Defesa & Geopolítica

A Força Aérea dos EUA está oficialmente apostando na escolha de dois modelos diferentes de aeronaves de ataque leve.

Posted by

A USAF comprará de duas a três aeronaves Textron Aviation AT-6 e Sierra Nevada Corporation / Embraer Defense & Security A-29.
O contrato do A-29 Super Tucano deve ser concedido antes do final do ano, com o contrato do AT-6 Wolverine chegando no início de 2020.
O plano de compra de alguns aviões foi visualizado no início deste ano por oficiais da Força Aérea, mas as empresas provavelmente respirarão aliviadas agora que o acordo está fechado.
Entretanto, as missões primárias para ambos os aviões serão diferentes.
Os AT-06 seguirão para o Comando de Combate Aéreo da Base Aérea de Nellis, Nevada, para
Os AT-06 testes e desenvolvimento contínuos de táticas e padrões operacionais para redes táticas com vistas às exportações e melhoria da interoperabilidade com parceiros internacionais, Já os A-29 seguirão para o Comando de Operações Especiais da Força Aérea em Hurlburt Field, na Flórida e serão usados para desenvolver um programa piloto de instrutores para a missão de Combat Aviation Advisory, e atender a crescentes solicitações de apoio aos ataques leves em nações aliadas.
Em resumo, um deles segue para conferir instrução e criação de doutrina, já a outra para o combate propriamente dito.
Segundo David Goldfein, chefe do Estado-Maior da Força Aérea, o foco da aeronave de ataque leve é apoiar os aliados em operação de contra terrorismo, contra insurgência, operações dentro de suas fronteiras e apoio leve aproximado.
A Força Aérea dos Estados Unidos espera adquirir ambos os lotes à um valor aproximado de US $ 160 milhões em fundos de reserva que não foram executados mas que contam com aprovação do Congresso de orçamentos anteriores.

2 Comments

  1. Melkor says:

    Escolha política. O modelo fabricado pela Sierra Nevada é o melhor. O uso em combate vai provar isso, principalmente quando estiverem com carga assimétrica em curvas.

  2. Calvário says:

    A USAF poderia adquirir somente os AT 6 preterindo o A 29. Afinal, eles já adquiriram o que precisavam do Embraer.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com