Defesa & Geopolítica

9 de Outubro de 1967: Morre o líder revolucionário Che Guevara

Posted by

No dia 9 de Outubro de 1967, tropas da Bolívia mataram o líder revolucionário Ernesto Che Guevara. Companheiro de Fidel Castro, sonhava em estender a revolução cubana para todo o continente latino-americano.

Ernesto Guevara de la Serna nasceu em 14 de Junho de 1928, em Rosário, na Argentina. Proveniente de família de classe média alta, formou-se em Medicina na Universidade de Buenos Aires, em 1953. Foi o primogênito dos cinco filhos de Ernesto Lynch e Celia de la Serna y Llosa.

Como Ernesto sofresse de asma, sua família mudou-se várias vezes, em busca de um clima melhor. Guevara cresceu em Alta García, na região serrana de Córdoba. Sua doença o prendeu várias vezes à cama, onde tomou gosto pela literatura clássica universal.

Convencido de que a revolução era a única forma de acabar com as desigualdades sociais existentes na América Latina, foi para o México em 1954, onde juntou-se a um grupo de exilados cubanos liderado por Fidel Castro.

Sua adolescência foi marcada pela Guerra Civil Espanhola e, depois, pela Segunda Guerra Mundial. Também se dedicou intensamente ao esporte. Em Córdoba, aprendeu a jogar rúgbi, tênis, golfe e se dedicou à natação.

Em 1946, a família voltou a estabelecer-se em Buenos Aires. Embora pretendesse estudar Engenharia, decidiu-se pela Medicina depois de assistir à morte da avó, a quem era muito ligado.

Intelectual e andarilho

O jovem atrevido e desleixado consigo mesmo percorreu diversas vezes como mochileiro vários países latino-americanos. Após concluir o curso universitário, com 25 anos, partiu para a Venezuela e depois à Bolívia.

Fez contato com exilados no Peru e ligou-se ao regime pró-comunista da Guatemala. No final de 1953, com 26 anos, é admirador da URSS e deseja unir-se a um partido comunista de qualquer país que seja. Na Guatemala, nação que passava por grande reforma, conduzida pelo presidente Jacobo Arbenz, conheceu Hilda Gadea, militante política peruana, que mais tarde se tornaria sua esposa.

Como não conseguisse exercer a medicina, viveu da venda de enciclopédias de porta em porta. Quando o governo comunista da Guatemala foi derrocado (1954), seguiu para o México. Por causa de sua atuação sindical, Che fora informado de que corria perigo e asilou-se na embaixada argentina. Hilda chegou a ser detida, para ser libertada em seguida. Ambos conseguiram deixar legalmente o país e foram para o México, onde se casaram em 1955. Lá também nasceu a filha, Hilda Beatriz.

No México, recebeu o apelido Che, por usar a expressão sempre que falava com alguém. Foi apresentado a Raúl Castro, líder estudantil cubano recém-saído da prisão em Cuba e, a 8 de Julho de 1955, conheceu Fidel Castro, que havia passado um ano e dez meses preso na ilha de Pinos, Cuba. Fora anistiado por Fulgêncio Batista, a quem derrubaria mais tarde, com o apoio de Che.

Ascensão e morte de um futuro ídolo

Na madrugada do dia 25 de Novembro de 1956, zarpou do porto mexicano de Tuxplan o iate Granma, com capacidade para 20 passageiros, levando 82 guerrilheiros, entre eles Che. Sua tarefa era atender os eventuais feridos no desembarque em Cuba.

No combate que se seguiu ao desembarque, sobraram apenas 12 sobreviventes, entre os quais Che e os irmãos Castro. Com o apoio dos camponeses, passaram a agir a partir de Sierra Maestra. Em 1959, entraram em Havana à frente das tropas guerrilheiras vitoriosas.

