Defesa & Geopolítica

ADSUMUS: Fuzileiros Navais são agraciados com a medalha “Sangue do Brasil”

Posted by
01122016-3a

Capitão-Tenente (FN) Thiago Zaniboni Lessa recebendo a medalha

No dia 18 de novembro, foi realizada, no Salão Nobre do Palácio Duque de Caxias, a cerimônia de imposição da medalha “Sangue do Brasil”, presidida pelo Comandante Militar do Leste General de Exército Walter Souza Braga Netto.

Esta medalha foi criada por intermédio do Decreto-Lei nº 7.709, de 5 de julho de 1945, com a finalidade de agraciar os Oficiais, Praças, assemelhados e civis destacados para o Teatro de Operações, e que tenham sido feridos em consequência de ação objetiva do inimigo.

Soldado (FN) Luiz Romário Anacleto de Araújo recebendo a medalha

Soldado (FN) Luiz Romário Anacleto de Araújo recebendo a medalha

Com isso, por terem sidos feridos durante a operação de pacificação no Complexo da Maré – Operação São Francisco, os seguintes militares foram agraciados:

Capitão-Tenente (FN) Thiago Zaniboni Lessa (CIASC);

Cabo (FN-IF) Edivaldo Hungaro (2º BtlInfFuzNav); e

Soldado (FN) Luiz Romário Anacleto de Araújo (1º BtlInfFuzNav).

Cabo (FN-IF) Edivaldo Hungaro recebendo a medalha

Cabo (FN-IF) Edivaldo Hungaro recebendo a medalha

Fonte:MB

One Comment

shared on wplocker.com