Defesa & Geopolítica

BAE revela conceito de caça de 6ª Geração BAE- Tempest

Posted by

E.M.Pinto

Imagens MOD- UK

 

El foi apresentado durante uma demonstração das principais capacidades da indústria de aeronaves de combate do Reino Unido. Após o discurso do Secretário de Defesa, Gavin Williamson, o “Tempest” foi revelado para o público apresentando na ocasião um modelo de conceito de caça de nova geração.

O evento reforça a intenção do Reino Unido de desenvolver-se na capacidade tecnológica galgando o espaço no seleto e especializado clube industrial capaz de projetar de desenvolver uma aeronave de 6ª geração com capacidade combate qualquer ambiente antes de 2035.

O vídeo divulgado pela BAE Systems e pelo Ministério da Defesa, mostrou apenas um mok up e sabe-se que a aeronave definitiva só será conhecida realmente daqui a pelo menos 7 anos.

Ressalta-se que o  programa completamente redesenhado ressurgiu após a assinatura durante a abertura do Farnborough Airshow, juntamente com a revelação de um novo projeto de aeronave de combate que está sendo desenvolvido para atender às necessidades do Reino Unido nas próximas décadas.

Lançada pelo secretário de Defesa do Reino Unido, Gavin Williamson, em 16 de julho, a estratégia visa garantir que a Grã-Bretanha esteja preparada para a guerra futura, ao mesmo tempo em que sustenta o papel da indústria local na entrega à Força Aérea Real e à exportação para eventuais clientes, uma aeronave atualizada e capaz de enfrentar os desafios das próximas décadas.

O Tempest, resulta de um projeto conjunto formado por divisões do governo ao lado da BAE Systems, Leonardo, MBDA e Rolls-Royce e desenvolverá um novo programa sob os compromissos assumidos na Análise Estratégica de Defesa e Segurança de 2015 do Reino Unido no qual foram alocados US $ 2,6 bilhões em financiamento de tecnologia até 2025.

Os projetistas tem um longo desafio pela frente, mas estão cientes de que buscarão explorar novos recursos, como armas direcionadas a laser, resiliência cibernética e conceitos de projetos de aeronaves opcionalmente pilotados.

Excluído dos planos cooperativos na Europa, o Reino Unido estabelece bases para futuras aeronaves de combate construídas por uma nova filosofia industrial a qual não apenas será capaz de produzir aeronaves em massa, como também, sem nenhuma ou pouca interferência humana no processo.

O britânicos foram claramente deixados de lado do programa franco-alemão que busca desenvolver um novo caça, por esta razão funcionários britânicos trabalham há meses em um programa capaz de sustentar as capacidades da Grã-Bretanha além do Eurofighter Typhoon, e estão determinados a descobrir um caminho a seguir verão.

O programa está sendo entregue para uma equipe de empresas britânicas e todas as partes enfatizaram que a equipe está procurando parceiros, seja na fase de TI ou mais tarde no programa, até mesmo na sua coprodução.

Há um conjunto de nações que podem integrar o programa como parceiros tais como a Suécia e a Itália, ambas com indústrias aeroespaciais desenvolvidas, mas que não estão diretamente envolvidas em outros esforços multinacionais, como o programa franco-alemão de caça europeu.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=Fa6X8mGq6Nk[/embedyt]

 

14 Comments

shared on wplocker.com