Defesa & Geopolítica

“Rússia não tem pressa para adquirir o caça de 5ª Geração T- 50 PAK FA”

Posted by

Segundo declarações do Vice-ministro da Defesa da Rússia, Yuri Borisov, as entregas do caça de 5ª Geração T-50 (PAK FA) para as VKS  poderão ocorrer apenas após 2018.

 “Este será provavelmente o próximo programa de armamento do estado, ou seja, 2018-2025”, disse ele em resposta a uma pergunta sobre o possível calendário de entrega do caça da quinta.

Segundo Borisov é necessário primeiro concluir os testes do avião de combate e para isso,

“Não estamos com pressa… Atualmente os caças SU 35S, SU30 M2 e demais componentes do inventário da VKS e Marinha Russa cumprem as exigências das Forças Armadas, não há necessidade de gastar dinheiro na compra de hardware militar caro…Estamos realizando uma avaliação operacional e comprado lotes limitados.Vemos como eles vão operar na prática.Estamos agora revelando todas as desvantagens e fazendo mudanças para garantir que nós compremos produtos comprovadamente eficientes….” disse ele.

O PAK FA é a promessa de sustentação do poder aéreo Russo para as décadas de 20-e 30 deste século e as declarações de Yuri Borisov podem levar a diversas conotações como por exemplo, problemas no desenvolvimento da aeronave, mas também indicam mudanças tanto estratégicas quanto administrativas no governo Russo, muitas delas movidas talvez por uma visão pragmática ou mesmo por adequação à realidade tática e econômica.

O fato dos caças mais modernos como SU 35, SU 30 SM e SU 30M2  estarem em plena marcha de incorporação e seguidas do MIG 35 que entrará em produção a  custos de aquisição e operação muito mais atrativos, dão fôlego ao desenvolvimento mais acertado do programa PAK FA sem a pressa  uma vez que o programa carece de mais tempo de maturação.

Por outro lado, o conflito sírio trouxe ao mundo uma nova visão de gestão da Defesa por parte da administração russa, que agora se pauta em resultados reais da eficiência de suas armas em teatros operacionais. Basicamente cerca de novas 160 armas russas foram avaliadas no teatro Sírio e nas declarações do próprio ministério da defesa russo, nem todas tiveram o resultado esperado, como resposta, alterações e adequações de muitos projetos estão em curso de modo a torná-los de fato efetivos.

Mudanças doutrinárias, emprego e atualizações são previstas para muitos programas e o projeto PAK FA pode ter entrado no grupo de sistemas que precisam “Mostrar”  seus efetivos valores para que possam seguir adiante.

7 Comments

shared on wplocker.com