Defesa & Geopolítica

ADSUMUS: CGCFN realiza Encontro de Almirantes Fuzileiros Navais 2017

Posted by

AE (Refº-FN) Ponte, mais antigo presente, elogiou a atuação da Banda Marcial

“Parabéns, a tradição está mantida! ADSUMUS”. Essas foram as palavras do Almirante de Esquadra (Refº-FN) Valdir Bastos Ponte, Oficial-General mais antigo presente no Encontro de Almirantes Fuzileiros Navais 2017, após a apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN). O tradicional encontro foi realizado este ano na Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, Centro do Rio de Janeiro, na manhã da quarta-feira, 20 de setembro.
Estiveram presentes à confraternização 31 Oficiais-Generais, dentre eles, três antigos Comandantes-Gerais do Corpo de Fuzileiros Navais, além do atual ComGerCFN, AE (FN) Alexandre. O objetivo do encontro, realizado anualmente e organizado pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, é promover a confraternização entre os Oficiais-Generais e atualizar os Almirantes da reserva sobre o CFN.

CGCFN realiza Encontro de Almirantes 2017

Para tanto, como parte da programação, os Almirantes participaram de uma palestra proferida pelo ComGerCFN. Em seguida, no Pátio Almirante Maximiniano, assistiram à apresentação da Banda Marcial e foram conferir o novo Carro Lagarta Anfíbio, que estava estacionado no local. A programação foi encerrada com um concerto especial da Banda Sinfônica do CFN para a ocasião.
Fonte: MB

12 Comments

  1. Pingback: ADSUMUS: CGCFN realiza Encontro de Almirantes Fuzileiros Navais 2017 | DFNS.net em Português

  2. Lucas - Treine enquanto eles dormem... estude enquanto eles se divertem... persista enquanto eles descansam... e então viva o que eles somente sonham... says:

    Príncipe organiza nova Constituição para o Brasil.

