Defesa & Geopolítica

Imagem dos EUA piorou após eleição de Trump

Posted by

Comunidade internacional tem pouca confiança na política externa do presidente americano. Estudo também mostra queda acentuada no índice de favorabilidade a Washington em comparação com gestão de Obama.

No Brasil, apenas 14% disseram confiar em Trump

A imagem dos Estados Unidos está em declínio acentuado em todo o mundo desde a posse do presidente do país, Donald Trump, indica uma pesquisa realizada pelo Pew Research Center e divulgada nesta terça-feira (27/06).

A análise, que abrangeu 37 países, aponta que os índices de favorabilidade aos EUA caíram para 49% em apenas cinco meses da gestão presidencial do magnata nova-iorquino. Ao final dos oito anos de governo de seu antecessor, Barack Obama, 64% viam os EUA de maneira favorável.

Além disso, apenas 22% dos entrevistados afirmaram que confiam em Trump para fazer a coisa certa quando se trata de política internacional – em comparação, Obama obteve 64% ao final de seu governo.

Os dois únicos países nos quais as avaliações melhoraram para Trump em relação a Obama foram a Rússia, onde a confiança no presidente americano subiu de 11% para 53%, e Israel, que registrou um crescimento de sete pontos percentuais para a marca de 56%.

Arrogante, intolerante, perigoso?

Embora 55% das 40.447 pessoas entrevistadas tenham concordado com a descrição de Trump como um “líder forte”, os resultados para outras definições de personalidade foram mais altos, incluindo “arrogante” (75%), “intolerante” (65%) e “perigoso” (62%).

Alguns dos maiores declínios de confiança no presidente dos EUA vieram entre aliados mais próximos e vizinhos. Na Alemanha, o índice de favorabilidade aos EUA atingiram 35% – 22 pontos percentuais a menos em comparação com o fim da gestão Obama.

No México, menos de um terço dos entrevistados têm uma visão positiva dos EUA, enquanto a confiança em Trump é de apenas 5%.

No Brasil, apenas 14% dizem confiar e Trump, enquanto 75% não têm confiança no presidente americano.

Os principais projetos políticos de Trump também receberam forte rejeição mundo afora. Dos entrevistados, a maioria é contra a saída dos EUA do Acordo de Paris (71%) e de acordos comerciais (72%) e contra a proibição de entrada nos Estados Unidos de pessoas oriundas de certos países muçulmanos (62%). Quanto ao acordo nuclear com o Irã, o quadro é misto: enquanto 49% são contra uma retirada americana, 34% dos entrevistados saudariam a medida.

Tanto o presidente da Rússia, Vladimir Putin, quanto seu homólogo da China, Xi Jinping, alcançaram resultados melhores do que Trump, com índices de confiança de 27% e 28%, respectivamente. Dos quatro líderes abordados na pesquisa de opinião, a chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, obteve números levemente superiores aos dos colegas em Washington, Moscou e Pequim, embora menos da metade dos participantes (42%) tenha expressado confiança nela.

Fonte: DW

 

 

7 Comments

shared on wplocker.com