Defesa & Geopolítica

Rússia: EUA estão fornecendo cobertura para o Daesh (Estado Islâmico) na Síria

Posted by

Ministro da Defesa da Rússia Sergei Shoigu.  FotoREUTERS / Dondi Tawatao

Os Estados Unidos estão fornecendo cobertura para unidades do Estado Islâmico na Síria e apenas fingindo combater o terrorismo no Oriente Médio, disse o Ministério de Defesa da Rússia, nesta terça-feira.

O ministério disse que a Força Aérea norte-americana tentou impedir ataques da Rússia contra militantes do Estado Islâmico nas redondezas da cidade síria de Albu Kamal.

“Esses fatos são evidências conclusivas de que os Estados Unidos, embora simulando uma luta inflexível contra o terrorismo internacional para a comunidade global, na realidade fornecem cobertura para unidades do Estado Islâmico”, disse o Ministério de Defesa.

Reportagem de Denis Pinchuk

Fonte: Reuters

Edição: Plano Brasil

EUA combaterão Estado Islâmico na Síria “enquanto eles quiserem lutar”, diz Mattis

Foto: Reuters – Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis

O Exército norte-americano irá combater o Estado Islâmico na Síria “enquanto eles quiserem lutar”, disse o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis, na segunda-feira, descrevendo um papel de longo prazo para os soldados dos EUA, previsto para muito depois que os insurgentes perderem todos os territórios que controlam.

No momento em que forças apoiadas pelos EUA e pela Rússia lutam para retomar os terrenos restantes sob controle do Estado Islâmico, Mattis disse que o objetivo de longo prazo do Exército norte-americano será impedir o retorno de um “Estado Islâmico 2.0”.

“O inimigo ainda não declarou que eles terminaram com a área, então nós continuaremos lutando enquanto eles quiserem lutar”, disse Mattis, falando com repórteres no Pentágono sobre o futuro das operações dos EUA na Síria.

O secretário também destacou a importância de esforços de paz a longo prazo, sugerindo que as forças norte-americanas visam ajudar a estabelecer condições de uma solução diplomática na Síria, que enfrenta agora seu sétimo ano de guerra civil.

Reportagem de Phil Stewart

Fonte: Reuters

 

 

shared on wplocker.com