Defesa & Geopolítica

NOVOS OBUSEIROS M109 A5 ADQUIRIDOS PELA FORÇA EXECUTAM PRIMEIROS DISPAROS EM SOLO BRASILEIRO.

Posted by

Três Barras (SC)  No dia 22 de março, a Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército (AD/5) coordenou o Tiro de Aceitação de duas Viatura Blindada de Combate Obuseiro Autopropulsado M109 A5 (VBCOAP M109 A5) que desembarcaram no Porto de Paranaguá, há 14 dias.

Após concluídos os trabalhos de manutenção e inspeção dos armamentos, realizados no Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar (Pq R Mnt/5), os obuseiros foram deslocados para o Campo de Instrução Marechal Hermes, localizado em Três Barras (SC), para a execução de seus primeiros disparos em solo brasileiro.

As guarnições das peças foram compostas por militares do 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado e cada obuseiro realizou cinco tiros. Após cada disparo, a equipe do Pq R Mnt/5 inspecionava o armamento, a fim de certificar se o obuseiro estava com seu funcionamento regular.

A atividade foi conduzida de forma segura e profissional, sob a supervisão do Comandante da AD/5, General de Brigada Rodrigo Pereira Vergara, acompanhado de seu Estado-Maior e de militares envolvidos no processo de manutenção e transporte das peças.

Diante do resultado bem-sucedido, as VBCOAP M109 A5 estão sendo empregadas novamente no dia 3 de abril, por ocasião do Batismo de Fogo dos novos obuseiros, quando executarão os tiros de demonstração.

12 Comments

  1. Capa Preta says:

    Os M109 A5 juntamente com os sistemas Astros II 2020 vão dar ao exercito brasileiro uma capacidade de artilharia movél sem igual no continente Sul americano.
    Eu so gostaria de ver retomado o projeto do Astros hawk para apoio a infantaria
    https://isape.files.wordpress.com/2012/11/avibras-hawk-cp-pm-skf-av_12-36a.jpg?w=630&h=407

  2. Foxtrot says:

    “Após concluídos os trabalhos de manutenção e inspeção dos armamentos, realizados no Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar (Pq R Mnt/5)”

    Ou seja, possuímos conhecimentos mais que necessários para desenvolver canhões embarcados em veículos e rebocados.
    Imagino um canhão nacional de 120mm, montado em torre autonôma nacional e sobre o chassis do Tamoio MK4 ou Osório MK2.
    Temos as empresa que podem desenvolver e fabricar a torre (Equitron, Ares, Avibrás etc.), temos conhecimentos e empresa que podem fabricar o armamento principal ( IME, Ctex, PqRMt, Imbel, Avibrás etc.) e temos empresas e conhecimentos para evoluir as plataformas Osório e Tamoio-III ( Tectran/ Avibras, Imbra Blindados, Agrale etc).
    O que nos falta e vontade político/militar para tal façanha; porque até mesmo as verbas possuem, basta economizar nas folhas de pagamentos, corrupção, aposentadorias milionárias etc..
    Basta também incentivar as empresas com aquisições volumosas, que as mesmas investem no desenvolvimento com recursos próprios (como acontece no mundo desenvolvido e sério).

  3. Foxtrot says:

    “Capa Preta 3 de Abril de 2018 at 18:29
    Os M109 A5 juntamente com os sistemas Astros II 2020 vão dar ao exercito brasileiro uma capacidade de artilharia movél sem igual no continente Sul americano.
    Eu so gostaria de ver retomado o projeto do Astros hawk para apoio a infantaria
    https://isape.files.wordpress.com/2012/11/avibras-hawk-cp-pm-skf-av_12-36a.jpg?w=630&h=407

    Astros Hawk com foguetes guiados semelhantes ao LCPK,LZ 275 LGR etc..
    Pois sabe-se que a Avibrás há tempos atrás ( período da LAAD 2003 se não me engano), noticiou que detinha a tecnologia para fabricação desse tipo de armamento, oferecendo o mesmo a FAB, porém como sempre a mesma se negou em apostar na tecnologia (mesma coisa aconteceu com o vant Falcão. Não duvido muito que muito em breve nossa Força Aérea de Brinquedo, resolva adquirir mesma tecnologia externa).
    O erro da Avibrás foi não ter oferecido a mesma tecnologia a MB e ou EB, pois esse foguetes guiados podem substituir os Sabat-70mm em helicópteros, aviões etc..
    E nada de apostar naquele trambolho euro-brasileiro denominado Armadilho-T2 (acho que nem o nome é nacional rsrsr).

    • Casuar says:

      Armadillo é o nome espanhol dos Tatus , éhhhhhh , PB é cultura .

  4. Porcaria de EB so sabe arrunas tranqueiras obsoletas e ultrapassadas eu acho que se eles podesse voltar no tempo compraria bigas Romanas e egípcias para guerriar em pleno século 21 essas FAs são uma piada de muito mal gosto vão gostar de sucatas assim la nos Stetes fala serio

    • Josimesio says:

      Para jovem, esses armamentos não são obsoletos, da um pesquisada, vlw

      • Matungo says:

        haueiheaiuheauh

        esse xovem ta mais perdido que cusco em tiroteio

      • Casuar says:

        Maconha do polígono nordestino , tico e teco estao mais perdidod que barata no galinheiro.

    • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

      Caro esquerdalha… perdeu a oportunidade de ficar calado e não sujar o espaço com baboseiras ideológicas…

    • Casuar says:

      Eles se viram como pode , afinal boa parte do orçamento e contigenciado para manter os currais eleitoreir os dos socialistas !

  5. Foxtrot says:

    Gente gente! Como tem cego e ignorante nesse país.
    Mesmo depois de tanta denúncia contra a dita direita e esquerda dessa republiqueta, contra os ditos socialistas e democratas, com várias provas de corrupção contra inúmeros políticos inclusive contra alguns militares, inclusive com investigação contra o atual presidente, ainda tem idiotas que ficam defendendo bandeiras políticas.
    O Maluquinho está certo mesmo, o problema do Brasil é o brasileiro !

    • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

      Hummmm !!!… sei…

shared on wplocker.com