Defesa & Geopolítica

Três tenentes da Marinha do Brasil são presos em MS por tráfico internacional de armas

Posted by

Tenentes seguiam para o RJ com cinco armas e mais de 1000 munições

Três tenentes da Marinha do Brasil, dois de 28 e um de 29 anos, foram presos em Rio Brilhante, a 158 km de Campo Grande, por associação criminosa e tráfico internacional de armas. Os oficiais, que estavam com cinco armas e mais de 1000 munições, viajavam em um ônibus com destino ao Rio de Janeiro na última sexta-feira (8).

Os militares estavam dentro do ônibus da Viação Mota, linha Ponta Porã/MS – São Paulo/SP , quando foram abordados sendo abordados pela PRF (Polícia Rodoviário Federal), por volta das 19h.

Eles se identificaram como Oficiais da MB e afirmaram que tinham como destino a cidade do Rio de Janeiro.

Em princípio, apenas um admitiu estar armado, porém, como não tinha o registro da arma, uma revista minuciosa na bagagem de mão e assento foi iniciada. Militares não possuíam malas no bagageiro do ônibus.

Em revista pessoal, no segundo oficial foi encontrada mais uma arma em sua cintura. O terceiro oficial tentou esconder outra arma, desmontada, por dentro do assento onde estava. Posteriormente, foram encontradas dois espingardas calibre 12.

Os tenentes disseram, inicialmente, que adquiriram as armas para defesa pessoal, em função de ameaças sofridas no estado carioca.

Os três portavam a Identidade Militar, a qual foi confirmada junto à Marinha, por meio do “Contra-Almirante”, Barros Cputinho, do 6º Distrito Naval de Ladário. Houve contato com a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados que providenciou um Oficial do Exército Brasileiro para acompanhar o flagrante.

Presos foram conduzidos para a Delegacia da Polícia Federal de Dourados. O trio foi enquadrado por tráfico internacional de arma de fogo e associação criminosa.

Relação do material apreendido:

– 02 (duas) Espingardas cal. 12, número de série raspado, marca BOITO.
– 03 (três) Pistola 9mm, número de série rapasda, marca Glock.
– 08 carregadores de Pistola cal. 9mm.
– 260 munições cal. 12
– 100 munições cal .40 Winchester.
– 900 munições cal. 9mm.
– 02 coldre para pistola.
– 01 case para arma longa.
– 01 bandoleira.
– 02 placas balísticas para colete.
– 04 acessórios para cal. 12

 

Fonte: Midiamax

7 Comments

  1. Pingback: Três tenentes da Marinha do Brasil são presos em MS por tráfico internacional de armas | DFNS.net em Português

  2. JOJO says:

    Que oficiais militares brasileiros agora traficam armas nao me surpreende. Eles fazen cursos que sao ministrados por outros oficiais militares muito dos quais sao treinados em colegios militares norte americano. Ora nos EUA uma das funcoes basicas dos oficiais militars e traficarem armas e narcoticos em associacao com o crime organizado, as Mafias. Como se diz que tudo que em bom para os EUA e bom para o Brasil, e brasileiros gostam de imitar o que os gringos fazem essa moda d oficial militar traficar armas entrou no Brasil tambem. E ainda que nao li nada a respeito nao me surprendera tambem se um dia um oficial militar for apreendido traficando narcotico. Uma coisa estou seguro esses traficantes das favelas possuem armas muito dificil de ser compradas em lojas. Eles so podem consegui-las atraves de militares, e eu creio que nao e de soldados.

  3. diego says:

    É por isso que a MB tá na pindaiba que esta, não tem um oficial que leva a instituição e o Brasil a serio, só interesse pessoal em qualquer situação. Se reduzirem o contingente da MB em 50% ainda sobraria destro dos 50% restantes 2/3 que são pagos para fazerem NADA!

  4. joao terba says:

    Muitos militares que são treinado deixam as forças armadas para o mundo do crime,é uma pena.

    • jose luiz esposito says:

      Vão dizer que ganham pouco etc, primeiro sabiam de seus vencimentos , e depois no Brasil somente ganha pouco o Trabalhador , esta que produz e paga impostos para os demais , que preferem a Vagabundagem e o ganho fácil , deveriam ter seus nomes publicados condenados em dobro da pena , nunca mais poder ter um cargo público e ou eletivo , etc e tendo algum bem , o ter em arresto !!

  5. Fennek says:

    Nunca foram militares, mas sim bandidos infiltrados pelo tráfico, nunca tiveram a intenção de servir e proteger, apenas de roubar e traficar.

    • jose luiz esposito says:

      Lembram daquele militar da Força Aérea , parece se não me engano Cel Ladino , ou coisa parecida e outro , que também traficava em Aviões da Fab para o Exterior !

shared on wplocker.com