Defesa & Geopolítica

Hwasong-15: O que se sabe sobre o ‘mais poderoso’ míssil lançado pela Coreia do Norte

Posted by

O míssil foi disparado nesta quarta no mar do Japão. Ele teria voado 960 km e alcançando 4.500 mil km de altitude, o que representa a maior altura atingida até hoje por um projétil norte-coreano

A declaração da Coreia do Norte de que “todo o território continental” dos Estados Unidos estaria ao alcance do míssil balístico Hwasong-15 elevou a tensão entre os dois países.

Em reação, o Conselho de Segurança das Nações Unidas deve se reunir na quarta para discutir novas sanções contra o país comandado por Kim Jong-un.

Pyongyang já anunciou em outras ocasiões que seus projéteis podiam atingir os EUA. Porém, esta é a primeira vez que afirma conseguir alcançar todo o território continental norte-americano.

O míssil foi disparado nesta quarta no mar do Japão. Ele teria voado 900 km e alcançando 4 mil km de altitude, o que representa a maior altura atingida até hoje por um projétil norte-coreano.

Mas o que se sabe sobre o novo míssil?

Segundo o especialista em armamento norte-coreano Scott LaFoy, Pyongyang troca o número dos mísseis quando faz mudanças significativas na estrutura física do armamento.

E, de acordo com o comunicado do país, o Hwasong-15 é um foguete capaz de transportar uma “grande e pesada ogiva” e “tem muito mais vantagens em suas especificidades táticas e tecnológicas” que o Hwasong-14, que foi testado em 4 de julho.

Com potencial de atingir todo o mundo

Segundo o governo norte-coreano, o Hwasong-15 é um míssil de longo alcance que poderia chegar a “qualquer parte do mundo”.

Mas os Estados Unidos asseguram que o projétil testado é, na verdade, um míssil de médio alcance. E que Kim Jong-un ainda não conta com tecnologia suficiente para montar nele uma ogiva nuclear.

O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, reconheceu, porém, que o projétil lançado nesta quarta “voou mais alto que qualquer outro” já lançado pela Coreia do Norte, e acrescentou que a construção de mísseis balísticos por Pyongyang ameaça “qualquer parte do mundo”.

REUTERS – Em julho, a Coreia do Norte lançou o que disse ser seu primeiro míssil balístico intercontinental

Quais são os dados técnicos já conhecidos?

Até o momento, sabe-se o seguinte:

– Tratou-se de um míssil balístico intercontinental;

– Foi lançado, ao que parece, de uma plataforma móvel e em uma trajetória elevada (que só busca alcançar o máximo de altura possível);

– Manteve-se no ar por 53 minutos, o maior tempo até hoje entre os mísseis testados por Pyongyang;

– Segundo Pyongyang, voou a uma altitude de 4,47 mil km, a mais alta alcançada até agora por um míssil do país;

– Percorreu 970 km antes de cair no mar do Japão, embora não tenha sobrevoado o território japonês, como mísseis lançados anteriormente;

– Em uma trajetória normal, teria tido um alcance de 13 mil km, o suficiente para chegar a Washington, na costa oeste dos Estados Unidos, Europa ou Austrália, segundo cálculos do especialista em mísseis David Wright, da ONG Union of Concerned Scientists (União de Cientistas Preocupados, em tradução livre);

Chegaria aos Estados Unidos?

Um dos grandes pontos de interrogação é o tipo de combustível e motor de propulsão que o míssil utilizaria para chegar ao território continental americano.

Ankit Panda, editor-chefe do site The Diplomat e especialista em Coreia do Norte, afirmou em sua conta no Twitter que Pyongyang recentemente testou um novo motor de combustível sólido e outro de combustível líquido não especificados.

AFP – Testes de míssil são anunciados amplamente pelo governo da Coreia do Norte

Wright, por outro lado, indicou que o míssil lançado nesta quarta parecia conter uma ogiva simulada muito leve, o que poderia significar que ainda não é capaz de transportar pela mesma distância uma carga nuclear, que é muito mais pesada.

Mas o professor do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) Viping Narang disse à BBC que o peso da ogiva nuclear não deve reduzir de forma significativa o alcance do foguete e que, de qualquer maneira, não há dúvida de que a tecnologia norte-coreana esteja progredindo rapidamente.

“Ampliaram o alcance até um ponto em que é difícil argumentar, de forma crível, que a Coreia do Norte não poderia alcançar a costa dos Estados Unidos”, acrescentou.