No governo com Fidel Castro, Guevara exerceu diversas funções, incluindo a de ministro da Indústria (1961-1965). Seu objetivo primordial, no entanto, era estender a revolução a outros países. Por isso, deixou suas funções em Havana para juntar-se a um grupo de guerrilheiros bolivianos, cuja meta era derrubar o regime ditatorial que vigorava na Bolívia.

Entretanto, Che Guevara foi capturado e morto pelo exército boliviano, em La Higuera, perto de Vallegrande (Santa Cruz), em 9 de Outubro de 1967. Suas mãos foram amputadas e levadas para os EUA, a fim de confirmar a identidade do “principal inimigo do imperialismo norte-americano nas Américas”. Seus restos mortais foram encontrados em uma vala, somente em 29 de Junho de 1997, com os demais seis guerrilheiros.

Foto: Rene Burri – Magnum Photos

Edição: konner@planobrazil.com

Fonte: DW

49 Comments

  1. Doug Schuindt says:

    Assassino sádico. Morreu como covarde que era. O tipo de figura que não merece respeito nenhum pos mortem.

  2. João Paulo says:

    Maldito carniceiro, que o diabo o carregue. Ironicamente foi executado com um tiro de Colt 45 Made in USA.

  3. Relojoeiro says:

    Um grande esquerdista. Ajudou a libertar milhares de pessoas do jugo autoritário do capitalismo e de suas elites latino-americanas.

    • Nickless says:

      Ajudou tirando uma ditadura e colocando outra… deixando o povo na misera, onde um kg de frango equivale a um salario do mês..

      A revolução deu certo sim, mas apenas para a família e colaboradores do Fidel.

      • Gary says:

        Se formos analisar friamente, sem paixões, os ÚNICOS que lucraram com a tal “revolução” foram os Castros. Eles e a elite revolucionária vivem como nababos e o resto como sub humanos, sem direito a proteína em quantidade razoável e tendo que se prostituir para garantir um padrão de vida um pouco melhor. Conheço Havana desde 1982 e posso dizer que nessa época a coisa já estava em decadência. Eu era criança mas me lembro muito bem como que as pessoas ficavam atônitas quando nós lhes apresentavamos comida enlatada ou produtos industrializados. Poucos conheciam o que era presunto ou iogurte. Quem quer viver num paraíso desses? Só quem não conheceu.

    • Um piadista nato ,como todo esquerdista o che quis se livrar do capitalismo (nem tanto ) e das elites , para eles mesmos poderem DITAR sobre zumbis inocentes

    • cabeça de Jarro says:

      Ti esqueceu de citar a libertação do povo africanos, ele começou no congo e fidel manteve o apoio ao africano na luta contra o apharteid.
      Angola, nanibia, guiné…
      Viva !

    • E fez tudo isso com um Rolex no pulso.

  4. Munhoz says:

    Uma mãe foi até uma prisão comandada por Che seu filho de 12 anos tinha sido pego pichando um muro (provavelmente a mando de opositores) ela chorava pela vida de seu filho, Che resolveu ser generoso com aquela pobre mãe, mandou trazer a criança e sacou sua pistola soviética que acabara de ganhar (precisava estrear o presente) ai estouro a cabeça da criança na frente de sua mãe. “grande lider”.

    • Melkor says:

      Havia padres e pastores sendo fuzilados por prestarem o último auxilio espiritual aos condenados, outros foram fuzilados somente por serem religiosos, ou religiosas, claramente demonstrando o ódio ao religioso, da mesma forma como ocorreu na URSS. Note os exemplos de ataques ao sagrado cristão desde que a quadrilha tomou o governo do Brasil em 2002. Vem do ódio pela religião cristã, representante da igreja burguesa e opressora, ópio do povo, como eles pregam. Ódio contra a sociedade judaico-cristã, quem já não ouviu seus discursos. Meninos tinham “sorte” de serem fuzilados, as meninas e mulheres ainda passavam pelo estupro dos democratas. Por quê? Porque eram espertos e espertas demais para acreditar na ideologia “progressista”, ou em outras palavras, por discordarem do que os iluminados pregavam. Uma coisa é certa, milhares de dementes que cultuam esse verme não sabem nada de sua história além do que é propagado pelos panfletos sindicalistas. Dá pena, é pura igonorância, pensam que estão defendendo o bem comum, uma coisa boa. Não devemos desejar o mal a ninguém, mas certas pessoas morrem injustamente. Muito rápido. Se ele escapou de ser queimado vivo, lentamente, não se pode dizer o mesmo de após morto, vai faltar enxofre.

