Defesa & Geopolítica

Líbia 6 anos depois de Muammar Abu Minyar al-Gaddafi

Posted by

Muammar Kadhafi foi morto em 20 de outubro de 2011. Ele tinha liderado a Líbia durante 42 anos. Depois da sua morte, a “jamahiriya” (Estado das massas) cessou de existir e o país ficou dividido.
O quadro observado em 2017 representa os vários grupos armados em constante confrontação.

Fonte: Sputnik

O que “matou” Kadhafi

22 Comments

  1. Pingback: Líbia 6 anos depois de Muammar Abu Minyar al-Gaddafi | DFNS.net em Português

  2. west says:

    era uma vez um povo que foi unido por um bravo homem e esse mesmo povo
    o matou seu grande lidera que era o Gaddafi
    esse homem conseguiu unir as tribos da Líbia e levar aquela população ao verdadeiro avanço,na líbia quase todo mundo tinha casa boa própria,hoje resta escombros …
    hoje cidadãos da Líbia se arrepende do seus atos feito por mando de obama, hilary e aquela presidenta alemã merkel

    • A Máquina Troll says:

      agora só falta levarem a liberdade e a democracia ao regime da Coreia do Norte né West… 😀

  3. M. Silva says:

    Esses são resultados do fariseu Obama “paz e amor” e sua secretária Hillary “Hittlery” Clinton, os queridinhos da imprensa mundial, criadores e apoiadores de todas as guerras e golpes na região.

    O negócio é desestabilizar países e dar chance para oportunistas radicais tomarem o poder e serem marionetes da criação de mais uma guerra mundial no Oriente Médio a fim de alavancar a “nova ordem mundial” de uma vez por todas (e enriquecer muitos banqueiros e fornecedores de qualquer coisa).

    A guerra é um negócio lucrativo, menos para as pessoas comuns, que perdem tudo, até a própria vida..

  4. S-88 says:

    Kadafi era um ser desprezível, o criminoso por trás do massacre de Munique e do atentado contra o vôo da Pan Am que caiu em Lockerbie. Ainda assim valia mais vivo que morto.

    • Claudiney says:

      É triste S-88, mas sua conclusão é absolutamente correta.

    • tomcat37 says:

      Tenho que concordar viu S-88, e o mesmo digo do Sadan cujas armas químicas espero até hoje ver aparecer.
      A arte imita a vida e não por acaso Hollywood sempre mete o dedo na cara da CIA e governo americano os acusando de destituir governos e tal só pra alimentar sua ambições, o que é a mais pura verdade e outros países tbm fazem o mesmo ,cada um de acordo com seus interesses e o povo local é que sofre,morre e fica marcado ad eternum conforme o gráfico acima muito bem nos mostra. Se fossem salvadores do povo “oprimido” então ajudariam na reconstrução de tudo aquilo que destruíram uai.

    • A Máquina Troll says:

      “Ver o troll respondendo a si mesmo: não tem preço. Para todo o resto existe Mastercard”

      Cesar A. Ferreira 😀

    • LUCENA says:

      Depois que mataram o cara ..já é tarde de mais né hipocrisia ?

      • LUCENA says:

        (…) o criminoso por trás do massacre de Munique e do atentado contra o vôo da Pan Am que caiu em Lockerbie. (…)
        .
        .
        Só lembrando a hipocrisia … que o falecido era ajudante do tito Sam, quando o mesmo… permitia que a CIA fizesse “interrogatório” em solo líbio… tinha até um jatinho abastecido para a CIA doado” pelo coitado do falecido ..rsrsr
        .
        Deve ser por isso que tem certos sujeitinhos ..rsrs .. que só se lembra que o falecido fora útil .. quando se lembra de certas “bondades” dele .. não é mesmo hipocrisia .

  5. Kadafi era o melhor governante da África.
    Os líbios estão que nem os brasileiros estão hoje: “descobrindo” que eram felizes e não sabiam.

