Defesa & Geopolítica

T-14 Armata: Novidades sobre o mais novo MBT Russo

Posted by

koncept-tanka-T-14-armata-E.M.Pinto

Com a sua exibição pública programada para o dia 9 de maio de 2015 na ocasião da parada do Dia da vitória, na Praça Vermelha de Moscou, a Rússia apresentará ao mundo o seu mais novo MBT, o T-14 ARMATA, das quais segundo informações cerca de 20 unidades de série já teriam sido produzidas. Segundo as mesmas fontes, o chassis T-14 é a base para um sistema universal de veículos blindados de uma nova família de veículos para diversas funções.

Os militares russos desenvolveram um sistema de chassis universal que será a plataforma de até 13 diferentes veículos, que incluem:

  • Carro de combate principal.
  • Obuseiro autopropulsado 152 mm
  • Veículo de engenharia
  • Veículo de combate  de infantaria.
  • Veículo de socorro médico (hospital).
  • Veículo Blindado de recuperação.
  • Veículo de defesa aérea.
  • Veículo Porta morteiro.
  • Veiculo ponte modular.
  • Veículo blindado de transporte de tropas.
  • Veículo lançador de foguetes de saturação.
  • Veículo comando e comunicação.
  • veículo lançador de UAV entre outros…

Segundo fontes ligadas ao seu fabricante a  Uralvagonzavod (UVZ) alguns veículos já foram entregues ao exército russo para treinamento de tropas e um lote de outros 37 veículos será entregue ainda este ano. O exército Russo manifestou o interesse na aquisição de cerca de 2300 MBT e outros mais derivados de sua família, o que em meados de 2020 tornará a sua construtora UVZ a maior fabricante de carros de combate do mundo. A  produção em série será inicia em 2017 e presume-se a cadência de entregas de cerca de 500 MBT ao ano, informou uma fonte do fabricante.

Segundo o planejamento do Exército Russo esta quantidade de veículos substituirá cerca de 70% do efetivo atual de veículos T-72 e T-90, entretanto a capacidade combativa do ARMATA supera seus predecessores e até mesmo os mais modernos MBT da atualidade com folga.

 De acordo com o Escritório de Estudos Militares Estrangeiros (FSMO) baseada em Fort Leavenworth, Kansas:

O Armamento principal ARMATAserá o canhão 2A82 de 125 mm de alma lisa, capaz de disparar munições de alta potência, incluindo munições piercing armour modelo Sabot, mísseis guiados e outros tipos de munições.

O T-14 é equipado com um motor Chelyabinsk A-85-3A  diesel capaz de produzir até 1.500 hp. Ele também tem possui sistema de controle de informações ao MBT (TICS) que monitora todos os conjuntos e componentes, provendo diagnósticos de avarias e controles integrados sistemas.

Segundo o FSMO a energia de disparo do 2A82 é maior do que a do Rheinmetall 120mm do Leopard-2 o MBT  alemão.

O ARMATA possuirá uma torre totalmente automatizada e desabitada. O reservatório de munições e carregamento para disparos será automatizado, tudo controlado remotamente por sistemas digitais acionados por apenas um dos tripulantes. Acredita-se que isto conduza ao desenvolvimento de um MBT totalmente robótico.

O FSMO também observa que ao contrário dos veículos da era soviética a segurança da tripulação ( sobrevivência) e conforto parecem ser uma preocupação grande no projeto. A tripulação fica protegida na região frontal do veículo em uma cápsula de Titânio completamente hermética a qual provê defesa QBN e dsipõe de maior espaço para seus tripulantes que seus predecessores.

A tripulação de três homens estará protegida na cápsula recoberta por múltiplas camadas de blindagem, combinado blindagem que pode suportar um impacto direto de qualquer tipo de cargas que existam hoje, inclusive das temíveis armas perfurantes de menor calibre.

O FSMO destaca que o T-14 será equipado com uma suspensão ajustável capaz de se adaptar ao relevo de forma variável a todo o tipo de terreno, e a velocidade do veículo, resultando em maior velocidade ao mover-se em colunas, bem como, sobre terreno acidentado. O sistema de suspensão também vai aliviar a fadiga da tripulação e ao mesmo tempo, apoiar o sistema de controle de fogo para entregar fogo preciso enquanto estiver em movimento.

/ tanques russos soviéticos “.

De acordo com a RT , a “torre do veículo será equipada com um canhão 30 mm capaz de engajar todos os tipos de alvos incluindo alvos aéreos a baixa altitude como aviões e helicópteros de ataque. A metralhadora de 12,5 mm será montada numa torreta controlada remotamente e será integrada a sistemas eletro-ópticos e radares de orientação de fogo o que lhe permitirá engajar alvos como projéteis e mísseis anti-tanque, neutralizando cargas que se aproximem a uma velocidade de até 3.000 m/s.

O ARMATA conta ainda com sistema de defesa autônomo do veículo contra armas anti carro. o novo sistema é  anova geração do ARENA, supostamente capaz de interceptar qualquer tipo de munição anti-tanque. Segundo o seu fabricante, o sistema defenderá o veículo de ataques inclusive provenientes do ar.

De acordo com o relatório FSMO, nem mesmo os helicópteros mais modernos como  Apache não disporão de 100% de chances de engajar e  destruir um T-14 com seus mísseis. A Defesa ativa será situada ao longo de todo o perímetro da torre, em vários níveis, o que garante a proteção total dos elementos mais importantes do MBT .

Os veículos serão  equipados com o radar e outras tecnologias encontradas no Sukhoi T-50, o protótipo do caça a jato de quinta geração. Elas incluem um radar banda K (26,5-40 GHz) que é baseado no radar AESA que equipará os vetores russos.

O semanário alemão Der Stern  destacou em  nota  que o ARMATA é um MBTabsolutamente novo e que certamente não é algo que a maioria dos exércitos do mundo possuam e que possam se vangloriar. Segundo o Der Stern, o alemão Leopard-2 foi desenvolvido há 35 anos, assim como o americano M1 Abrams. As versões existentes dos MBT ocidentais apresentam muitas melhorias, mas as características básicas não diferem muito do original. O ARMATA é o primeiro MBT genuinamente novo, projetado e construído após o colapso da União Soviética

É claro que todos estes relatos têm de ser tomados com critério e cuidado, até que o MBT seja exaustivamente examinado em ação, até lá vamos saber muito pouco sobre as suas reais capacidades.

6 Comments

  1. Pingback: T-14 Armata: Novidades sobre o mais novo MBT Russo | DFNS.net em Português

  2. ,..Parabéns a Ivan, está vivo e quer continuar influenciando o mundo…Quem viver verá. Sds. 😉

  3. lure araujo says:

    se todas essas caracteristicas não passarem de propagandas russas,
    esse tank realmente será formidavel.
    mas em breve estará vindo o m1a3 abrams…..

  4. MalExGrimmjow says:

    “A metralhadora de 12,5 mm será montada numa torreta controlada remotamente e será integrada a sistemas eletro-ópticos e radares de orientação de fogo o que lhe permitirá engajar alvos como projéteis e mísseis anti-tanque, neutralizando cargas que se aproximem a uma velocidade de até 3.000 m/s.”

    Caramba alguém viajou nas estrelas…

    • Parece.

      Outro dia disseram que poderia controlar alvos a 100 km de distância.
      Devem ser “erros” de digitação.

  5. Se metade disso for real, acredito então que os russos estão se preparando para “algo” realmente grande, não sei o quê, mas é bom os inimigos da Rússia descolarem suas nádegas gordas da cadeira e bem rápido!

shared on wplocker.com