EPA – Foguete lançado nesta quarta pela Coreia do Norte é o mais poderoso até agora

Fonte: BBC Brasil.com

 

 

 

 

 

14 Comments

  1. Pingback: Hwasong-15: O que se sabe sobre o ‘mais poderoso’ míssil lançado pela Coreia do Norte | DFNS.net em Português

  2. Se tiver guerra a Coreia do Norte vai nocautear a Coréia do Sul. Seul está mal posicionada, seria tomada nos primeiros 3 dias de guerra. Um general americano se manifestou dizendo que os EUA podem perder um conflito contra Kim Jon Un, se achar o link posto aqui.

    • Relojoeiro, nãos ei se o Exército Norte Coreano teria ação suficiente para tomar Seul. O contra ataque seria fortíssimo. Mas a capital Sul Coreana seria duramente castigada, isso seria.

  3. É para tapar a boca dos babaovos que vivem denegrindo a capacidade da Coreia do Norte. Para os coxinhas, todo pais que pretende ser soberano e independente dos USA é uma ameaça mundial, como se o mundo fosse só o pais dos yankes.
    Em breve será o Irã que vai demonstrar a sua capacidade nuclear, enquanto isso o Brasil dos coxinhas sofre com a neo-colonização que está em pleno curso.
    E o exército brasileiro? continua com a mesma ´doutrina de subserviência. Estão felizes com as “parcerias” com a US ARMY e , para não perder o costume, colocando a culpa do sucateamento nos políticos. Embora todo o mundo saiba que os políticos não apitam em nada quando se trata das forças armadas.

    • ca59, não acredito na bomba atômica o Irã para breve. Os persas caminharão para este destino somente se sentirem-se ameaçados pela Arábia Saudita. Apesar da inimizade com Israel, o Irã sabe que não está ameaçado por este lado. Seus problemas são Arábia e, em menor grau os EUA.

      Destes último eles temem algo como o que foi feito com o Iraque. Todo o resto é apenas uma briga de poder local. Briga para ver quem é o mandão da rua. O que pode até levar a uma guerra, mas só se as coisas degringolarem muito.

    • A Máquina Troll says:

      muito provavelmente eles já tenham ogivas nucleares compradas secretamente da Coreia do Norte ….

  4. A Máquina Troll says:

    “Havaí em 1° de dezembro irá ativar o sistema de alerta para possível ataque nuclear”

    é caboclada…parece que agora o tal do sistema de alerta do Havaí não vai servir pra muita coisa não…. rs…. 😀

  5. Renato de Mello Machado says:

    Meu caro no Brasil existe gente, que bate palmas sim!Mas sentado digitando livremente pela web sem censura,cartão de crédito,carro,moto e resumindo na pior das hipóteses, não vive a vida dos coreanos do norte

    • Muitos já gostariam de viver num pais, que pese a ser uma ditadura (e que?) tem violencia zero, não como um certo pais supostamente democratico e pacifico (sic) onde o indice de assasinatos é digno de um pais em guerra civil.
      Que bom seria viver num pais sem violencia, sem drogas e narcos, duvido tambem que o povo dali seja tao subnutrido e analfabeto como o brasileiro.

      De momento esse país domina tecnologias, que a gente somente sonha em poder ter.

      Tenho amigo que teve a oportunidade de visitar aquele pais e pode constatar que sao uma sociedade sem certas riquezas (ate porque o pais sofre embargos), possivelmente pobres porem nao sao podres, apatridas ou corrupta como certa sociedade que conheçemos

    • A Máquina Troll says:

      pra Síria conhecer a “democracia tipo exportação” dos eua também ninguém quer ir…rs…

  6. Ademais Coreia do Norte nos da outra lição como nação (ja nem comparo a gente com a Coreia do Sul porque ai seria tripudiar)
    a de que com pouco recursos e muita determinação podem logra algo
    que somente esta ao alcance de poucos paises
    (dominio da tecnologia de misil de longo alcance, dominio de armas nucleares, dominio de tecnologias ciberneticas a um alto nivel)

    E como o Brasil com muitos recursos e nenhuma decencia é incapaz de avançar em nada.
    Faz 100 anos viviamos de plantar café e agora vivemos de plantar soja.

  7. Na boa, 4500km de altitude não é muito alto????

    Se a atmosfera tem 120 km de altitude.

  8. País que passa fome, povo inculto, miserável, que é enganado pelo Governo…. descrição essa que a maioria dos brasileiros fala da Coréia do Norte, mas mais parece o nosso país ultimamente. Que a Coréia esta progredindo com seu sistema de misseis balísticos, mesmo com todas as sanções que o país enfrenta, e nós aqui nem conseguindo terminar a construção de um navio para a Marinha….

  9. Infelizmente o problema é um pouco mais complexo que apenas um gordinho doido…

shared on wplocker.com