Categories
América do Sul Conflitos Destaques Terrorismo

Venezuela diz que cinco “terroristas” foram presos e outros estão mortos após tiroteio

Autoridades venezuelanas prenderam cinco membros de uma “célula terrorista” conectada ao piloto policial rebelde de helicóptero Oscar Perez e mataram vários outros militantes durante um tiroteio em uma área pobre nos arredores de Caracas.

Ex-piloto da polícia venezuelana Oscar Perez posa para fotos durante evento, em Caracas 01/03/2015 REUTERS/Christian Veron

Perez apareceu com o rosto ensanguentado em quase uma dúzia de vídeos dramáticos postados no Instagram no início desta segunda-feira, dizendo que estava cercado pelas autoridades, que atiravam contra ele com lançadores de granadas.

Mais tarde, a televisão estatal replicou um comunicado dizendo que dois policiais morreram baleados, mas não especificou o destino de Perez.

Um ex-piloto policial, Perez é procurado por usar um helicóptero roubado para arremessar granadas e atirar contra prédios do governo em junho, assim como invadir uma unidade da Guarda Nacional em dezembro para roubar armas.

O governo do presidente Nicolás Maduro o descreveu como um “terrorista extremista fanático” e uma caçada tem se desenrolado há meses. Alguns críticos de Maduro questionaram se os ataques de Perez não teriam sido encenados em parceria com o governo para justificar uma repressão adicional sobre a oposição.

As autoridades finalmente encontraram Perez no bairro pobre de El Junquito nesta segunda-feira.

“Estamos feridos… eles estão nos matando!”, disse Perez em um vídeo, no qual parecia estar usando um colete a prova de balas enquanto se agachava no que parecia uma pequena casa. Tiros eram ouvidos ao fundo.

“Venezuela, não perca a esperança… Agora só você tem o poder para que todos possamos ser livres”, disse ele, em um vídeo anterior, olhando diretamente para a câmera e dizendo a seus filhos que os ama e espera vê-los novamente.

Seu último vídeo foi postado perto de 12h30 (horário de Brasília). Uma testemunha da Reuters na área viu posteriormente uma ambulância passando em velocidade e disse que não foram ouvidos mais tiros.

O Ministério da Informação não respondeu imediatamente a um pedido de comentários.

Fonte: Reuters

 

7 replies on “Venezuela diz que cinco “terroristas” foram presos e outros estão mortos após tiroteio”

A Máquina Trollsays:

“Mais vinte tiros e teremos uma democracia.”

André Dahmer

A Máquina Trollsays:

Vão prestando atenção nesses “exercícios militares” conjuntos do exercito daqui com os militares dos eua…pois é o prenuncio do que esta por vir pra Venezuela…é sempre o mesmo modus operandi…começa sempre assim…primeiro organizam, aparelham e financiam grupos de oposição, agentes de influencia e movimentos subversivos…

ai vem as taxações do tipo que o governo é ruim, perverso, maléfico e inimigo da liberdade e da democracia para demoniza-lo ao mundo e causar o isolamento diplomático…neste processo usam todas as mídias e meios de comunicações que controlam pelo o mundo pra isso…ai começa a guerra de propaganda e a psicologia de guerra…

depois declaram o governo alvo como uma ameaça a segurança nacional ou a região…depois veem as sanções e embargos…a guerra econômica…operações de sabotagens e desestabilização de todo tipo para criar crises institucionais…

ai começam a fazer os esquemas com os países vizinhos…e a prepararem o cenário e o terreno para as ações de “intervenção militar” como fizeram contra varias nações ao longo da historia…pois apesar de tudo que acontece a Venezuela hoje…a maior parte dos militares e do povo de lá ainda apoiam o Governo Chavista…se não este governo já teria caído a muito tempo…o Chavismo ainda tem o apoio da maior parte da sociedade pois antes do Chavismo tudo era ainda mais pior…e grande parte desta sociedade já tem ciência de que a sua nação é alvo de incursões “Alienígenas” por causa de suas riquezas naturais…

é por isso que os caças deste pais estão sobrevoando território de países vizinhos pra estudar as defesas, testar tempo de reação e coisas do tipo…e ao que tudo indica parece que a grande Republica das Bananas vai atuar mais uma vez mesmo como bucha de canhão de potencias corsarias estrangeiras…

A Máquina Trollsays:

“Ministro diz que governo de Maduro expulsou brasileiro preso na Venezuela

Jonatan Diniz estava preso na Venezuela desde 27 de dezembro. Governo venezuelano o acusa de presidir ONG de fachada. Família diz que ele estava no país fazendo trabalho social

Fonte : o globo

~~

Temer vai conspirar com Trump contra a Venezuela?

por André Barrocal — publicado 16/09/2017 01h02

Às vésperas de inédito exercício militar Brasil-EUA na Amazônia, crise venezuelana deverá ser tema de jantar paralelo à ONU entre os presidentes

Michel Temer abrirá a Assembleia Geral da ONU na terça-feira 19 em Nova York, privilégio dos presidentes brasileiros, não importa quantos votos e denúncias eles tenham. O Itamaraty suava para conseguir marcar reuniões bilaterais de Temer com líderes estrangeiros de peso. O único que ele deverá encontrar será Donald Trump, em um jantar para o qual Colômbia e Peru também foram convidados pelo anfitrião. Um repasto com cheiro de conspiração contra o chavismo.

A crise na Venezuela deverá ser um dos assuntos dos comensais, segundo fontes diplomáticas. Em 11 de agosto, Trump declarou que considera usar “uma possível opção militar” no país. Duas semanas depois, um de seus assessores de segurança nacional, general HR McMaster, comentou: “Qualquer decisão será tomada em acordo com nossos parceiros na região”.

O Brasil de Temer e historicamente a Colômbia são parceiros do Tio Sam na América do Sul. Em novembro, participarão juntamente com EUA e Peru – ou seja, toda a turma do convescote planejado pela Casa Branca em paralelo à ONU – de um treinamento militar na Amazônia brasileira. Será inédito: jamais as tropas norte-americanas botaram os pés ali.

O exercício militar será na tríplice fronteira Brasil-Colômbia-Peru, a uns 600 km da Venezuela. Reportagem recente da versão impressa de CartaCapital mostrou que partidários do chavismo estão desconfiados. Acham que os EUA terão a chance de conhecer o terreno e de estimular mercenários para atiçar a crise interna a ponto de estourar uma guerra civil por lá. Bem ao lado do Brasil.

Fonte: Carta Capital”

Brasil Participa de Ameaça Contra Venezuela :

https://www.youtube.com/watch?v=ROPJ-RQan6g

Eta, a coisa está FEIA POR LÁ.

Comparar o regime Venezuelano com democracia, é o mesmo que aceitar o nazismo como democracia.

E o que é democracia em teu conceito? um governo eleito pela maioria do povo ou um governo pró USA?
Coxinha não tem jeito, não aprende nunca.

César A. Ferreirasays:

Mais um formado em geopolítica pela Globonews….

Pergunto ao douto Fernando, como é possível que um líder nacional promova o caos econômico e ainda assim a oposição não consegue o apoio necessário para apeá-lo do poder, perdendo eleições no momento que deveria ganhá-las?

A oposição venezuelana, caríssimo, mostra-se ainda mais terrível do que o tonto do Maduro…

Aceite que dói menos…

😉

Comments are closed.