Categories
Conflitos Defesa Estado Islãmico Geopolítica Geopolitica Inteligência Navios Patrulheiros Rússia Síria Sistemas de Armas Sistemas Navais Terrorismo

De volta à costa síria: Almirante Grigorovich terá tarefas militares muito sérias

A fragata de mísseis Admiral Grigorovich acabou de zarpar do porto de Sevastopol rumo ao Mediterrâneo, onde fará parte do agrupamento naval russo.

Anteriormente, a Almirante Grigorovich já atuou na zona naval distante como parte do grupo naval russo junto à costa da Síria.Segundo um interlocutor da Sputnik, na terça-feira (28) a fragata irá atravessar o Estreito do Bósforo. Em entrevista ao serviço russo da rádio Sputnik, Viktor Baranets, especialista em questões militares, destacou que o navio é capaz de solucionar um grande leque de tarefas perto da costa síria.

“O navio vai desempenhar funções de patrulhamento, será o maior protetor do nosso agrupamento naval no Mediterrâneo”, destaca Baranets.

Fragata russa Admiral Grigorovich durante missão

Fragata russa Admiral Grigorovich se aproxima da costa da SíriaSegundo ele, o navio continuará sendo usado para efetuar ataques contra alvos do inimigo.

“Não descarto a possibilidade de que sejam realizados disparos contra posições de militantes perto de Palmira“, assinala.

“Penso que o Admiral Grigorovich terá uma grande sobrecarga militar. Tanto mais que a guerra já está passando para uma outra etapa – o exército sírio já se aproximou de Palmira, esta será uma batalha séria contra os terroristas”, destacou o especialista russo.

Ao mesmo tempo Baranets explica que o agrupamento russo vai agir com muito cuidado:

“Os nossos veículos aéreos não tripulados e aviões de reconhecimento verificam os alvos minuciosamente”, assinala.

O especialista espera que a densidade de disparos apontados com mísseis aumente.

“A chegada da Almirante Grigorovich ao Mediterrâneo é um teste a todos os seus sistemas de armamento”, conclui.

A fragata Admiral Grigorovich é uma fragata de patrulha do project 11356 que possui deslocamento de quatro mil toneladas, pode alcançar uma velocidade de até 30 nós e navegar durante 30 dias. Como armamento o navio dispõe de mísseis de cruzeiro Kalibr-NK, sistema de autodefesa Shtil-1, sistema de artilharia A-190, torpedos e pode levar a bordo um helicóptero Ka-27.

Fonte: Sputinik