Defesa & Geopolítica

China testa com sucesso J 16

Posted by

j-16-2E.M.Pinto

Com informações, China Defence Blog e Peaple.com.cn

Após a revelação das fotos do vôo de teste do novo caça bombardeiro J 16 recentemente realizadas na China, o site Peaple,com envistou o especialista militar chinês Wang Mingliang.

Em sua entrevista Wang, declarou que o J-16 está pronto para entrar em produção em massa e agregar a defesa aérea da nação asiática. Segundo ele, o mais moderno membro da família Flanker que é produzido sob licença, agrega avanços significativos comparativamente as versões chinesas mais antigas como J 11, para ele, o J 16 é um caça bombardeiro completo, que possui capacidade de ataque a qualquer tempo, bem como desempenha a função de caça de superioridade aérea. 

Em sua entrevista Wang afirmou que o J 16 é uma aeronave  semelhante ao  F-15E dos Estados Unidos, mas tem mais possui capacidades superiores como maior poder de fogo,  e melhor sistema de controle de fogo.

Na imagem superior é a presentada uma imagem divulgada pelo China Defence Blog que refere-se ao voo de teste inaugural da aeronave, realizado em 17 de outubro de 2011.

Em sua entrevista Wang relata que alguns especialistas  consideravam o J-16 como um “clone” do caça Russo SU-30 MK, Wang no entanto afirma que há semelhanças pois ambos são projetos derivados do Su-27, porém para ele o  J-16 possui sistemas melhorados como sistemas de armas e gerenciamento de combate e controle de fogo.

Alguns especialistas o comparam as versões mais modernas do modelo Russo, o SU 30 MK2.j-16-1

Para o Wang o J-16 é um excelente complemento para os caças  J-20 na condução de ataque em grande escala em situações em que o J-20 pode obter a supremacia aérea. O mais moderno modelo  da Shenyang Aircraft Co possui capacidades de ataque e defesa satisfatórios, que são ambos necessários para os modernos cenários de combate em transformação. Uma operação de ataque pode exigir capacidades de defesa e vice-versa.

j-16-4

Wang afirma que o J-20 é muito caro e ainda não foi testado em combate real, a China precisa de alguns dos melhores caças de 4,5 geração, como J-16 para completar seus caças de quinta geração J-20 e J-31 ( A china não reconhece a designação 5 G, caças como o J 16 são considerados lá como 3ª geração, uma abaixo dos F 22 4ª para eles).

Ao mesmo tempo em que  o J16 era apresentado para a imprensa no fábrica da Shenyang Aircraft Co (SAC); algumas fontes relataram que cerca de outros 24 caças do modelo já haviam sido construídos e que estavam em compasso de espera como pode ser visto nas duas imagens superiores que apresentam seis caças J 16 no pátio das instalações da  SAC.

10 Comments

  1. sergio luis says:

    Novamente insisto em dizer que se não priorizarmos a educação básica para a futura formação de engenheiros e técnicos altamente capacitados, a longo prazo seremos só importadores de equipamentos de defesa. Eles iniciaram isto em 1990 e agora estão colhendo os frutos. Outra coisa, esta é uma versão dos SU-27, produzida localmente sem assessoria russa, pegaram uma estrutura já existente e adaptaram ao que eles queriam. Os chineses quando não conseguem copiar, eles pedem licença de fabricação, quando não cedem fazem assim mesmo. Apesar de ser moralmente discutível este conceito, eles pensam somente em sua soberania nacional, algo que ninguém discute. Alem de ser uma excelente aeronave ela também é indiscutivelmente bonita.

    • Athos says:

      Os engenheiros estão sendo presos por advogados…
      O cara que inventou o BINA recebeu algum royalties por isso?
      Não existe propriedade intelectual! Faça é venda! Essa é a regra!

    • Melkor says:

      Nossas crianças, futuros engenheiros, perderem 13 anos na deseducação, onde a agenda era enfiar goela a baixo que elas não tinham sexo, que seus pais não eram importantes, e que sexo aos 8 anos era uma coisa boa. Educação mesmo, nada. Repito aqui o que já escrevi há anos. No inicio dos anos 90 um professor contou na sala que ficara imprecionado com o ônibus espacial dos EUA retornando à terra, no início dos anos 80. Ele virou-se para a esposa e disse: “tá vendo aqueles aviõeszinhos escoltando o ônibus espacial? Pois é, daqui a vinte anos o Brasil vai estar fabricando esses aviões. ”
      Uma clara crítica a respeito do atraso do Brasil. Enquanto um enviava naves reutilizáveis ao espaço nós ainda teríamos que esperar 20 anos para fabricarmos algo parecido com os F-5.
      Já se passaram 30 anos, estamos indo para 40, e sem perspectiva.
      Educação não é permitir que meninos usem saia, não é permir celular e drogas nas salas de aula. Os chineses já aprenderam isso há mais de 50 anos.

      • Alessandro says:

        excelente comentário Melkor

        mas sabe oq é interessante, as pessoas q acreditam q uma criança tem q aprender oq é sexo aos 8 anos, a usar um kit gay e outras coisas desnecessárias, são as mesmas q reconhecem q a nossa educação é péssima, exigem algo melhor. Mas não querem abrir mão de DEFENDER com unhas e dentes, tudo isso q citamos como inútil, para não desagradar sua ideologia

        Ae dão a velha desculpa pra se fazerem de desentendidos, q são os imperialistas do norte q estão sabotando nossa educação rsrs..

        A China só chegou nesse nível tecnológico (mesmo q copiando) pq não teve professores e políticos ATRASADOS intelectualmentes como os nossos, arrisco a dizer se eles tivessem, teriam fuzilados todos no paredão.

        A China mesmo sendo comunista, aprendeu e fez sua lição de casa, mas aki no Brasil os nossos comunistas não aprendem nem com macumba !! rss..

      • Warpath says:

        Tragam um MITO para esse troféu (2).

        Perfeito Melkor!

        Sd.

      • Gary says:

        Ótimo comentário, Melkor. Não vou me alongar para não comprometer o comentário. Mas é bem assim MESMO.

    • João says:

      Sergio, a China mudou suas praticas com a morte de Mao Tse Tung e não em 1990. E sim, o J-16 possui sim assessoria russa como se diz no texto “Segundo ele, o mais moderno membro da família Flanker que é produzido sob licença” que alias é o Su-30 e não o Su-27, leia o texto antes de comentar.

  2. Topol says:

    O J-16 é / será um caça bombardeiro especializado em ataques a superfície, assim como o F-15E strike eagle… os russos já optaram para esta função em criar um avião especializado com assentos lado a lado que é o SU-34… especula-se que os chineses estejam desenvolvendo uma versão “Growler” do J-16 chamada J-16D especializado em guerra eletrônica
    http://www.popsci.com/sites/popsci.com/files/styles/large_1x_/public/j-16d_deino.jpg?itok=w5agUyMv

  3. tiosam tiosam says:

    A China é a Russia são iguais, Soltam um peidinho, e dizem que conseguem feder 10 quarteirões.

    • Topol says:

      Tio Sam não é novidade nenhuma converter uma variante de aeronave de combate um caça bombardeiro dedicado… nem mesmo em uma aeronave especializada em guerra eletronica… outros países já fazem isso a pelo menos 30 anos

shared on wplocker.com