    “O movimento Avança Brasil vai apresentar, brevemente, para debate, uma proposta de nova Constituição para o Brasil. A Carta Magna está quase finalizado por uma equipe de livres pensadores e juristas, sob coordenação do cientista político Luiz Philippe de Orleans e Bragança – um dos herdeiros da Família Imperial brasileira tirada do poder pelo golpe de 15 de novembro de 1889. O anúncio foi feito ontem pelo Príncipe, durante a 22ª Edição da Jornada Maçônica do Estado de São Paulo, para um público de 300 maçons, no auditório da Unisantana. O evento teve a coordenação geral do professor José Renato dos Santos.
    A base da nova Constituição é republicana e federalista. Ela prevê mecanismos de controle da sociedade sobre a máquina estatal e seus poderes. A intenção estratégica é propor uma Carta que institua pilares para um Estado garantidor da Liberdade exercida pelos cidadãos. O texto irá privilegiar o princípio da subsidiaridade – palavra difícil de pronunciar, mas que significa facilitar a solução de problemas e conflitos pela via do debate civil, e não pela custosa e demorada e judicialização.
    Outro foco é fortalecer o poder local, nos municípios, comunidades ou distritos. O voto distrital entra na ordem do dia, com voto eletrônico, porém com conferência impressa do resultado. A nova Carta promoverá um choque de descentralização de poder. O plano é adotar princípios do “Ordo liberalismo” – segundo o qual a função do Estado é garantir a livre iniciativa, impedindo a concentração do poder estatal, no molde “socialista”, “comunista” ou “capitalista de Estado”.
    Os fundamentos para a nova Constituição estão expostos no livro “Por que o Brasil é um País atrasado?” – que Luiz Philippe lança no próximo dia 5 de outubro, a partir das 19 horas, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, em São Paulo. Editado pela “Novo Conceito”, com apenas 255 páginas, o livro explica, de forma didática e fácil de entender, soluções possíveis para problemas brasileiros. Luiz Phiippe ressalta: “A melhor arma contra o despotismo de governos e de interesses globalistas é a sociedade comandada por valores explícitos e coesos em pleno exercício de sua soberania e de seu modo de viver em seu território”.
    O Príncipe Luiz Phillipe defende que precisamos criar mecanismos de Democracia Direta de controle da sociedade sobre o Estado. Segundo ele, refletindo a visão do movimento Avança Brasil, a sociedade tem de agir localmente contra a excessiva interferência ilegítima do Estado que tem o monopólio da gestão da coisa pública, marginalizando a sociedade que vive super regulada. Por isso, Luiz Philippe prega: “Não precisamos de salvador da Pátria em pleno século 21. A nova Coisa Pública tem de ser gerenciada entre o corpo do Estado e a sociedade atuante”.
    Descendente de Dom Pedro I, II e Princesa Isabel, Luiz Philippe de Orleans e Bragança aposta tudo na Nova Constituição que o Avança Brasil oferecerá ao amplo debate: “O Brasil é uma ideia viva que deve ser defendida e protegida. O Brasil desenvolvido, confiante e soberano não pertence a governo algum e já está rompendo, por contra própria, com a velha política e os dogmas do século 20 que o amarraram na subserviência. Esse Brasil aguarda nossa resolução para entrarmos de vez para o século 21”.
    O esboço constitucional do Avança Brasil acolherá contribuições de grupos de estudos não só no mundo acadêmico tradicional, mas sobretudo de pesquisadores e livres pensadores nas Forças Armadas e no Judiciário. Também conta com material já elaborado por Thomas Korontai, para o Instituto Federalista, no livro “Uma nova Constituição para uma nova Federação”, de 215 páginas, publicado em 2011. O mesmo acontece com conceitos elaborados por Antônio José Ribas Paiva, da União Nacionalista Democrática, na publicação “O Fio da Meada” – estudada nos meios militares. A juventude do MBL vem com tudo para debater a “Carta do Príncipe” (apesar do estranho acordo com o João Dória)… E quem mais estiver disposto a colaborar será bem vindo ao desafio de reinventar o Brasil…
    Certamente, o debate político e econômico fugirá da viciada pobreza de ideias depois que o movimento Avança Brasil viralizar a Constituição concebida pela equipe coordenada por Luiz Philippe de Orleans e Bragança. Teremos a chance de promover a inédita “Intervenção Institucional” pela via democrática, com toda a legitimidade dada pela pressão direta popular. Os golpistas do Crime Institucionalizado terão bons motivos para mudar do Brasil para o quinto dos infernos…
    Consertar o Brasil é fundamental para o equilíbrio de um mundo que caminha para guerras extremistas. Por isso, não temos mais tempo a perder… A Nova Constituição nos ajudará a formar um Núcleo Monolítico de Poder que permitirá à sociedade manter a integridade institucional usurpada pelo Crime.”…

    Por Jorge Serrão

    Segunda-feira, 25 de setembro de 2017.

    O BRASIL AINDA TEM SALVAÇÃO !!!… ACREDITEMOS NOS VERDADEIROS PATRIOTAS… AD SUMUS !!!…

    • Lucas vai ser difícil desesquerdizar o Brasil, mas aos poucos eles vão caindo um a um e o povo vai tomando consciência da verdadeira face deles.

      Palloci detonou em carta aberta o Lula e o PT, esse tá praticamente morto politicamente e em breve deve ser preso, Aécio afastado do senado, Dirceu condenado a 30 anos e em breve deve voltar tbm pra cadeia e muitos outros tbm serão condenados

      Acho que o Brasil tá aos poucos acordando, vai demorar pra arrumar a casa, mas devagar chegaremos lá, não sei se essa nova constituição mais livre e independente do Estado passa para agora, mas acho que está amadurecendo e cada vez mais pessoas estão cobrando por mudanças, vamos torcer para dar certo no futuro, e o Brasil se livrar o máximo que puder dessa maldita esquerda que atrasa e emburrece os brasileiros.

