Defesa & Geopolítica

O Governo radical dos EUA à imagem e semelhança de Donald Trump

Posted by

Donald J. Trump, presidente eleito dos Estados Unidos, está formando seu Governo. Os nomes anunciados desde sua eleição presidencial são tão radicais como suas propostas eleitorais: negacionistas da mudança climática, opositores da educação pública e inimigos declarados do Islã, por exemplo.

James Mattis | O “cachorro louco” no comando do Pentágono

James Mattis, em 2010. MIKE BLAKE – REUTERS

O general reformado James Mattis tem duas faces que refletem seus apelidos. É chamado de cachorro louco por sua estratégia agressiva no campo de batalha, e também o monge guerreiro por sua atitude reflexiva e bagagem intelectual.

Mike Pompeo | Um inimigo de Hillary Clinton à frente da CIA

Mike Pompeo, em 5 de dezembro. ALEX WONG – AFP

Mike Pompeo, de 52 anos, é congressista republicano por Kansas. O candidato do presidente eleito Donald Trump para dirigir a agência central de inteligência norte-americana (CIA) chegou ao Congresso em 2010 com o apoio do movimento ultraconservador Tea Party, do qual é membro.

Mike Flynn | Um islamofóbico como conselheiro de Segurança Nacional

Mike Flynn, em 17 de novembro. CAROLYN KASTER – AP

Entre as muitas semelhanças entre Michael Flynn e Donald Trump, três se destacam: retórica islamofóbica, afinidade com a Rússia e repúdio visceral a Hillary Clinton.

Jeff Sessions | Promotor geral com passado racista

Jeff Sessions, em 19 de novembro. MARK WILSON – AFP

Jeff Sessions é o senador de Alabama cuja nomeação a um cargo de juiz federal foi bloqueada por seus comentários racistas. Isso aconteceu em 1986 e foi uma das duas únicas vezes em quase cinco décadas em que um presidente, Ronald Reagan, não conseguiu levar adiante a nomeação de um magistrado a nível federal.

Scott Pruitt | Negacionista da mudança climática à frente do Meio ambiente

Scott Pruitt, em 7 de dezembro na Trump Tower. BRENDAN MCDERMID – REUTERS

É um veterano promotor de Oklahoma que não acredita na contribuição do homem à mudança climática e que se dedicou nos últimos anos a bloquear nos tribunais as regulamentações de Barack Obama para lutar contra o aquecimento global.

Steven Mnuchin | Um peso pesado de Wall Street como secretário do Tesouro

Steven Mnuchin, no dia 8 de dezembro. BRENDAN SMIALOWSKI – AFP

Mnuchin adiantou que não ocorrerão diminuições de impostos para os ricos, mas uma diminuição importante para a classe média, e que mudará a reforma financeira de Obama.

Andrew Puzder | Um empresário do ‘fast food’ para a pasta de emprego

Andrew Puzder, em foto de arquivo. FRED PROUSER – REUTERS

Puzder, de 66 anos, é um grande defensor da desregulamentação trabalhista e crítico da reforma do seguro de saúde. O empresário foi um fervoroso opositor ao aumento do salário mínimo até os 15 dólares (50 reais) – nos EUA o salário mínimo é calculado por hora de trabalho – a nível federal, como alguns Estados e cidades do país estão fazendo.

Wilbur Ross | Investidor e secretário de Comércio

Wilbur Ross, no dia 29 de novembro de 2016. LUCAS JACKSON – REUTERS

Wilbur Ross tem 78 anos e uma longa carreira como investidor em ativos em crise que reestrutura e vende, o que lhe outorga a categoria de tubarão de um ponto de vista, e de reformador de empresas em crise, de outro.

Tom Price | Secretário de Saúde para anular o legado de Obama

Tom Price. MICHAEL REYNOLDS – EFE

Médico aposentado de 62 anos e contrário ao aborto, Price foi representante da Geórgia em seis legislaturas e propôs alternativas concretas ao chamado Obamacare: denuncia que interfere na habilidade de se tomar decisões médicas e propõe a manutenção de um sistema de ajudas fiscais para a compra de seguros.

Betsy DeVos | Defensora da escola particular e secretária de Educação

Betsy DeVos. JIM LO SCALZO – EFE

A escolhida pelo presidente eleito Donald Trump para secretária de Educação é uma das principais ativistas para a implantação de um modelo que dá total liberdade aos pais para decidir onde estudarão seus filhos.

Ben Carson | Contrário a programas sociais responsável pela política de habitação

Nos últimos anos ele se transformou em uma celebridade do universo conservador com suas receitas em livros e eventos sobre a responsabilidade individual, com críticas aos subsídios a minorias raciais.

Linda McMahon | Da luta livre à diretora de Administração de Pequenas Empresas

McMahon e seu marido são os fundadores da empresa World Wrestling Entertainment (WWE), um negócio de sucesso centrado na organização e divulgação de programas de luta livre em escala global.

Edição: konner@planobrazil.com

Fonte: El País

 

 

21 Comments

shared on wplocker.com