Categories
Defesa Rússia Sistemas de Armas Traduções-Plano Brasil

Iraque e Rússia iniciam negociações para a aquisição de sistemas de defesa Anti Aérea S-400

Tradução e adaptação-E.M.Pinto

Bagdá (Iraque) – O Iraque e a Rússia iniciaram as negociações para o fornecimento dos sistemas de defesa antimísseis russos a Bagdá, disse no sábado um ex-parlamentar Hakem al-Zamly, ex-presidente do comitê de segurança e defesa do Parlamento, ao canal de TV Russia Today.

A notícia foi divulgada pelo meio de comunicação iraquiano Iraq News. Segundo al-Zamly, o acordo é muito importante para o Iraque e está programado para entrar em vigor em dois anos. 

Al-Zamly também afirmou em nota  que o Iraque busca reforçar a cooperação com a Rússia no campo da defesa que englobará aeronaves de combate tanto de asa fixa quanto de asas rotativas, num pacote inicial estimado em US$4,0 bilhões. 

 

Fonte: Iraq News

Categories
Army-2018 Artigos Exclusivos do Plano Brasil Defesa Rússia Sistemas de Armas

Army 2018: Apresentado o protótipo do veículo de combate 2S38 do sistema "Derivation-Air Defense"

Sugestão- Rustam- Moscou

E.M.Pinto

A JSC “Instituto Central de Pesquisa” Burevestnik “(Nizhny Novgorod, membro do JSC” Scientific and Production Corporation “Uralvagonzavod”) apresenta na Army -2018  um protótipo de um sistema de artilharia antiaérea motorizado 2S38 baseado no veículo BMP-3 equipado com um canhão automático de 57 mm.

Os prospectos do veículo de combate foram apresentados em agosto de 2017 no Fórum Técnico Militar Internacional “Army-2017” no estande da Diretoria Principal de Mísseis e Artilharia do Ministério da Defesa da Federação Russa.

Neles era relatado que este produto está sendo criado como parte do trabalho de desenvolvimento da “Derivation-Air Defense”, que implica o aparecimento nas tropas de um potencial sistema de artilharia móvel de 57 mm com meios passivos de reconhecimento e escolta de alvos aéreos.

O veículo de combate 2C38 é baseado no BMP-3 e é projetado para abater alvos aéreos como veículos aéreos não tripulados, mísseis de cruzeiro, mísseis ar-terra, aeronaves táticas e helicópteros. O sistema antiaéreo também é capaz de destruir lançadores de foguetes, destruindo alvos terrestres e de superfície.

As suas principais características são:

  • Alcance máximo de dano: 6 km.
  • Altura máxima de dano: 4,5 km.
  • Taxa de fogo é de 120 disparos por minuto.
  • Munição completa: 148 recargas.
  • ângulo de orientação vertical é de 5 graus / +75 graus.
  • Ângulo de orientação horizontal – 360 graus.
  • A velocidade máxima dos alvos atingidos é de 500 m / s
  • Tripulação: 3 integrantes.

O veículo de combate 2S38 está equipado com um sistema óptico-eletrônico para detecção e direcionamento OES OP, desenvolvido pelo Minsk OJSC “Peleng”.

Ele permite observações panorâmicas do terreno em 360 graus. A faixa de detecção através de um dos canais de televisão de um pequeno veículo aéreo não tripulado do tipo Bird Eye 400 opera no modo de elevação vertical à 700 m, no estreito campo de visão  4900 m.

A aeronave de ataque A-10 é detectada no primeiro modo já a uma distância de 6400 m, e na segunda – a 12.300 m. O canal de imagem térmica permite detectar alvos com um tamanho de 2,3 × 2,3 m com uma probabilidade de 80% num alcance de 10.000 m e reconhecimento visual à uma distância de 4.000 m.

