Defesa & Geopolítica

“O ambiente está contaminado por notícias falsas”

Posted by

Terminada a contagem das cédulas eleitorais da eleição de 8 de Novembro nos Estados Unidos, uma incômoda pergunta surgiu: qual foi o papel dos meios de comunicação na ascensão e vitória de Donald Trump?

Desde o anúncio de sua candidatura em 2015 ficou claro que as manchetes com as frases acima do tom do milionário aumentavam os cliques na Internet, e que seus comícios aumentavam a audiências nas emissoras de televisão. Não por acaso Trump era uma estrela de reality show.

Mas a tensa e ambivalente relação que a mídia manteve com ele durante a campanha não esteve isenta de acidez: alguns jornalistas foram vetados e humilhados, outros que cobriam os comícios eram apontados para receber o escárnio da multidão.

Agora a avaliação de consciência levou muitos, retrospectivamente, a destacarem a prevalência de notícias falsas fabricadas pelos veículos da chamada alt-right (direita alternativa), que têm se difundido sem freio nas redes sociais.

Nos últimos três meses da campanha, as notícias falsas que tiveram maior eco nas redes superaram em muito as informações dos meios de comunicação tradicionais.

Jornalista da revista The New Yorker, ganhador de dois prêmios Pulitzer e autor de Os Bin Laden, uma Família Arabe em um Mundo sem Fronteiras, Steve Coll (Washington, 1958) é diretor da Escola de Jornalismo da Universidade de Columbia.

Na semana passada refletia em seu escritório no sétimo andar sobre o passado recente e o futuro premente que aguarda a imprensa.

 

2 Comments

  1. plinio marcos says:

    Infelizmentente no Brasil essa onda ainda nao chegou com força. As organizaçoes PIG (Partido da Imprensa Golpista) ainda manipulam o país com mentiras e falsas notícias. Esse esgoto das Organizações Globo ainda triunfam, talvez o maior inimigo do Brasil seja esse lixo financiado com capital americano, ruína das nossas famílias e das nossas pessoas. Espero que um dia o povo consiga enxergar isso e se libertar dessa vida de gado. Felizmente a internet chegou para ficar e só tende a expandir-se.

  2. Luis says:

    A mídia glibalista tem que entender que não é e não será o 4° poder moderador e influenciador das sociedades mundo afora. Nem ditaduras como a Chinesa conseguem isso 100%. Pensaram que iriam carregar sua assecla loira até o pedestal e foram derrubados por um azarão correndo por fora que não precisou nem da ajuda do partido contrário. Não entenderam ainda que não se engana as pessoas eternamente. O mesmo erro que o pARtIDO cometeu. As pessoas são latérgicas em sua maioria a responder contra algum mal porque essa é a natureza humana, mas quando resolvem mudar não há o que segure um povo revoltado e maltratado. E digo mais; estão brincando com o povo brasileiro. Qando o povão que acorda as 05:00 da matina resolver cobrar o que é seu, a coisa vai feder e DUVIDO que as FAs irão intervir para massacrar o povo e defender essa corja imunda de delapidadores do patrimônio público. E não pensem que me refiro somente ao legislativo e executivo; o judiciário nacional e mormente o ministério público também tem sua cota de culpa e de apropriação indébita da riqueza nacional que não é empregada em benefício da nação brasileira. Eles que também abram os olhos. Vai sobrar pra todo mundo. O POVO BRASILEIRO NÃO AGUENTA MAIS ser enganado e roubado. QUEM AVISA, AMIGO É.

shared on wplocker.com