o Brasil não é o PT, mas as pessoas atrasadas que ainda acham que existe “esquerda” e “direita” no mundo. Hoje só há duas correntes: a “entreguista” que quer tudo na mão dos estrangeiros e banqueiros e a “nacionalista” que defende que o pais tenha o controle das riquezas. Este é o grande embate hoje, sem deixar de ressaltar que corruptos existem nas duas correntes. Da forma como fala alguns comentaristas só no PT há corruptos.

Devotos da OrCrim do ABC, ao contrário do Wesley Safadão, são 100% burros e 100% desonestos. Repetem ad nauseam et extra que “Ú pêtê triplicô u pibi dubrasil” mas esquecem de mencionar que o crescimento do PIB em nada teve a ver com alguma politica ou reforma feita pela Seita porque simplesmente nada fizeram. E a prova cabal disso se deu quando da sessão do Senado Federal onde a Estocadora de Vento foi apresentar sua última cartada contra o impeachment, e nela a “mulher Sapiens” admitiu que um dos grandes instrumentos postos a serviço da administração pública foi justamente a Lei de Responsabilidade Fiscal, ainda do governo FHC.

No mais cabe lembrar que nacionalismo é apenas e tão somente o velho e danoso populismo usando como retórica a defesa contra um “inimigo externo”, e a história é categórica em mostrar que regimes e ditadores ditos “nacionalistas” acabam mal. Vide o que aconteceu com canalhas como Sukarno na Indonésia e Nasser no Egito.

Lucas - Treine enquanto eles dormem... estude enquanto eles se divertem... persista enquanto eles descansam... e então viva o que eles somente sonham...says:

Pois é, meu caro amigo… é que filhotes da pátria deseducadora não sabem o que vem a ser “crescimento vegetativo” em economia… esse tal crescimento a que o petista se refere foi baseado em dinheiro tomado a juros escorchantes e aplicado em uma máquina estatal corrupta e com sede de gastar… deu no que deu… o próprio Palocci confirmou que tudo que fizeram no começo foi desfeito no fim porque era insustentável a longo prazo… sem contar com a ajuda da ogra destruidora de economias… o governo do luladrão foi o melhor governo para os banqueiros, pois estes nunca antes na história desse país ganharam tanto dinheiro emprestando dinheiro ao governo… tanto é que o presidente do Itau chegou a chamar o luladrão de “o melhor presidente de todos os tempos”… pelo menos para eles era de fato o melhor… mas deixemos os petralhas e afins de lado… eles não são um partido ou uma ideologia… eles são uma seita religiosa, onde o luladrão é o messias e o pt é a igreja e a gleisi passa a sacolinha… FATO !!!…

Alessandrosays:

Farias

“direita” no poder de 1889 – 2002 ? tá sabendo muito de política e modelo sócio econômico eim rsrs… mas não fica triste, eu tbm pensava assim até uns 12 anos atrás, achava que o Brasil tinha direita e costumava demoniza-los, até abrir meus olhos e entender um pouquinho mais sobre oq é nosso Brasil

Sobre seus dados, vc esqueceu de mencionar o ROMBO de TRILHÕES que a quadrilha petralha deixou aos cofres brasileiros, pq será né ? rsrs…

“busquem conhecimento” – Et Bilu

Alessandrosays:

Heitor, ofensas vindo de pessoas como vc, qualquer coisa vira elogio, muito obrigado

e vai pela sombra, os dias dos sociopatas estão contados rsrs..

Comments are closed.