Defesa & Geopolítica

ISRAEL TESTOU COM ÊXITO O SISTEMA DE MÍSSEIS ANTIBALÍSTICOS ARROW 3

Posted by

Tradução e adaptação- Ghost Plano Brasil

Em 19 de Fevereiro de 2018, às 02:30h hora local, a Agência de Defesa de Mísseis dos EUA e a Organização de Defesa de Míssil de Israel concluíram com êxito um teste de voo do míssil antibalístico de longa distância Arrow 3, projetado para se defender contra mísseis balísticos fora da atmosfera.

A Organização de Defesa de Mísseis de Israel (IMDO) da Direção de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa (DDR & D) e a Agência de Defesa de Mísseis dos Estados Unidos (MDA) realizaram um primeiro ensaio bem sucedido contra um alvo simulando um míssil balístico, o alvo foi abatido por interceptor Arrow-3.

O teste do sistema de mísseis Arrow 3 foi realizado em um local de teste no centro de Israel e liderado pela Israel Aerospace Industries (IAI), em colaboração com a Força Aérea Israelense. O MDA, como co-desenvolvedor do sistema, deu suporte ao teste. O principal contratante do projeto que desenvolve a integração e desenvolvimento do Arrow Weapons System é a MLM da IAI. A Boeing se associou com a MLM para desenvolver e produzir o interceptor Arrow 3.

O sistema de armas Arrow 3 é uma parte importante do conjunto de defesa multicamada de Israel. Esta matriz é baseada em quatro camadas, que incluem o Iron Dome e David’s Sling, e os sistemas de mísseis Arrow 2 e Arrow 3. O sucesso deste teste é um marco importante nas capacidades operacionais de Israel e na sua capacidade de se defender contra ameaças atuais e futuras na região.

A Arrow 3 é o último desenvolvimento do míssil anti-balístico Arrow desenvolvido conjuntamente por Israel e Estados Unidos. Uma bateria de Arrow 3 deve interceptar salvas de mais de cinco mísseis em dentro de um intervalo 30 segundos.

Em 25 de fevereiro de 2013, foi realizado um teste fly-out do Arrow 3 na base aérea de Palmachim. O lançamento testou o controle dos mísseis e os motores. Em 18 de janeiro de 2017, a Organização de Defesa de Mísseis de Israel (IMDO) transferiu os primeiros interceptores operacionais Arrow-3 anti-balísticos para a Força Aérea de Israel.

Fonte: Armyrecognition

4 Comments

  1. casuar says:

    Nada melhor doque estar cercados de inimigos para forçar os avanços tecnológicos , já o Brasil deu o azar dos inimigos serem internos , sindicatos,movimentos sociais, mortadelas e seus amigos golpistas !

  2. muttley says:

    Imagino que Israel não tenha sindicatos ou movimentos sociais ? Fico imaginando aqui com meus botões por que em Israel os movimentos sociais não são inimigos, ou não existem.? Não seria porque as pessoas lá (Israelenses) são tratados como iguais e a sobrevivência do Estado dependa da ajuda de todos por isso todos devem ser iguais. Imagino que já ouvirão falar em kibutz? Aqui onde os movimentos sociais e sindicatos são inimigos, pobre é fichado ao sair de casa, isso talvez explique o “porque” de algumas coisa.
    * “Nada melhor doque estar cercados de inimigos”. Nossa como os Canadenses tem sorte então. Por sinal se olharmos para o México que não tem “sorte” como o Canada, veremos as mesmas “elites” daqui desesperadas por uma cidadania USA mas com a renda garantida pelo Estado Mexicano.
    ** Israel é desenvolvido tecnologicamente porque em primeiro lugar o Estado cuida e trata de seus cidadães com igualdade.

    Sds

    • Casuar says:

      Canadá possui a incumbência de deter uma provável agressão que venha do norte do atlântico ártico, mas vc disse tanta besteira que levaria dias para elucida las, tô sem tempo e saco!

    • Cláudio Severino says:

      Prezado Muttley
      Tens razão. Tirando os judeus emigrados das tribos negras da Etiópia, todos os demais cidadão são tratados com igualdade…
      Sds

shared on wplocker.com