Categories
Conflitos Destaques Geopolítica

Coreia do Norte pede unificação com Coreia do Sul enquanto atletas iniciam treinamento olímpico

Uma delegação de autoridades e jogadoras de hóquei no gelo norte-coreanas cruzaram a fortemente protegida fronteira com a Coreia do Sul, nesta quinta-feira, para iniciar treinamento olímpico conjunto, à medida que Pyongyang pediu para todos os coreanos buscarem a unificação das duas nações.

REUTERS – Líder nortecoreano, Kim Jong-un

O grupo incluía 12 atletas norte-coreanas que irão formar uma equipe feminina conjunta de hóquei no gelo com jogadoras da Coreia do Sul na Olimpíada de Inverno que acontecerá no próximo mês, na cidade sul-coreana de Pyeongchang.

Após passarem por postos de verificação sul-coreanos na fronteira, a equipe viajou para o centro nacional de treinamentos em Jincheon, 90 quilômetros ao sul de Seul.

Descendo do ônibus, as atletas ignoraram perguntas, conforme foram cercadas por diversos veículos da mídia.

Sarah Murray (C), treinadora da equipe combinada de hóquei no gelo feminino, é vista com os jogadores de hóquei no gelo da Coreia do Norte ao chegarem no centro de treinamento nacional da Coréia do Sul em 25 de janeiro de 2018 em Jincheon, Coréia do Sul. REUTERS / Song Kyung-Seok / Pool

Elas vestiam casacos de inverno em branco, azul e vermelho, cores da bandeira da Coreia do Norte, com o nome “DPR Korea” gravado nas costas, em referência ao nome oficial do país, República Popular Democrática da Coreia.

Em Jincheon, as atletas foram recebidas pela chefe da equipe sul-coreana, Sarah Murray, que anteriormente chamou a decisão do governo de formar uma equipe conjunta com a Coreia do Norte de uma “situação difícil”.

De acordo com um acordo feito durante as primeiras conversas oficiais entre as Coreias em dois anos, a equipe conjunta irá vestir uniformes unificados e marchar sob uma bandeira única na cerimônia de abertura dos Jogos, em 9 de fevereiro.

A Coreia do Sul se preparou para “todos os cenários de contingência” caso a Coreia do Norte realize qualquer ato provocante durante a Olimpíada, mas os Jogos continuam uma oportunidade para “engajamento pacífico”, disse a ministra de Relações Exteriores da Coreia do Sul, Kang Kyung-wha, à Reuters em entrevista nos bastidores do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. “Nós precisamos tirar o melhor disto”.

Mais cedo nesta quinta-feira, a Coreia do Norte fez um raro anúncio destinado a “todos os coreanos em casa e no exterior”, dizendo que eles devem fazer um “avanço” para a unificação sem a ajuda de outros países, informou a mídia estatal.

Todos os coreanos devem “promover contato, viagens, cooperação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul”, enquanto acrescentando que Pyongyang irá “esmagar” todos os desafios contra a reunificação da península coreana.

Fonte: Reuters

Edição: Plano Brasil

5 replies on “Coreia do Norte pede unificação com Coreia do Sul enquanto atletas iniciam treinamento olímpico”

Adeildo Barrossays:

Esse Kim-Jong-Un, ele tá armando algo. Desculpem a desconfiança , ele so mudou a tática.

Está na cara o que ele está fazendo. Ele quer fingir uma reaproximação ao mesmo tempo em que continua com seus programas nucleares. Essa reaproximação dificulta MUITO a ingerência estrangeira, afinal, quem quer ser o “estraga prazeres” que vai fazer com que as duas coreias voltem a se afastar? Fazer com que voltem a estaca zero? Ninguém! Como já disseram, ele só está ganhando tempo.

King Kong um, passou sua adolescência na Europa, estudou na Europa, conhece coisas boas, e ao voltar para a Coreia do norte, decidiu que mudaria a Coreia do norte e ao mesmo tempo não aceitava aquela vida para o seu povo. As Coreias são irmãs e ambas sabem disso. Toda península está em amplo desenvolvimento, e como é um “moleque” inteligente, aproveita o apoio russo e chinês para expulsar os americanos da região sem dá um tiro, apenas se reaproximar do seu irmão já é um princípio.
A Coreia do sul não quer guerra, tão pouco a do norte.
A Coreia do sul está em amplo desenvolvimento e não está nos planos dela de arrumar encrenca e perder poder comercial por causa de uma possível guerra. A Coreia do norte segue para o desenvolvimento. Apenas os americanos tentaram desestabilizar a economia da região.

Perdoe o meu corretor ortográfico!

“Kin Jong Hun

Comments are closed.