Defesa & Geopolítica

Força Conjunta de Operações Especiais desenvolve exercício militar durante a Operação Atlântico V

Posted by

Brasília, 14/11/2018 – De 3 a 12 de novembro, Unidades de Operações Especiais da Marinha (Batalhão Tonelero e Grumec) do Exército (Batalhão de Ação de Comandos) e da Força Aérea (Parasar) integraram a Força Conjunta de Operações Especiais (FCjOpEsp) que participou da Operação Atlântico V.

O exercício militar contou com a simulação de resgate de reféns e captura de elementos adversos. As tarefas decorrentes dessa simulação foram atribuídas à FCjOpEsp, sob o comando do almirante Rogério Ramos Lage.

A concentração de tropas e meios envolvidos foi realizada em Vila Velha, na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (Eames), onde foi instalada a Base de Operações Especiais, com a constituição do Estado-Maior Conjunto e integração dos Grupos-Tarefa que compuseram a Força Componente.

Em situação de isolamento, foram efetuados os planejamentos, ensaios e coordenações necessárias à execução das ações, desenvolvidas na área de adestramento da Marinha em Itaoca (ES).

Lançamento de paraquedistas, infiltração por helicópteros, infiltração com embarcações pneumáticas, mergulho de combate, reconhecimento de Operações Especiais, ações de resgate e captura foram algumas das atividades desenvolvidas no contexto do tema elaborado e controlado pela direção do exercício.

Ao final, os principais aspectos positivos avaliados foram o incremento da interoperabilidade, o intercâmbio entre os elementos de operações especiais e a execução de todas as etapas de uma operação militar conjunta.


Fonte: Ministério da Defesa

Comments are closed.

shared on wplocker.com