Defesa & Geopolítica

Rafael Advanced Defense Systems e os misseis Spike para a Agusta Westland e Airbus Helicopters

Posted by

Ivan Plavetz

Os planos de aumento de vendas do sistema de mísseis ar-superficie Spike incluem a integração desse item na suíte de armas dos helicópteros militares fabricados pela Agusta Westland e Airbus Helicopters. Na imagem o AW159, modelo encomendado pela Marinha da Coreia do Sul (Foto: Agusta Westland)

A israelense Rafael Advanced Defense Systems tem intensificado junto à Agusta Westland e Airbus Helicopters o marketing para venda do seu sistema de mísseis ar-superficie como parte integrante do sistema de armas carregado pelos helicópteros militares fabricados pelas duas companhias.

A Agusta Westland esta oferecendo atualmente o AW159 armado com o sistema Spike NLOS (Non Line Of Sight). Oito desses aparelhos foram encomendados pela Marinha da Coreia do Sul com esse sistema integrado.

  A Airbus Helicopters já integrou o Spike nos helicópteros de ataque Tigre em operação no Exército da Espanha, e uma fonte da Rafael informou que o sistema esta sendo apresentado para usuários de AS 550 Fennec.

É oportuno lembrar que a Aviação do Exército Brasileiro (AvEx) também possui em sua frota esse tipo de aeronave, atualmente sendo modernizada.

Os helicópteros Sikorsky UH-60 Black Hawk do Exército da Colômbia, denominados localmente Arpia-4, estão sendo armados com três versões do Spike, ER, LR e NLOS. Desta forma, a Rafael passou a contar com mais alternativas para ofertar o sistema Spike, incluindo a divisão da Sikorsky em atividade na Polônia.

  A companhia israelense testou recentemente novas capacidades incorporadas no Spike, destacando-se o aumento do alcance da configuração NLOS para 30 km. A Rafael vem testando também melhorias no sistema de guiamento laser.

No âmbito das Forças de Defesa de Israel, o Spike NLOS esta integrado na frota de helicópteros de ataque Boeing AH-64 Apache.

Fonte: Tecnologia & Defesa

One Comment

shared on wplocker.com