  5. Alessandro says:

    sem comentários sobre essa figura, está no mesmo balaio de Hitler, Stalín, Mussolini e tantos outros monstros q a humanidade infelizmente criou.

    o pior, é ver em pleno séc. 21 pessoas cultuar esse tipo de figura, mesmo sabendo dos horrores q ele e sua turma fez, e ainda ver eles criticarem, a turminha q endeusam o Hitler, Mussolini e etc.

    Em alguns momentos, eu acho q esse mundão nosso, parece um grande manicômio a céu aberto, são loucos querendo se impor em cima de outros loucos !!

  6. Capa Preta says:

    Pierre San Martín

    Aconteceu durante os últimos dias de dezembro de 1959; na escuridão da cela, dezesseis de nós dormiam no chão, enquanto outros dezesseis ficavam de pé, para que então pudessem descansar. Mas ninguém pensava nisso. Pensávamos somente no fato de estarmos vivos e que isso era o mais importante. Vivíamos hora por hora, minuto por minuto, sabendo que qualquer segundo poderia ser o último.

    Certa manhã, o som o horripilante daquela porta de aço enferrujado quando abria nos pôs de pé, e os guardas do Che empurraram um novo prisioneiro para dentro da cela. Era um menino, talvez com uns 12 ou 14 anos. Seu rosto estava machucado de sangue. ‘O que você fez?’, perguntamos-lhe, horrorizados. ‘Tentei defender o meu pai’, balbuciou o menino sujo de sangue. ‘Mas eles o mandaram para o paredão’”.

    Todos se entreolharam como se para encontrar as palavras certas a fim de consolar o menino, mas não as encontramos. Estávamos cheios de nossos próprios problemas. Havia dois ou três dias que não executavam ninguém, e tínhamos cada vez mais esperança de que isso chegaria ao fim. As execuções são cruéis, tiram a vida quando você mais precisa dela para si e para outrem, sem levar em consideração seus protestos ou desejos.

    Nossa alegria não durou muito. Quando a porta se abriu, chamaram 10 para fora, entre os quais o menino que acabara de entrar. Erramos, pois aqueles que eram chamados nunca mais eram vistos.

    Como é possível tirar a vida de uma criança dessa forma? Simplesmente não podíamos acreditar que eles matariam o garoto. Então começamos a insultá-lo – ao homem que, mãos na sintura, andava de um lado para outro do sangrento pavilhão de execução e cuspia suas ordens: o próprio Che Guevara! ‘Ajoelhe!’ Dizia ao menino.

    Nós todos gritávamos de nossa cela para que ele não cometesse esse crime e oferecemos a nós mesmos em seu lugar. O garoto o desobedeceu com uma coragem inexprimível em palavras e lhe respondeu com esta infame afronta: ‘Se vocês vão me matar’, disse ele, ‘vão ter de fazê-lo enquanto ainda estou de pé. Homens morrem de pé!’.

  7. Heitor says:

    Grande che vai entra para história como grande heroi do povo quando o mundo inteiro se tornar socialista . E quando daqui mil anos ouvirem sobre a coragem e bravura dele e veren os comentários de quem o criticava (se e que opinião inútil fica pra história) vao sentir vergonha e vao ver com eram preconceituosos e baixos os baboes da burguesia e seu reino de hipocrisia, terrorismo, luxo e miséria.