Categories
Army-2018 Artigos Exclusivos do Plano Brasil

Army-2018:- Sistema de mísseis superfície-ar Buk-M3 é exibido pela primeira vez na mostra exterior para o público

Sugestão- Rustam- Moscou

Tradução e adaptação- E.M.Pinto

Teve início em 21 de agosto de 2018, no Patriot Parque Militar Patriótico em Kubinka, o Fórum Técnico Militar Internacional “Army-2018”, no qual dentre inúmeros expositores, está presente a JSC “Almaz-Antei” que pela primeira vez expõe ao público, um sistema de mísseis de defesa aérea 9K317M Buk-M3.

O sistema que nos fóruns anteriores foi exibido apenas na exposição fechada, onde, em particular, em 2016, foi flagrado recebendo a visita dos membros da delegação militar do Egito.

O sistema de defesa aérea Buk-M3 está sendo usado pelas Forças Terrestres da Rússia desde 2016. O sistema de mísseis de defesa aérea “Buk-M3” é produzido pela JSC “Ulyanovsk Mechanical Plant”, que faz parte do JSC “Concern VKO Almaz- Antey “.

A estrutura do Buk-M3 (o desenvolvedor do NIIP nomeado após VV Tikhomirov) inclui o posto de comando 9S510M, a estação de detecção e designação de alvo com o radar 9S36M, duas lançadoras autopropulsadas (SOA) 9A317M com seis antiaéreos mísseis guiados 9M317M, um ou dois transportadores-lançadores (TPU) 9A316M com 12 mísseis guiados 9M317M, bem como máquinas de carregamento de transporte (TZM) 9T243.

Os parâmetros do sistema de armas passaram a ser conhecidos recentemente. O míssil do sistema atinge uma velocidade 5.600 km / h ou Mach 4.6 e é capaz de efetuar manobras com grande agilidade graças aos lemes reativos. O intervalo entre os disparos entre um míssil e outro é de menos de um segundo em qualquer direção.

A busca pelos alvos é efetuada por comandos ou homing ativo, ou em combinação. O radar térmico funciona em qualquer alvo a qualquer momento e em qualquer tempo. Fontes russas afirmam que o sistema pode destruir o sistema MGM-140 ATACMS, embora isso nunca tenha sido realmente tentado.

A detecção de radar, orientação e alvo opera em um intervalo de ± 60 ° 9S36. A arma é capaz de engajar alvos à baixas altitudes de  7-10 m e detectar a uma distância de até 35 km, alvos como o AGM-158A “JASSM” podem ser detectados a uma altitude de 20 m, e o sistema pode detectar armas cujo RCS seja acima de 0,1 m² a uma distância de 17-18 km.

O radar detecta alvos a uma altitude de 5 metros e, na prática, o sistema demonstrou a sua capacidade de destruir mísseis anti-navio que voam a essa altitude.

O sistema pode usar o lançador do sistema S-300V e segundo informações possui alcance de  65 km. A operação pode ser autônoma ou integrada a outras baterias e sistema de guiagem e controle.

O sistema compartilha informações com outras baterias de sistemas como S-400 dentre outras e a probabilidade de acertar é elevadíssima. Segundo o fabricante, mísseis balísticos também podem ser destruídos de maneira similar a outros tipos de alvos. O tempo para uma bateria entrar em operação e ser desmobilizada para se evadir de uma zona crítica é de 20 segundos.

Categories
Defesa Defesa Anti Aérea Mísseis Rússia Sistemas de Armas Traduções-Plano Brasil

Nova versão do Pantsir receberá uma nova geração de mísseis

Tradução e adaptação- E.M.Pinto
Segundo a agência de notícias russas INTERFAX, o sistema de mísseis e armas antiaéreas Pantsir SM receberá uma nova antena de radar, bem mais poente potente e também,  uma nova geração de mísseis. Embora tais melhorias já constassem nos planos de atualização do sistema, alguns aprendizados colhidos no recente confronte Sírio lançaram luzes sobre as novidades para estas armas.
As informações concedidas  à Interfax por uma fonte do escritório de projetos da arma atestou que a nova antena permitirá uma detecção mais rápida do alvo, bem como resposta mais rápida e melhor trabalho do veículo em movimento à toda velocidade.

