Categories
Brasil Destaques Estados Unidos Negócios e serviços

Petrobras faz acordo bilionário para encerrar ação nos EUA

Estatal pagará 2,95 bilhões de dólares a acionistas estrangeiros para evitar que caso vá a julgamento. Em processo coletivo, eles alegaram terem sido prejudicados após ações da empresa desabarem devido à Lava Jato.

Sede da Petrobras no Rio de Janeiro

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (03/01) que assinou um acordo bilionário para encerrar uma ação judicial nos Estados Unidos. A estatal se comprometeu a pagar 2,95 bilhões de dólares a acionistas estrangeiros que abriram um processo coletivo contra a empresa na corte federal de Nova York.

A petrolífera indenizará os investidores que compraram suas ações na Bolsa de Valores de Nova York entre 2010 e 2014. A ação coletiva foi proposta em 2014 pelo escritório de advocacia americano Wolf Popper LLP, que acusou a Petrobras de enganar investidores com informações falsas e ocultando o esquema de corrupção descoberto pela Operação Lava Jato.

Os investidores alegam que foram prejudicados por terem investindo numa empresa cujas ações desabaram após a revelação de que a estatal era usada por uma rede de corrupção para desviar recursos públicos.

A Petrobras afirmou que optou pelo acordo para evitar que o processo chegue até um julgamento totalmente imprevisível e no qual corre o risco de ser condenada a pagar indenizações ainda maiores. A estatal não reconheceu no acordo, porém, culpa ou práticas irregulares.

Em nota, a estatal afirmou ser vítima do esquema de corrupção e diz que continuará buscando as medidas legais contra os responsáveis por esse crime, sejam indivíduos, sejam empresas.

Pelo acordo, a Petrobras se compromete a pagar os 2,95 bilhões de dólares em três parcelas, com a primeira sendo desembolsada dez dias depois que o juiz aceitar o acordo de forma preliminar, a segunda dez dias depois da aprovação final e a última seis meses depois ou até 15 de janeiro de 2019.

O acordo precisa ainda ser aprovado pelo juiz da Corte Federal de Nova York e visa encerrar todas as ações em curso e que ainda poderiam ser apresentadas nos EUA em referência aos fatos investigados pela Operação Lava Jato.

A estatal reconheceu ainda que o acordo terá um impacto negativo no seu resultado financeiro no quarto trimestre de 2017, mas acrescentou que já conseguiu recuperar, por meio de ações judiciais, cerca de 447 milhões de dólares dos recursos que foram desviados. O valor que será pago aos acionistas estrangeiros, no entanto, é 6,5 vezes maior do que isso.

A Petrobras enfrenta ainda um processo semelhante aberto por investidores brasileiros na câmara de arbitragem da Bolsa de São Paulo. A ação corre sob sigilo.

Fonte: DW

 

10 replies on “Petrobras faz acordo bilionário para encerrar ação nos EUA”

A Máquina Trollsays:

O braziu PARECE QUARTO DE PUTEIRO NA ROÇA…LUZ VERMELHA NA ENTRADA E ALTÍSSIMA ROTATIVIDADE!!!..A canalhice no governo brazileiro é reflexo da inércia de um povo corrupto, sem instrução e marionete dos meios de comunicação!…povo mais pacato que esse “está pra nascer”…rs…..

Se o Brasil não fosse lider em assasinatos no mundo eu até acreditaria isso de que somos pacatos.

Creio que vc esta confundindo ser lacaio com ser pacatos

Concordo e discordo de parte seu comentário. O Povo não pode se manifestar nas ruas, isso somente foi permitido quando se tratava de derrubar a Dilma. Mas quando o MST tenta esboçar um movimento de protesto, contra tudo isso que está acontecendo, surge a ameaça do exercito intervir para “garantir a lei e a ordem”..
Veja o que está acontecendo hoje no Rio Grande do Sul, onde o prefeito da capital está querendo que o exército proíba a manifestação em apoio ao Lula prevista para ocorrer no dia 24/01.
No Brasil é assim: nacionalista quando protesta é taxado, pelas forças armada, de comunista e baderneiro. Quando protesto é para derrubar um governo legitimamente eleito é tratado como expressão da democracia.
Resumindo: Enquanto o exército brasileiro não mudar de atitude e se voltar para a defesa dos interesses realmente nacionais o quadro não muda. O povo não forças para se contrapor a eles.

Que legal. Apesar de entender a sistemática da coisa é as explicações mercadológicas. É interessante pagar um valor maior do que foi estimado como desvio, as “recuperações” da Lava Jato já fizeram soma expressivamente negativa. Porbque pagar aos americanos? O judiciário de lá é soberano aqui? O contrário seria encarado como piada, uma indenização bilionária de uma empresa americana para um clubinho de ações tupiniquins.

PÉ DE CÃOsays:

que povo desarmado se manifestar ?
tiraram as armas do povo para lotear o brasil mesmo ja era o plano faz tempo
esse ministro parente quando vai ser preso fez o apagao na epoca do fhc
cara e so ser psdb que vc pode fazer o que quiser nessa latrina que virou esse pais

Porradariasays:

Aguarde que o pior ainda está por vir….

Comments are closed.