Categories
Africa América do Sul Brasil Destaques Forças Especiais História Vídeo

Video: Documentario sobre a Atuação do General Santos Cruz no Congo.

Documentário da TV Al Jazeera sobre a atuação do General Santos Cruz no Congo.

[embedplusvideo height=”395″ width=”650″ editlink=”http://bit.ly/1Fev99a” standard=”http://www.youtube.com/v/de2Im4rh948?fs=1″ vars=”ytid=de2Im4rh948&width=650&height=395&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep6311″ /]

Categories
Africa Conflitos Geopolítica

Itália está “pronta para lutar” na Líbia

A Itália está pronta para se juntar a uma força liderada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para combater “uma ameaça terrorista ativa”, após os recentes avanços de uma facção na Líbia que jurou lealdade a militantes do Estado Islâmico, afirmou o ministro das Relações Exteriores, Paolo Gentiloni, nesta sexta-feira.

Em entrevista à emissora de televisão SkyTG24, Gentiloni disse que a Itália apoiou os esforços do enviado especial da ONU, Bernardino Leon, para trazer as facções em conflito à mesa e tentar mediar um cessar-fogo.

Mas ele disse que se as negociações fracassarem, a Itália “está pronta para lutar, naturalmente, no contexto de uma missão internacional”.

“Não podemos aceitar a ideia de que há uma ameaça terrorista ativa a apenas algumas horas de barco da Itália.”

A situação na Líbia, já caótica, “está se deteriorando”, Gentiloni disse, acrescentando que a Itália “não pode subestimar” a possibilidade de um ataque de militantes do Estado Islâmico.

Nos últimos dias, as autoridades italianas fizeram declarações genéricas sobre a disposição de liderar uma força da ONU na Líbia, mas os comentários de Gentiloni nesta sexta-feira marcam uma postura mais agressiva.

Gentiloni falou após relatos da imprensa nesta sexta-feira de que os militantes que juraram lealdade aos Estado Islâmico no Iraque e na Síria haviam tomado o controle de emissoras de rádio e televisão em Sirte, uma cidade costeira na metade do caminho entre Trípoli e Benghazi.

Até recentemente, a facção do Estado Islâmico parecia ter poder limitado e estar confinada principalmente em Derna, disse ele.

A disputa pelo poder na Líbia, que tem sido o foco das negociações da ONU, é entre um governo reconhecido internacionalmente e uma administração rival criada em Trípoli depois que um grupo armado tomou a capital no ano passado.

Ambos os lados têm apoio de brigadas que ajudaram a derrubar o líder autocrata Muammar Gaddafi em 2011, mas, desde então, têm se enfrentado num conflito complexo que envolve tribos, antigas tropas de Gaddafi, militantes islâmicos e forças federalistas.

Traficantes de pessoas no país aproveitaram o caos para enviar dezenas de milhares de refugiados e imigrantes em pequenos barcos superlotados para a Itália.

Mais de 300 imigrantes morreram tentando chegar à Itália a partir da Líbia em águas agitadas nesta semana. A agência de refugiados da ONU diz que pelo menos 218 mil imigrantes atravessaram o mar Mediterrâneo de barco no ano passado e 3.500 vidas foram perdidas.

Reportagem: Steve Scherer

REUTERS

Fonte: Terra

Categories
Africa Rússia Sistemas Navais Tecnologia

Russia anuncia construção de submarinos para a Argélia.

800px-Варшавянка_в_Полярном

O Escritório de projetos navais Rubin anunciou que o Estaleiro Russo Admiralty Shipyards localizado em São Petersburgo começara em breve a construção dos submarinos diesel elétrico classe Varshavyanka (Projeto 636 Kilo) encomendados pela Argélia em 2014.  O Valor do contrato e de cerca de 1.2 bilhões de dólares prevendo que as entregas sejam realizadas em 2018.  A Marinha da Argélia opera quatro submarinos da classe Kilo.

Projeto_636_01

 Em junho de 2006 Rosoboronexport assinou um contrato com a Marinha argelina para a construção de duas unidades do Projeto 636 M (Improved kilo).  A construção do primeiro submarino começou em 2006 e a segunda unidade teve sua construção iniciada em 2007. A Rússia entregou os submarinos para a Marinha Argelina em 2010, onde se juntou a duas unidades do Projeto 877EKM Kilo, que a Argélia recebeu em 1987-1988.

Islamic-Republic-of-Iran-Navy-IRIN-Kilo-naval-diesel-electric-submarine-Project-636

[embedplusvideo height=”517″ width=”650″ editlink=”http://bit.ly/15WwvpG” standard=”http://www.youtube.com/v/y9niqlt0IIs?fs=1″ vars=”ytid=y9niqlt0IIs&width=650&height=517&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep6230″ /]

Fonte: Infodefensa

Categories
Africa Armored Personnel Carriers Infantry Fighting Vehicles Negócios e serviços Terrorismo Traduções-Plano Brasil

Nigéria recebe veículos da República Checa para combater Boko Haram.

AN 225

Tradução e adaptação : Ghost

O governo nigeriano adquiriu da empresa Checa Excalibur veículos blindados para serem usados na luta contra o grupo islâmico Boko Haram. O pacote de armas incluiu Carros de combate T72M1, veículos de combate de Infantaria BMP-2, sistemas de lançamento múltiplos de foguetes RM-70.

bmp2

t_72m1_by_adamicz-d37mv4a

De acordo com informações extraoficiais, o valor do negocio e estimado em oito milhões de dólares. E apedido do Governo nigeriano os veículos estão sendo entregue o mais rápido possível. Para isso o Grupo Excalibur fretou um Antonov AN- 225 Mriya para realizar o translado da República Checa diretamente para a Nigéria. O exercito Nigeriano espera poder implantar o mais rapidamente possível seus novos veículos na luta contra o grupo Radical Boko Haram. Só em 2014, o Boko Haram matou cerca de 3.000 pessoas. Nos últimos cinco anos, o grupo extremista matou aproximadamente 13.000 pessoas. De acordo com as Nações Unidas, 1,5 milhões de pessoas deixaram suas casas com medo dos militantes, conhecidos por sua brutalidade.

rm_70_modular

Fonte: Janes.com