“Os trabalhos de modernização estão em andamento, tudo isso será implementado na nova versão do” SMC. “Primeiro de tudo, estamos falando de uma antena super-poderosa para isso… Além disso, o trabalho de criação de uma nova geração de mísseis para o novo” Pantsir “também está sendo concluído”.disse a fonte.

Em 15 de maio, o presidente russo Vladimir Putin definiu em uma reunião com os militares o procedimento de continuar a modernização do ZRPK PANTSIR e acelerar a produção em massa do novo sistema de defesa aérea S-500, o qual alegadamente será  capaz de engajar  alvos em elevadas altitudes próximo espaço.

“Uma das tarefas importantes – melhorar os meios de combate contra as armas de alta precisão. Os construores devem desenvolver activamente e expandir o avanço tecnológico no domínio da defesa para continuar a modernização do sistema ..” Pantsir “e concluir o desenvolvimento e pré-produção dos S-500 o mais novo sistema, capaz de operar a altitudes elevadas, incluindo o espaço próximo “, – disse Vladimir Putin em uma reunião sobre construção militar.
Mais cedo, uma fonte do complexo industrial de defesa informou à Interfax que o alcance do sistema de mísseis e armas antiaéreas Pantsir SM poderia aumentar para 60 km graças ao uso de mísseis hipersônicos. Ao informar que o sistema antiaéreo de mísseis e armas “Pantsir” usará armas hipersônicas e novos mísseis, que serão instalados no ZRPK, a fonte atestou que o seu  alcance de operação será aumentado em três vezes
“No momento, o trabalho está em andamento para criar para avaliar o míssil hipersônico que está previsto para aumentar o alcance do conjunto de 50-60 km.”, – disse a fonte.
Atualmente o alcance do sistema é de cerca de 20 km. 
Fontes do Ministério da Defesa da Federação Russa, afirmaram que está previsto para 2018 a incorporação das primeiras unidades da versão atualizada do sistema “Pantsir-SM”, que começará a equipar as unidades de defesa aérea. 
Na imagem o ZRPK Pantzir-SM sobre o novo chassi do KAMAZ 53958″ Tornado “8×8, durante aparição em Ashuluk.

Categories
Defesa Defesa Anti Aérea Negócios e serviços Sistemas de Armas Tecnologia Traduções-Plano Brasil

Possíveis unidades lançadoras Modernizadas do sistemas Patriot para a Suécia


 
   Tradução e adaptação- Ghost – Plano Brasil

O Departamento de Estado dos Estados Unidos estabeleceu uma decisão aprovando uma possível venda militar estrangeira para a Suécia do sistema Patriot – PAC-3 + unidades de fogo modernizadas por um custo estimado de US$ 3,2 bilhões. A Agência de Cooperação de Segurança da Defesa entregou a certificação exigida notificando o Congresso desta possível venda.

O Governo da Suécia solicitou a compra de quatro Unidades lançadoras Modernizadas e quatro conjuntos de radar AN / MPQ-65, quatro estações de controle de engajamento AN / MSQ-132, nove grupos de mastro de antena, doze estações de lançamento M903, cem Patriot MIM-104E , duzentos mísseis MSE (Patriot Advanced Capabilty-3) (PAC-3) e quatro unidades geradoras de potência (EPP) III.

Também estão incluídos neste pedido:

  • Equipamentos de comunicação,
  • Ferramentas,
  • Equipamentos de teste,
  • Softwares de  teste,
  • Equipamentos de suporte para incluir veículos associados,
  • Motores principais,
  • Geradores,
  • Publicações e documentação técnica,
  • Equipamentos de treinamento,
  • Peças de reposição e reparação,
  • Treinamento de pessoal,
  • Assistência técnica de campo (TAFT),
  • Aerviços de suporte técnico,
  • Engenharia e logística,
  • Integração de Sistemas e Checkout (SICO),
  • Suporte de campo e
  • Outros elementos relacionados de logística e suporte aos softwares.