      • Lucas - Treine enquanto eles dormem... estude enquanto eles se divertem... persista enquanto eles descansam... e então viva o que eles somente sonham... says:

        QUE OS ANJOS LHES OUÇAM E DEUS SEJA LOUVADO POR ESSA LIBERTAÇÃO !!!… AMÉM !!!…

      • Direita mandando no Brasil: de 1889 a 2002 (113 anos anos) nesse tempo todo produziu um PIB de 400 bilhões de dólares.
        PT no poder: de 2002 à 2015 ( 13 anos) e o PIB de 3 trilhões de dólares, ou seja em 13 anos triplicou a riqueza do Brasil.

        Portanto, quem atrasa e emburrece o Brasil não é o PT, mas as pessoas atrasadas que ainda acham que existe “esquerda” e “direita” no mundo. Hoje só há duas correntes: a “entreguista” que quer tudo na mão dos estrangeiros e banqueiros e a “nacionalista” que defende que o pais tenha o controle das riquezas. Este é o grande embate hoje, sem deixar de ressaltar que corruptos existem nas duas correntes. Da forma como fala alguns comentaristas só no PT há corruptos.

      • Devotos da OrCrim do ABC, ao contrário do Wesley Safadão, são 100% burros e 100% desonestos. Repetem ad nauseam et extra que “Ú pêtê triplicô u pibi dubrasil” mas esquecem de mencionar que o crescimento do PIB em nada teve a ver com alguma politica ou reforma feita pela Seita porque simplesmente nada fizeram. E a prova cabal disso se deu quando da sessão do Senado Federal onde a Estocadora de Vento foi apresentar sua última cartada contra o impeachment, e nela a “mulher Sapiens” admitiu que um dos grandes instrumentos postos a serviço da administração pública foi justamente a Lei de Responsabilidade Fiscal, ainda do governo FHC.

        No mais cabe lembrar que nacionalismo é apenas e tão somente o velho e danoso populismo usando como retórica a defesa contra um “inimigo externo”, e a história é categórica em mostrar que regimes e ditadores ditos “nacionalistas” acabam mal. Vide o que aconteceu com canalhas como Sukarno na Indonésia e Nasser no Egito.

      • Lucas - Treine enquanto eles dormem... estude enquanto eles se divertem... persista enquanto eles descansam... e então viva o que eles somente sonham... says:

        Pois é, meu caro amigo… é que filhotes da pátria deseducadora não sabem o que vem a ser “crescimento vegetativo” em economia… esse tal crescimento a que o petista se refere foi baseado em dinheiro tomado a juros escorchantes e aplicado em uma máquina estatal corrupta e com sede de gastar… deu no que deu… o próprio Palocci confirmou que tudo que fizeram no começo foi desfeito no fim porque era insustentável a longo prazo… sem contar com a ajuda da ogra destruidora de economias… o governo do luladrão foi o melhor governo para os banqueiros, pois estes nunca antes na história desse país ganharam tanto dinheiro emprestando dinheiro ao governo… tanto é que o presidente do Itau chegou a chamar o luladrão de “o melhor presidente de todos os tempos”… pelo menos para eles era de fato o melhor… mas deixemos os petralhas e afins de lado… eles não são um partido ou uma ideologia… eles são uma seita religiosa, onde o luladrão é o messias e o pt é a igreja e a gleisi passa a sacolinha… FATO !!!…

      • Farias

        “direita” no poder de 1889 – 2002 ? tá sabendo muito de política e modelo sócio econômico eim rsrs… mas não fica triste, eu tbm pensava assim até uns 12 anos atrás, achava que o Brasil tinha direita e costumava demoniza-los, até abrir meus olhos e entender um pouquinho mais sobre oq é nosso Brasil

        Sobre seus dados, vc esqueceu de mencionar o ROMBO de TRILHÕES que a quadrilha petralha deixou aos cofres brasileiros, pq será né ? rsrs…

        “busquem conhecimento” – Et Bilu

      • alessandro tu e mesmo um escroto ala mbl !

      • Heitor, ofensas vindo de pessoas como vc, qualquer coisa vira elogio, muito obrigado

        e vai pela sombra, os dias dos sociopatas estão contados rsrs..

shared on wplocker.com