    • S-88 says:

      Não é à toa que você tem problemas com as mulheres afinal você fala muita besteira! Kadafi era mais um ditador que praticava o populismo ao mesmo tempo que enriquecia às custas das riquezas que pertenciam ao povo líbio. Para piorar ainda usou os recursos do povo líbio para armar e financiar terroristas ao redor do mundo. Quanto aos brasileiros, se eram felizes e não sabiam certamente não foi por mérito da OrCrim do ABC pois essa nada fez pelo Estado Brasileiro a não ser saqueá-lo, ainda que hajam incautos que venham aqui dizer que “cúm u Lula passei a cumê picanha”

  6. jose ricardo n de azeredo says:

    A estratégia norte americana e clara, antes investiam bilhões de dólares para derrubar os governos com seus próprios soldados e aliados, agora arma diferentes atores nos estados que quer derrubar. Afeganistão/Iraque/Líbia a primavera árabe serve para enfraquecer os regimes contrários a política americana. A Síria só não caiu porque a Russia não deixou. Americanos agora investem na Coréia do Norte e na Ucrânia. Mas a liberdade dos Catalães não os interesse pois está afastada da Russia. É da Russia e da China que querem aproximar seu poderia bélico.

  7. Satyricon says:

    Não, isso já é demais!
    O pessoal que vangloria essa figura parece achar que ele era um estadista. Não era. Se esquecem que Kadafi era uma figura sanguinária terrível, que faz Bashar All Assad parecer um garoto de escola. No começo de seu governo adotou a causa palestina e outras do mundo árabe, e passou a fomentar o terrorismo. Foi um dos maiores patrocinadores de grupos terroristas na década de 80. Tem em suas mãos o sangue de incontáveis inocentes, de ataques perpetrados por todo o mundo. Após Lokkerbie, tomou uma série de bombardeios americanos na cabeça e sofreu sanções pesadas. Viu que o buraco era mais embaixo e tentou amenizar. Desde então, se afastou dos grupos radicais e passou a focar na arena interna. Realmente melhorou a vida dos Líbios e, no fim da sua vida, focava na infraestrutura do país. Estradas, portos, aeroportos foram construídos. Mas seu passado de apoiador do terrorismo não se apaga.
    Seu grande mérito foi pacificar o povo Líbio, e suas inúmeras tribos, mas não pensem vocês que isso foi feito com muita conversa.Foi feito com muita brutalidade, assassinatos seletivos, tortura e desrespeito pelos direito humanos.
    Era o home mais rico da África, de tão corrupto, posto este que passou a José Eduardo do Santos, de Angola, com a morte de Kadafi. Nada acontecia na Líbia, sem que ele recebesse sua cota (ou beirada, como queiram).
    Negava a existência do estado israelense com veemência, e dizia que, se pudesse, os empurraria esse povo de volta para o mar. Tem uma passagem que gostaria de compartilhar com os demais, para exemplificar isso:
    Um colega trabalhou durante um tempo na expansão do aeroporto de Tripoli. Como o álcool é proibido, todas as bagagens estrangeiras são vistoriadas. Se encontram uma agenda, o vistoriador ia direto às páginas dos mapas, pegava uma caneta e rabiscava o nome de Israel, escrevendo por cima “Palestina Ocupada” em árabe. Não era permitida nenhuma citação ao nome de Israel, seja em roupas, papéis, nada.

  8. SS-88 .. você que critica o governo do Kadaff por patrocinar o terrorismo ..me diga então .. o quê você acha do governo dos EUA que investe no Estado Islâmico que atua na Síria ? .. >:)

  9. PÉ DE CÃO says:

    kadafi tem uns discursos na onu que vale a pena ouvir , tomara que o filho dele volte a unir a libia e essa fique forte com o apoio russo , pois o obama destriiu a libia fez a primavera arabe atacou a siria , fez nascer o daesch deu um golpe politico judicial no brasil
    nos estados unidos negros morreram apenas por estarem dirigindo um carro ou andando na rua , resumindo esse obama e um fantoche de primeira para a CiA americana

    • S-88 says:

      Ainda nesse papo de “gópi”? É isso que dá não conhecer o “livrinho”, fica passando vergonha…😉

      • LUCENA says:

        Esse livrinho que você tanto fala … deve ser o manual dos picaretas e corruptos, como se faz para comprando deputados e derrubar um presidente eleito democraticamente … ou …. a constituição dos golpistas onde tem lá um código que diz : ” é o dever e ônus de todo o acusado, provar que é inocente”

      • S-88 says:

        Falo da Constituição mesmo, aquele “livrinho” que vocês devotos da OrCrim do ABC olham tal como um burro olha para o palácio….rs!

    • S-88 says:

      Descobriu-se agora o depósito de tanta besteira…😉

shared on wplocker.com