    • S-88 says:

      “Grande herói do povo”? que povo? Che Guevara foi vendido pela propaganda mentirosa da esquerda como um herói romântico, alguém que queria implantar a paz e a justiça universais. Mas a verdade, que é a que faz história, é que ele era um covarde que apenas mostrava valentia contra feridos e prisioneiros desarmados. Para piorar, ainda ajudou a colocar no poder a ditadura mais longeva do mundo.

      Aliás, quando ele foi preso e iria ser morto, em um lance excepcional de covardia implorou pela vida com o argumento de que “valia mais vivo do que morto”. Não colou….

    • S-88 says:

      No mais, se um dia o “mundo inteiro se tornar socialista” isso apenas evidenciará o fracasso da humanidade visto que o socialismo é um regime que favorece a corrupção, premia o fracasso, a incompetência e o puxasaquismo, não produz riquezas e distribui igualitariamente a miséria.

      • heitor says:

        nao se vai ! o burguesia ja ta com seus dias contados ! e eu nao falei em comunismo mas em socialismo que e uma evolucao (mas quase iqual e o capitalismo com seus bem nascidos, atleta estrelas,celebridades,jornalista com salarios altisimos plubiciotarios, adivogados fraldadores da lei…. e corentistas que de tao e jurosespertos quebram o proprio pais por lucros astronomicos de bancos e ainda sao apoiados por uma montuera de bestas que acham que se pensarem como ricos vao ser espertos como eles enquanto sao roubados junto com tota populacao e considera ate um filho um investimento e deixa pro proletariado os filhos do futuro da nacao quando nao os imigrantes miseraveis e o socialismo é que e um regime que favorece a corrupção, premia o fracasso, a incompetência e o puxasaquismo, não produz riquezas e distribui igualitariamente a miséria. mas entendo que e dificil ver a grandesa do socialimo uma mente pequena e agente do retroceso e ainda se acha um exemplo de meritocrata e humanismo como as outras bestializados que defendem o pinoche .

      • S-88 says:

        Estamos vendo toda a “grandeza” do socialismo ali do lado na Venezuela, onde as pessoas que passam fome, vítimas da distribuição da miséria que é atávica ao socialismo, e por isso protestam talvez possuam uma “mente pequena”…..

      • Alessandro says:

        S-88

        nem vale a pena discutir com FANÁTICOS, deixa pra lá !

        esse ae é só mais um q reclama das atrocidades de Hitler, mas ama as atrocidades de Che Guevara

        com todo o respeito ao blog e aos demais comentaristas, mas esse tipo de pessoas nem deveria comentar aki, da mesma forma extremistas de direita quando ouça dizer a mesma coisa a favor de Hitler e outras ideologias do mesmo gênero, essas pessoas na minha opinião, estão no mesmo nível dos fanáticos do Estado Islâmico, deveriam ser VIGIADOS pela polícia e serem DENUNCIADOS pelos sites e blogs.

        mas como eu disse, é apenas uma opinião.

      • Heitor says:

        Alessandro. .. to vendo que tu nao tem salvação mesmo!

      • Heitor says:

        E ne a cia foi matar o heroi do povo Chávez que nao tinha medo de falar da falta de escrúpulos dos eua (antes do estado islâmico)e criando a desordem interna com os comerciantes oportunistas se fose na russia levavam tiro nas costase ameaça de levar boba nuclear na cabeça . Mas dexa so essa pec 241 feita pra saquear o pré-sal que daqui 20 anos o brasil vai tar desendustrializo e falido no fmi como a grecia e beira de uma guerra cívil e a Venezuela se nao for”mente pequena” vai pegar investimentos do banco de desenvolvimento dos brics dos amigos comunistas chineses , prender os traidores , mandar a ONU ja desmoralizada a * junto com os Estados Unidos e ficar com o petrolio e mostrar para o Brasil o que e burrada ideologica de direita. E viva o b de brasil de burro dos brics.