O custo estimado total do programa é de US $ 3,2 bilhões. Os principais contratados serão a Raytheon Corporation em Andover, Massachusetts e a Lockheed-Martin em Dallas, Texas. Não há contratos de compensação conhecidos propostos em conexão com essa venda potencial.

Esta proposta de venda apoiará a política externa e os objetivos de segurança nacional dos Estados Unidos, ajudando a melhorar a segurança de um parceiro estratégico que tem sido, e continua sendo, uma força importante para a estabilidade política e o progresso econômico na região do Mar Báltico e através da Europa.

A proposta de venda do sistema de mísseis Patriot melhorará a capacidade de defesa antimíssil da Suécia. A venda proposta apoiará a interoperabilidade com as forças dos EUA e da OTAN. A venda proposta deste equipamento não alterará o equilíbrio militar básico na região.

A implementação desta venda exigirá que aproximadamente 24  representantes do governo dos EUA e 32 contratados viajem para a Suécia por um período prolongado para o processamento dos equipamentos / colocação em campo, verificação do sistema, de treinamento, suporte técnico e logístico.

Fonte: Army Recognition

Categories
Defesa Sistemas de Armas Tecnologia Traduções-Plano Brasil

ISRAEL TESTOU COM ÊXITO O SISTEMA DE MÍSSEIS ANTIBALÍSTICOS ARROW 3

Tradução e adaptação- Ghost Plano Brasil

Em 19 de Fevereiro de 2018, às 02:30h hora local, a Agência de Defesa de Mísseis dos EUA e a Organização de Defesa de Míssil de Israel concluíram com êxito um teste de voo do míssil antibalístico de longa distância Arrow 3, projetado para se defender contra mísseis balísticos fora da atmosfera.

A Organização de Defesa de Mísseis de Israel (IMDO) da Direção de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa (DDR & D) e a Agência de Defesa de Mísseis dos Estados Unidos (MDA) realizaram um primeiro ensaio bem sucedido contra um alvo simulando um míssil balístico, o alvo foi abatido por interceptor Arrow-3.

O teste do sistema de mísseis Arrow 3 foi realizado em um local de teste no centro de Israel e liderado pela Israel Aerospace Industries (IAI), em colaboração com a Força Aérea Israelense. O MDA, como co-desenvolvedor do sistema, deu suporte ao teste. O principal contratante do projeto que desenvolve a integração e desenvolvimento do Arrow Weapons System é a MLM da IAI. A Boeing se associou com a MLM para desenvolver e produzir o interceptor Arrow 3.

O sistema de armas Arrow 3 é uma parte importante do conjunto de defesa multicamada de Israel. Esta matriz é baseada em quatro camadas, que incluem o Iron Dome e David’s Sling, e os sistemas de mísseis Arrow 2 e Arrow 3. O sucesso deste teste é um marco importante nas capacidades operacionais de Israel e na sua capacidade de se defender contra ameaças atuais e futuras na região.

A Arrow 3 é o último desenvolvimento do míssil anti-balístico Arrow desenvolvido conjuntamente por Israel e Estados Unidos. Uma bateria de Arrow 3 deve interceptar salvas de mais de cinco mísseis em dentro de um intervalo 30 segundos.

Em 25 de fevereiro de 2013, foi realizado um teste fly-out do Arrow 3 na base aérea de Palmachim. O lançamento testou o controle dos mísseis e os motores. Em 18 de janeiro de 2017, a Organização de Defesa de Mísseis de Israel (IMDO) transferiu os primeiros interceptores operacionais Arrow-3 anti-balísticos para a Força Aérea de Israel.

