Categories
Uncategorized

Acidente entre carro e viatura do exército deixa homem ferido no MS

O pelotão de cavalaria seguia para o município de Bela Vista

Por volta das 5h20 desta segunda-feira (14), um veículo VW gol, de cor branca, colidiu com uma viatura de reconhecimento “Cascavel” do Exército na rodovia MS-384, próximo a fazenda Leiliane, em Caracol.

Segundo as informações, o blindado transitava pela rodovia, sentido ao município de Bela Vista, quando percebeu que o gol que seguia no sentindo contrário, invadiu a sua pista, e veio em sua direção, colidindo com o veículo do exército. Não se sabe ao certo oque fez com que o condutor invadisse a pista contrária. 

O motorista do gol teve vários ferimentos e foi resgatado e levado para o hospital da cidade de Caracol. Já o condutor do “Cascavel” passa bem.

O comando do 10° Rc Mec emitiu uma nota sobre o fato e disponibilizou toda estrutura médica em apoio aos envolvidos no acidente. 

Veja a nota! 

 

Com informações de BV News MS

13 replies on “Acidente entre carro e viatura do exército deixa homem ferido no MS”

Lucas Iglesiassays:

Por que a roda do Cascavel entortou???

Entortou? Estou vendo uma roda solta na imagem!

Talvez pelo ângulo da batida.

MARCELO LUCASsays:

Se um golzinho!!! já faz isso, não quero nem imaginar!!!!!!

O corpo do blindado parece ter ficado intacto, o problema foi só com a roda, e não sabemos o motivos de ela ter se soltado, pode ter sido com a batida, falha de manutenção, problema/idade de alguma peça, etc.

wilde brancosays:

Um simples automóvel parte um poste ao meio, simples assim!

Mas um poste não é feito para aguentar explosões em uma guerra.
Esses carros de combate do Brasil são uma piada.

Rogério Rufinisays:

piada é sua argumentação fraca, eixos, rodas, pneus são frageis, a parte blindada esta intacta

Claudio Morenosays:

Bom dia senhores! O eixo de roda E foi danificado após o veículo de 12T chocar-se “seco” com o terreno. Não tem nada que ver com o impacto do VW Gol que vai precisar de um bom funileiro se quiser rodar novamente. Já o EE9 apenas troca de eixo.

CM

Senhores, esse veículo é antigo.
Para se ter uma idéia, quando ele foi criado, explosivos no solo nem eram uma coisa ainda (a guerra onde IEDs começaram a ser utilizados em larga escala foi a dos Sovietes no Afeganistão) logo ele cumpre bem o papel que foi desempenhado para aquela época.

E quanto ao quebrar o eixo, esses veículos não são imunes a quebra de eixo só porque são veículos de guerra. Até tanques podem quebrar o eixo de torção se fizerem um salto em angulo muito agressivo (geralmente aqueles videos dos russos pulando nas olimpiadas de tanque. Podem escrever que depois daquele salto, o veículo vai direto para a oficina. É normal)

HMS TIRELESSsays:

Bem colocado amigo! Aliás a maioria dos incautos que detonam o Cascavel não sabe que ao longo dos anos ele sempre foi elogiado no mundo inteiro por ser um veículo blindado sobre rodas extremamente robusto e barato de manter.

Pela velocidade que nossos motoristas trafegam! Acho que nem um abrams aguenta.

Comments are closed.