Defesa & Geopolítica

Governo Indiano seleciona o sistema NASAMS II para defesa antiaérea da capital Nova Delhi

Posted by

Segundo informações divulgadas pelo jornal  The Times of India o Conselho de Aquisição de Amamento do governo indiano aprovou o “reconhecimento da necessidade” de comprar sistemas NASAMS-II (Norwegian Advanced Surface to Air Missile System) norte-americanos no valor de US$ 1 bilhão (R$ 3,7 bilhões).

Segundo a publicação, as autoridades indianas querem fortalecer a área de posicionamento da defesa aérea da capital – Nova Delhi. A decisão de comprar o sistema NASAMS-II foi tomada pelo Conselho de Aquisições de Defesa (DAC), presidido pela ministra da Defesa, Nirmala Sitharaman.

O NASAMS II foi desenvolvido pela Kongsberg Defence Systems e pela norte americana Raytheon com base no míssil ar-ar AIM-120 AMRAAM. O sistema NASAMS II recebeu melhorias no decorrer do tempo e foi atualizado para poder operar outros mísseis como o AIM-9X Sidewinder, guiado por infravermelho de menor alcance (cerca de 12 km, mas de alta agilidade) ou o míssil RIM-162 Evolved Sea Sparrow Missile (ESSM), usado para defesa antiaérea de navios de guerra, com guiagem semi ativa. Este ultimo míssil, em especial está sendo integrado ao sistema NASAMS de forma que deverá estar operacional em meados de 2019 e elevará bastante o desempenho do sistema pois é um míssil com maior alcance, superando os 50 km e podendo engajar alvos a altitudes maiores e com alta agilidade pois faz uso de vetoração de empuxo (como o AIM-9X Sidewinder). 

Acima: Nesta interessante fotografia podemos ver os 3 mísseis usados pelo sistema NASAMS. Da esquerda para direita temos um AIM-120 AMRAAM, um RIM-162 ESSM e o da direita é um AIM-9X Sidewinder. A recarga dos lançadores tipo contêiner se faz pela parte traseira como nessa foto.

5 Comments

  1. Foxtrot says:

    Olha um exemplo para o Brasil!
    Temos o excelente sistema Astros, agora o radar Saber-M200/ 60 e os mísseis nacionais MAA1-A/B, MAR-01, A-DARTER.
    Poderíamos desenvolver com um país dos BRIC,s (de preferência África do Sul, Rússia, China ou Índia) um sistema SAM completamente nacional.
    No caso do MAR-01, creio que as modificações no míssil seriam menores, pois o mesmo já é guiado por radar, bastando a adoção no míssil de um booster e data link.
    O MAA1, li que o IAE está dotando algumas unidades de sheeker laser para aplicação como SAM o mesmo poderia ser feito com o A-DARTER.
    Com a cooperação com países citados acima, o tempo de desenvolvimento e apresentamento deste sistema nacional (denominado por mim de GUARDIÃO), seria curtíssimo.
    Mas vivemos reinventando a roda e correndo atrás do rabo, e nunca vamos a lugar algum.

    • Gilbert says:

      Com um pouquinho de ajuda, dá para pegar o projeto do Atros 2000 da Avibras e adequar o sistema todo para uma bateria de defesa aérea de curta e médio alcance usando esses mísseis adicionando um booster aos mísseis para estender o alcance. Se começar agora e levar a sério leva de 5 a 10 anos para desenvolver isso.

  2. Interessante Nova Delhi não ter um sistema de defesa esclusivo ainda… Entre as capitais administrativas Moscou , Washington e Tel Aviv , são as mais impenetráveis com sistemas de ponta…
    Na verdade isso foi uma troca para que a Índia pudesse comprar os sistemas S400 , segundo senadores americanos Índia , Indonésia e Vietnã, não serão sancionado caso compre armas Russas ,mas terão que comprar armas americanas também; mas a Turquia ficou de fora deste acordo ,mesmo Trump e o Pentágono fazendo pressão para que ela entrasse , o senado votou e aprovou a interrupção das entregas de F35 a Turquia , o Pentágono tem um certo tempo para analisar os possíveis problemas desta interrupção e passar para o congresso antes do final do ano…

    • Casuar says:

      Quer dizer então que este sistema é uma porcaria ? Que a India ta comprando porque foi chantageada ? kkklklk, como pode sair tanta besteira de uma cabeça só, ignorando que este sistema é uma bala -de-prata e que há um volume de contratos com a India que tornaria qualquer tentativa de convence-los a não usar o s400 , um tiro no pé.

      • Esta escrito no meu comentário que o sistema é uma porcaria???
        E tudo que disse tirei não de minha cabeça ,mas sim da mídia americana e Indiana….

        Como vc mesmo disse “como sai besteira na internet”…serviu para vc…

shared on wplocker.com