      • S-88 says:

        Meu caro:

        – Chávez não foi herói de nada. Foi apenas mais um caudilho populista latino-americanos que deu migalhas para o povo enquanto ele próprio se locupletava às custas do erário junto com seus asseclas. E as forças armadas se transformaram em um cartel de drogas. E morreu de câncer porque foi se tratar em Cuba. Houvesse vindo se tratar no Brasil muito provavelmente ainda estaria vivo e aterrorizando os venezuelanos;

        – E que investimento um banco que não existe irá proporcionar à Venezuela?

      • Heitor says:

        Nao me vem com essa lavagem fofoqueira criada pelos hipocritas americanos e sua midia vulgar . Eu sou imuni a estrumentacao midiática ! -o banco de desenvolvimento dos brics abriu sim em 2016

      • Gary says:

        Igualzinho um outro populista esquerdista que temos por aqui. Já com os dias contados na política. Agora, sabendo da rejeição que nas urnas o espera, tá apelando para o afilhado cearense como novo caudilho populista a serviço de enganar o povo novamente. Pena o povo não querer mais saber da esquerda. Pena para eles, é óbvio. ESQUERDA NUNCA MAIS. É o povo quem disse nas últimas eleições municipais. O conservadorismo tomou conta do país, ainda que algumas hienas populistas gritem e esbravejem, são cartas fora do baralho. Ser conservador sempre foi sinônimo de comprometimento com ORDEM E PROGRESSO e não com entreguismos ideológicos. GRAÇAS A DEUS NÃO TEREMOS NUNCA MAIS OUTRO GUERRILHEIRO MATANDO O POVO EM NOME DE UMA IDEOLOGIA ASSASSINA COMO A SOCIALISTA.

    • Grande herói do povo foi Adolf Hitler. Um grande estadista que amava sua pátria e seu povo. Um dia, quando todo o mundo se voltar ao nazismo como a melhor forma para se resolver os problemas da humanidade, daí sim a história fará justiça a esse grande herói.

      • Caso alguém não tenha entendido, fui apenas irônico. Só pus Che ao lado de Hitler como monstros assassinos que são.

  8. A Máquina Troll says:

    é interessante que o Che Guevara por suas ações atrozes é considerado por alguns aqui covarde, maldito, assassino ou carniceiro mas já o Pinochet não……que coisa não?!… 😉

    • S-88 says:

      Che Guevara foi apenas um criminoso covarde. Pinochet, embora tenha cometido crimes, ao menos conduziu as reformas econômicas que deram ao Chile hoje o melhor IDH da América Latina.

      • A Máquina Troll says:

        “S-88
        Hoje 10:10

        Che Guevara foi apenas um criminoso covarde. Pinochet, embora tenha cometido crimes, ao menos conduziu as reformas econômicas que deram ao Chile hoje o melhor IDH da América Latina.”

        S-88 então para vc Hitler não foi um monstro e sim um herói também né….já que ele pegou uma Alemanha destroçada pela primeira guerra mundial e a transformou em poucas décadas numa das maiores super potencias econômicas, tecnológicas, bélicas e industriais da época…apesar das atrocidades praticadas pelo seu regime…. 😀

      • S-88 says:

        Não meu caro! Hitler não transformou a Alemanha em potência alguma pois mesmo antes da I Guerra o país era uma potência econômica que estava desorganizada pelo conflito e a “recuperação” levada a cabo pelo nazismo nos anos 30 deu-se principalmente pelo calote nas indenizações que o país deveria pagar pela guerra anterior. Bem diferente de Pinochet, que levou a economia do Chile de volta aos eixos depois de corrigir as burradas de Allende.

      • heitor says:

        e trouse tanto progreso com o new liberalismo no resto da america latina principalmente aqui !

      • Gary says:

        O que é new liberalismo, meu caro?

