Defesa & Geopolítica

Russos denunciam estranha relação entre Forças Especiais Americanas e combatentes do ISIS nas Proximidades de Deir-Ez Zor

Posted by

Informações Rustam- Tradução e adaptação- E.M.Pinto


Imagens de satélites da inteligência russas obtidas em regiões sobre o controle de terroristas do auto proclamado “Estado Islâmico” ao norte da cidade de Deyr-ez-Zor comprovam, segundo os russos, a estreita cooperação entre o ISIS e as forças militares do s Estados Unidos.

Semanas atrás, jornais locais e mesmo agências de notícias russas haviam relatado que forças especiais americanas haviam incursionado em território Sírio com a missão de evacuar militantes de alta patente do Estado Islâmico do inevitável extermínio promovido pela aviação russa e a tomada de posições das forças do Exército Árabe da Síria.

Clique para Ler
Por que razão os EUA evacuaram chefes do Daesh de Deir ez-Zor?

Diferentemente de outros eventos onde a mídia foi o meio pelo qual as acusações de conivência e apoio aos terroristas atribuídas às Forças Americanas foi vinculada, desta e, pela primeira vez, as acusações foram feitas diretamente pelo próprio Ministério da Defesa Russo.

A denúncia veio na forma de imagens  alegadamente atribuídas às unidades das Forças Especiais dos EUA, que segundo a inteligência russa, comandavam um comboio o qual trafegou sem serem incomodados pelos militantes do ISIS em regiões controladas pelos terroristas.

Em nota, o Ministério da Defesa da Rússia publicou na sua conta no Facebook, fotos aéreas de posições do ISIS nas proximidades  da cidade de Deir Ez-Zor, onde segundo o Ministério da Defesa, são encontrados um desconcertante volume de veículos militares americanos empregues pelas forças especiais do Exército dos Estados Unidos.

“Fotografias aéreas captadas entre 8 e 12 de setembro de 2017, nas proximidades das posições do ISIS, foi detectado um grande número de veículos blindados norte-americanos Hummer que estão em serviço das forças especiais dos EUA”,

 

As fotos indicam  claramente o posicionamento das forças especiais dos EUA em pontos estratégicos os quais poucas horas antes eram ocupadas pelos terroristas, entretanto, os Russos alertam para o fato de não haver sequer vestígios de ataques ou confrontos nas posições ocupadas, nem mesmo,  confrontos com os terroristas ou crateras provocadas por ataques aéreos realizados pela coalizão internacional liderada pelos EUA.De acordo com o Ministério da Defesa Russo, as tropas das Forças Democráticas da Síria (FDS), controladas pelos EUA, estão avançando com apoio das forças especiais norte-americanas e sem oposição por parte do ISIS ao longo da margem esquerda do rio Eufrates em direção a Deir ez-Zor.

Hoje, o vale do rio Eufrates é a única grande zona controlada parcialmente pelo ISIS. Nos últimos dias, os militares do Exército Árabe da Síria, com o apoio das Forças Aeroespaciais Russas, imprimiram uma sufocante derrota ao ISIS libertando vastas regiões que estavam sob o seu controle.

Com  rompimento do cerco ao ISIS em Deir ez-Zor o qual durava mais de três anos, as forças Sírias retomaram não somente territórios ocupados pelos terroristas, mas também importantes e estratégicas regiões para o o controle do território da nação Árabe, fustigada pela guerra civil.

Algumas fontes da mídia internacional questionaram a acusação de que as  forças e veículos registradas nas imagens realmente pertencerem aos EUA.

Para tal, algumas fontes atestam que muito hardware americano foi parar nas mãos de rebeldes sírios e do próprio ISIS especialmente após a tomada de Mossul no Iraque e de outras unidades do Exército Iraquiano que se renderam sem resistência  no ato da criação do autointitulado “Califado” e em eventos que se seguiram. Entretanto, especialistas do Ministério da Defesa refutam a hipótese das imagens serem atribuídas aos rebeldes, em função do tipo de veículos registrado, bem como, dos padrões de movimentação e posicionamento de tropas, alegadamente incomuns a qualquer procedimento levado pelos terroristas e rebeldes até então.

A progressão em solo e ocupação de posições segue os padrões empregados por Forças Especiais Americanas já registradas em outros eventos. Segundo o MD Russo, esta alegação é incontestável, sendo o único evento a causar “estranheza” o fato de não haver resistência por parte dos combatentes do ISIS.

O conteúdo deste artigo é de total responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do site.

 

84 Comments

shared on wplocker.com