Fonte: Armyrecognition

Categories
Defesa Defesa Anti Aérea Mísseis Sistemas de Armas

Russos testam novo sistema de mísseis antiaéreos

http://img.blog.yahoo.co.kr/ybi/1/24/56/shinecommerce/folder/39/img_39_25243_2?1251791097.jpg

Um porta-voz militar russo revelou para a agência de notícias RIA Novosti que, durante recentes exercícios militares realizados na região de Kapustin Yar, província de Astrakhan, sul da Rússia, foi testado com sucesso o novo sistema de mísseis antiaéreos Buk-M2 (denominado SA-17 Grizzly pela OTAN).

Categories
Defesa Defesa Anti Aérea Mísseis Sistemas de Armas

SLAMRAAM disparado de nova plataforma

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d7/AIM-120_AMRAAM_P6230147.JPGFoi realizado um teste de lançamento balístico de vários mísseis SLAMRAAM (Surface-Launched Advanced Medium Range Air-to-Air Missile, Míssil Ar-Ar Avançado de Médio Alcance Lançado da Superfície) a partir de uma viatura FMTV (Family of Medium Tactical Vehicles, ou Família de Veículos Médios Táticos). O objetivo principal do ensaio foi caracterizar os efeitos dinâmicos sobre a plataforma causados pelo lançamento dos mísseis.


Fonte:Segurança&Defesa

Categories
Conflitos Defesa Geopolítica Sistemas de Armas

Está previsto instalar na República Tcheca um centro de alerta antecipado do sistema de defesa antimíssil dos Estados Unidos.

http://jeffreyhill.typepad.com/.a/6a00d8341d417153ef0120a5864133970b-pi

Está previsto instalar na Republica Tchéca um centro de alerta antecipado do sistema de defesa antimíssil dos Estados Unidos. A unidade deverá captar instantaneamente e processar informações sobre os eventuais lançamentos de mísseis disparados por terroristas para destruírem alvos na Europa e na América do Norte.

A criação de tal centro custará 2 milhões de dólares, ou seja, “uma importância minúscula” em comparação com os largos bilhões de dólares inicialmente planejados para a construção de uma estação de radar na Tchéquia Ocidental, projeto esse finalmente abandonado por Washington.

Categories
Defesa Sistemas de Armas

Irã anuncia novo sistema de defesa contra mísseis

http://2.bp.blogspot.com/_7SvKgIpSQ6k/S8sazXzn_XI/AAAAAAAAAnw/u82xH0dLEbk/s640/S-300_5.jpgSugestão: Cmdt Melk

TEERÃ (Reuters) – O Irã, cujo conflito em torno de seu programa nuclear com o Ocidente levanta a possibilidade de um conflito regional, desenvolveu um sistema de defesa contra mísseis de curto alcance para combater mísseis de cruzeiro, disse o ministro da Defesa do país neste domingo.

Categories
Conflitos Defesa Geopolítica Sistemas de Armas

Oficial da Us-Navy apóia o fornecimento de novos F 16 para Taiwan

http://www.china-defense-mashup.com/wp-content/uploads/2010/03/china-deploy-missile.jpg

Mar.29 (China Military News citados da Reuters e escrito por Ralph Jennings) – O Exército popular da China  deslocou para as proximidades de Taiwan, baterias de mísseis de longo alcance, em tom de provocação ao governo da ilha segundo relatou o oficial da marinha  dos Estados Unidos, Robert Willard, justificando que a ilha (aliada) necessitaria de novos caças F -16 .

Categories
Conflitos Geopolítica História

Otan quer escudo antimísseis que proteja EUA e Rússia

http://risingpowers.foreignpolicyblogs.com/files/2009/04/missile-defense-architecture.jpgSugestão:  Gérsio Mutti

O secretário-geral da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), Anders Fogh Rasmussen, defendeu neste sábado a criação de um novo sistema de defesa antimísseis que proteja tanto os Estados Unidos como a Rússia. “Precisamos de um sistema de defesa antimísseis que inclua não apenas todos os países da Otan mas a Rússia também.