Defesa & Geopolítica

Porta-aviões russo “Almirante Kuznetsov” a caminho da Síria

Posted by

Existem atualmente 15 caças Su-33 e MiG-29K/KUB a bordo do porta-aviões, bem como mais de 10 helicópteros Ka-52K, Ka-27 e Ka-31.

Os helicópteros de combate Ka-52K no Almirante Kuznetsov irão testar os novos mísseis guiados antitanque Guermés, com alcance de até 30 quilômetros.

Os MiGs usados nesta operação estão entre os mais modernos caças de geração 4++.

“Apesar de sua aparência externa lembrar a versão terrestre do MiG-29, é um veículo completamente diferente”, segundo o editor-chefe da revista “Vzliot” (Decolar) Andrêi Fomin.

Trata-se assim, de uma máquina multifacetada pra reforçar a defesa aérea das forças navais, bem como atingir alvos terrestres e de superfície com armas guiadas de alta precisão durante o dia e à noite e sob quaisquer condições atmosféricas.

Já o Su-33, vai desempenhar a função de superioridade e controle do espaço aério.

Durante a campanha na Síria, o Su-33 estará armado com bombas de queda livre com um novo sistema de ajuste de disparo, enquanto o MiG-29K/KUB estará equipado com bombas e mísseis com orientação pelo sistema Glonass.

Edição: konner@planobrazil.com

4 Comments

  1. Rprosa says:

    O rebocador de alto mar Nicolay Chiker que acompanha a flotilha do Kuznetsov já esta nas proximidades da ilha de Chipre, devendo chegar as costas da Síria na madrugada do dia 05/11/2016, (http://www.vesseltracking.net/ship/nikolay-chiker-8613334), contra tudo e contra todos o Kuznetsov chegou, agora vamos ver o que ele foi fazer lá, se é apenas um cruzeiro de adestramento, ou se vai juntar esforços para acabar com os terroristas que combatem na Síria.

    • Warpath says:

      Quero ver os MiG’s em ação!

  2. ……………..o grande personagem nessa travessia é o Nae Almirante Kuznetsov….ao contrário do São Paulo tá sadio e viajando muito……recuperemos o Sampa!…….

  3. Warpath says:

    “o Su-33 estará armado com bombas de queda livre com um novo sistema de ajuste de disparo,”

    O fato do Su-33 estar armado com bombas de queda livre poderia indicar um fator ‘econômico’ caso o avião retorne ao navio portando ainda, parte de sua carga e que teria que alijá-la ao mar para pousar?

shared on wplocker.com