Defesa & Geopolítica

Polícia Militar do Estado de Goiás inicia recolhimento das pistolas Taurus 24/7 Pro D

Posted by

Ação segue a determinação do Ministério do Trabalho após casos de acidentes envolvendo a arma

A Polícia Militar do Estado de Goiás iniciou, na manhã desta sexta-feira (17), o recolhimento das pistolas Taurus 24/7 Pro D, seguindo a determinação do Termo de Interdição da Auditoria Fiscal do Trabalho do Estado de Goiás. Segundo a corporação, a ação foi acompanhada pelos Auditores Fiscais do Trabalho, Procurador da República e Oficiais da PM designados pelo Comando da Corporação. As devoluções das pistolas continuarão seguindo o cronograma estabelecido pela instituição em conjunto com os Auditores do Trabalho.

O Ministério do Trabalho determinou o recolhimento de 2,5 mil pistolas de uso da PM no dia 31 de outubro. A auditoria durou cerca de três meses e ocorreu em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) para investigar casos de acidentes, incidentes e a documentação da PM relativa a arma de fogo.

Durante o processo, a Auditoria concluiu que as pistolas PT 24/7 PRO D seriam inseguras para a atividade policial e exigiu o recolhimento imediato de todo o lote que o governo de Goiás adquiriu da empresa em 2012.

Defeitos

Os principais defeitos da pistola verificados pela auditoria, em conjunto com peritos da PM-GO, foram: disparos involuntários; disparo ao acionar o desarmador do percussor; falha de ejeção da cápsula ou estojo e travamentos do gatilho e travamento do ferrolho. Além disso, em armas novas foram detectadas rachaduras no carregador; retém do ferrolho quebrado e folgas no desarmador do percussor.

A motivação da auditoria do trabalho foi para preservar a vida e integridade dos agentes da PM e da sociedade para que mais acidentes, até mesmo fatais, não aconteçam. Durante a auditoria, foram colhidos depoimentos de policiais militares e de outras forças de segurança que utilizam a mesma marca. Também foi adquirido informações, dados, denúncias de acidentes e incidentes de policiais de outros Estados para levantar os principais problemas da arma.  Em agosto de 2016, a Divisão de Material Bélico da PMGO divulgou relatório técnico com o receio de acidente com tiros e disparos involuntários envolvendo os agentes.

Em nota, a Taurus informou que não foi notificada formalmente da decisão do Ministério do Trabalho e que não teve acesso aos resultados da auditoria.  Ainda assim, a empresa afirmou que não existem evidências de que o armamento seja inseguro ou defeituoso e, por fim, disse que está aberta ao diálogo.

Fonte: Mais Goiás 

13 Comments

  1. Pingback: Polícia Militar do Estado de Goiás inicia recolhimento das pistolas Taurus 24/7 Pro D | DFNS.net em Português

  2. Tauros e Bolsonaro fazendo propaganda um do outro

    Se merecem

  3. São os politicos protegendo empresas nacionais picaretas em troca de doações de campanha.

  4. Se os esquerdoPaTas são contra Taurus ,então tem algo de muito podre,pq onde tem esquerdoPaTa tem podridão.
    Ai tem,o que esses dementes petrendem?

    • Juan Diego Ganz says:

      Não sou de esquerda e CRITICO a Taurus, em relação aos armamentos semi-automáticos e automáticos fabricados pela empresa (menos em relação aos armamentos de repetição, que sãos bons).

      • Hà armas com problemas disso não tem o que contestar,o problema é que tem uns criticos meio dubios,hj a Taurus e depois a Imbel,a avibras,a embraer?
        Ta começando a ficar esquisito.

  5. A Máquina Troll says:

    quando é que vão começar a recolher os “caixões sobre rodas” que as grandes montadoras estrangeiras nos vendem aqui?…rs…

  6. dizem tanto que a taurus é nacional , mas quem é o dono dela:??

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com