Categories
Artigos Exclusivos do Plano Brasil Defesa Sistemas de Armas

drone de combate "Caçador" terá desenvolvimento acelerado por conta dos avanços no programa PAK FA

E.M.Pinto
 
Segundo o Ministério da Defesa da Rússia,  o drone de combate Su-70 “Caçador”, possui exímia capacidade furtiva superior ao próprio Su-57. A aeronave produzida em formato de “asa voadora” e dificilmente perceptível para radares, é projetado tanto para operação autônomas quanto para operações em conjunto com o futuro bombardeiro PAK-DA ou mesmo com os caças  Su-57.
O MD russo reportou que muitas tecnologias do Su-70 já estão desenvolvidas e que seu programa será bem curto, uma vez que muitas de suas tecnologias são herdadas dos desenvolvimentos para o caça de 5G que estão em fase final de testes de seus protótipos.
Em nota o MD russo afirma que dentre outras funções, o drone explorará por exemplo a localização das instalações de defesa aérea inimigas e as destruirá ao comando de um piloto de caça.
O caçador possui uma exímia capacidade de carga, inigualável a qualquer modelo já desenvolvido no mundo, com uma massa total de cerca de 24 toneladas o Caçador poderá transportar em baias internas, cerca de 8 toneladas de armamentos para as mais diferentes missões, SEAD, CAS, CAP e interceptação. 

 

Quando foi apresentado ao público o Su-70 “caçador” exibia as tubeiras traseiras dos seus motores que despertaram nos articulistas de defesa os questionamentos sobre suas capacidades furtivas. Entretanto, o drone equipado com uma variante dos motores AL-31F foi apresentado  na MAKS 2019 com um bocal plano oq ue deve reduzir significamente  a visibilidade  nas faixas de infravermelho.

Imagens Michael Jerdev

Melhorias aerodinâmicas são esperadas para serem  introduzidos num futuro próximo, em uma das etapas da produção em massa.

 

Categories
Aviação Defesa Sistemas de Armas Tecnologia Traduções-Plano Brasil

Peter Butovsky : Drone russo Caçador é supersônico

Tradução e adaptação-E.M.Pinto

A revista francesa Air & Cosmos publicou um artigo escrito em colaboração com o especialista em aviação Peter Butovsky. O material apresenta as características estimadas do drone russo S-70 “Hunter”(Caçador).

Projetado em conceito “asa voadora” com o uso de tecnologia furtiva o drone pesado é uma aeronave bem grande. Isto pode ser conferido nas fotografias do protótipo na pista de uma fábrica de aviões em Novosibirsk, onde o S-70, Caçador passa por um ciclo de testes de aeródromo. Estas imagens dão algumas ideias sobre o seu tamanho, mas os números dados na revista ainda são impressionantes.

A envergadura do “Caçador” é de 19 m quase uma vez e meia maior que a do Su-34, por exemplo. O comprimento da aeronave é de 14 m. O peso de decolagem é estimado em cerca de 25 toneladas, dos quais são igualmente estimados  2.800kg de carga paga (armas) .

Em baixa altitude, o S-70 será capaz de acelerar para 1400 km/h e o alcance será de 5000 km.Essas características são diferentes daquelas que foram expressas anteriormente.

Lembre-se, acreditava-se que a massa de decolagem do caçador não seria superior a 20 toneladas e a velocidade máxima fosse subsônica.

Segundo o artigo, a Sukhoi Design Bureau, emprega extensivamente as  tecnologias desenvolvidas para aeronave de  combate de quinta geração  Su-57, dos quais tem um dos protótipos como parceiro no desenvolvimento do drone e que voará em breve  junto a ele. Ambas aeronaves trocam dados e este sistema está sendo testado. Supõe-se que o “Caçador” será emparelhado com o Su-57 atuando em nuvem para atacar e defender o seu grupo.

O su-57 é concebido para capitanear grupos aéreos mistos de drones e caças tripulados, além de grupos formados por bombardeiros num mix de aeronaves dedicadas as mais variadas funções.

O protótipo de voo do drone pesado completa uma série de testes de solo, seu primeiro voo está previsto para 2019.

Categories
Rússia Sistemas de Armas

Novas informações sobre o Veículo aéreo não tripulado de combate russo

Tradução e Adaptação- E.M.Pinto
Segundo o Defence.ru, foi apresentado nas redes sociais o protótipo do primeiro drone de combate russo, denominado “Caçador”.
Segundo as informações a aeronave possui um elevado grau de itens comuns ao Su-57 e foi apresentado como sendo um passo
significativo que foi dado em direção à criação da aviação da sexta geração russa.
Como apresentado no twitter, possível que a sua aparição ao público seja feita muito em breve.

As novas informações atestam que o programa do “Caçador” está em franco desenvolvimento com o programa Su-57 e que um dos protótipos do T-50 está atualmente trabalhando em apoio e conexão ao programa “Caçador”.

Sabe-se que esta aeronave de combate  é projetada e desenvolvida pelo escritórios de projetos da “Sukhoi”. Como esperado, o UCAV apresenta o desenho de uma  “asa voadora” com a máxima utilização da tecnologia “stealth”, sua massa total é de até 20 toneladas, e a velocidade máxima – 1.000 km / h.