Categories
Conflitos Conflitos e Historia Militar Defesa Destaques Economia Estados Unidos Geopolítica História Opinião Rússia

O que impediu a União Soviética de ganhar a Guerra Fria?

O final da Guerra Fria não estava predeterminado: cada nova etapa de confrontação bipolar poderia ter tido um outro resultado, opina o observador da The National Interest, Robert Farley.

O jornalista propõe analisar a Guerra Fria através do prisma das perspectivas estratégicas tanto dos EUA como da URSS, tomando em consideração as diferenças entre a construção arquitetônica de ambos os “sistemas”.

“Até aos anos oitenta havia muitas pessoas no Ocidente que acreditavam na inevitabilidade da vitória dos Sovietes [ou seja, da União Soviética]”, afirma Farley, adiantando que há explicação para este fenômeno.

Segundo diz o analista, a economia de mercado e a concorrência não teriam funcionado em situação de mobilização militar, e a prova disso é o legado da Segunda Guerra Mundial. Ao mesmo tempo, o sistema econômico de economia planejada “funcionou bastante bem durante a época militar”, diz Farley na The National Interest.

O autor está convencido de que na década de 60 existia o risco de um colapso total da sociedade norte-americana. A Guerra do Vietnã, o aumento dos protestos sociais e o perigo permanente de guerra nuclear colocaram os EUA à beira da destruição. Naquele momento, as expetativas dos estrategistas soviéticos estavam prestes a ser realizadas, mas o sistema social e econômico dos EUA conseguiu provar sua alta resistência ao estresse, diz-se no artigo.

Farley considera que o Ocidente venceu devido às falhas estratégicas da chefia soviética.

“Se a URSS tivesse se comportado de modo mais agressivo na primeira década após a OTAN ter sido criada, ela bem poderia ter derrotado a Aliança”, opina o autor. Com isso, ele acredita que “a ofensiva das tropas soviéticas na Europa Ocidental nos anos 50 poderia com grande probabilidade ter sido bem-sucedida”.

Além disso, o observador chama a atenção dos leitores às medidas atrasadas de liberalização econômica. A União Soviética deveria ter seguido o caminho da China comunista ainda antes da “própria China”, afirma o autor.

O final da Guerra Fria não estava predefinido, mas a falta da “intuição” estratégica da elite política da URSS pregaram uma partida à superpotência, concluiu Robert Farley.

Foto: © Sputnik/ Vyacheslav Runov

Edição: konner@planobrazil.com

Fonte: Sputnik News

 

 

6 replies on “O que impediu a União Soviética de ganhar a Guerra Fria?”

César Pereirasays:

O que impediu a União Soviética de ganhar a Guerra Fria, foi não ter criado condições
de bem estar social para seus habitantes,é QUASE o mesmo que acontece aqui no BRASIL, nosso país não da certo porque é constantemente sabotado por uma elite que quer ter tudo impedindo o bem estar social social do povo negando lhe a liberdade social !

A lista é grande, mas vamos lá:

1º Todo mundo junto e misturado: no final da era soviética, até os Russos queriam a sua própria ‘independência’.
2º Economia centralizada e ditada por quem não produz nada e claro, não entende nada de economia (diga-se estado).
3º Falta de liberdade de expressão; opressão dos direitos individuais; ainda na década de 70 havia trabalho escravo nos famosos Gulags.
4º Inovação e criatividade tecnológica ditada por quem não entende nada disso (diga-se estado).
5º Gastos exorbitantes em programas caros que não agregariam nada à URSS.
6º Burocracia mastodôntica vinculada a um sistema estratosférico de corrupção.
7º Toda a URSS submetida aos caprichos de um escritório malévolo e demoníaco (KGB) que hoje vive sob o nome de FSB e que é o pai do projeto Eurasiano (a versão ‘Globalistas Ocidentais’ lá do outro lado do oceano) e também, dono do Foro de São Paulo (Cuba é o seu ‘escritório avançado’).
8º (…)

Sds.

Um fator só: ARTIFICIALISMO. Tudo era manipulado pelo estado leviatã. Até a felicidade do povo era “estatisticamente” mensurado. rsrsrrssrsrsrsrsss. Como podia dar certo uma coisa dessas?! Isso é desdenhar do conhecimento que se tem da natureza humana. TOTALITARISMO NUNCA DARÁ CERTO, seja em que forma se apresente.

Renato de Mello Machadosays:

Olho através de uma lupa, procurando essa tal de elite quê tanto falam.O povo brasileiro com uma certa maturidade tentou mudar o modelo.Deram o mandato ao PT, e o quê foi feito? Nada só desmantelaram tudo, com as mesmas práticas de ex presidentes demonizados por eles, na subida ao poder.O Temer é fruto dessa política desastrosa, e ainda temos de aguentar esse homem no poder pelos erros cometidos. E não foi mais longe para o nosso bem, pois teríamos os mesmos problemas listados pelo colega WARPATH,em seu comentário.O povo é quem elege, para o bem ou para o mal.

Hã a URSS perdeu guerra fria?como assim,o mundo sabe disso?

O que é URSS mesmo? Fazem tantos anos que desapareceram do mapa que até já me esqueci. 🙂

Comments are closed.