      • JOJO says:

        Na optica sionista Guevara foi criminoso covarde. Nao sei como pode ser covarde, quem junta grupo de gurrilheiros em luta armada, sabendo que a chance de ser preso, torturado e mesmo assassinado e muito grande. .Creio que se Guevara fosse judeu sionista e membro do grupo armado que precedeu o Likud, ele hoje seria considerado um Heroi e talvez ate sido condecorado.com o Premio Nobel. Foi o que ocorreu com o terrorista MENACHEN BEGIN, para o qual havia mandato de prisao na Inglaterra por ter colocado bombas num hotel em Cairo, assassinando muita gentes, entre os quais oficiais britanicos, mas que sobreviveu, foi vitorioso, tornou-se Primeiro Ministro de Israel e ganhou o Premio Nobel da Paz, por ter matado nao sei quantos palestinos. Digo “nao sei quantos” porque parece-me que israelitas matar palestinos e controladores de pestes matar ratos deve ser a mesma coisas. Matam–lhes e nao se preocupam com a contagem.

      • Gary says:

        Covardia não é sinônimo de medo, meu caro, e sim de falta de humanidade. Não importa de que lado esteja.

      • S-88 says:

        É sempre interessante ver como a extrema-direita é a irmã siamesa da esquerda/comunismo. Compartilham o antissemitismo tal como irmãs compartilham entre si um vestido ou um perfume……..

        Mas voltando a Menachem Begin, vamos aos fatos. De fato ele comandou o grupo terrorista “Irgun” e foi responsável pelo atentado ao hotel King David, que era em Jerusalém e não no Cairo, onde morreram 91 oficiais da administração britânica. Depois da independência de Israel ingressou na política tendo sido um dos fundadores do Likud. Como Primeiro-Ministro corajosamente negociou a paz com o presidente do Egito, Anwar Sadat (maior líder egípcio do Séc. XX), o que rendeu a ambos o Prêmio Nobel da Paz. Após, em 1981, ordenou o corajoso e ousado ataque à Central Nuclear de Osirak, perto de Bagdá, literalmente jogando por terra o sonho de Saddam de ter suas bombas nucleares. E o que poucos sabem é que para esse ataque Israel e o Irã, já sob o tacão de Khomeini, colaboraram entre si intensamente.

    • João Paulo says:

      Sim,ambos criminosos mas como podemos facilmente verificar o impacto de suas ações tanto em Cuba como no Chile atual apresentam resultados bem diferentes. Isso é desculpa para ações atrozes? claro que não mas interessante notar que um se transformou em uma democracia rica e prospera e o outro em uma ditadura comunista, pobre e falida.

      • A Máquina Troll says:

        “claro que não mas interessante notar que um se transformou em uma democracia rica e prospera e o outro em uma ditadura comunista, pobre e falida.”

        na cartilha de vcs ele transformou o Chile em uma democracia rica e prospera …já na cartilha do pessoal do “Che” ele levou/trouxe a liberdade e justiça social para as classes oprimidas….

        “Nas fases mais avançadas do cretinismo, a falta de idéias é compensada pelo excesso de ideologias.”

        Carlos Ruiz Zafón.

    • Nickless says:

      Pra ver como as pessoas se revelam em seus comentários, o cara é simpatizante de ditador e gosta de corruptos etc…. parabéns.

    • heitor says:

      e que pinochet matou jovems que lutavan pelum mundo melhor, gente que lutava por menos miseria,um mundo mais justo e igualitario , ja che matou agentes do jugensio, traidores bandidos, idiotas uteis meritocratas, reasionarios agente do retroceso, ratos que se dexarem livre minan um estado aos poucos ate estauraren o estado minimo e os reis da riqueza e por min ate essa crianca sem vergonha e reacionaria mas acho que essa historia nao passa de mentira para indignar bestializados hipocritas metidos a religiosos.

      • Gary says:

        Eu gostaria de ler o material que serviu de fonte para suas afirmações. Pode me indicar alguma fonte primária? Sou estudioso do assunto.

    • Mirade says:

      Pinochet, Vidella, Garastasu Médice, Anastacio Somoza, Fulgencio Batista entre outros heróis latinos americanos mataram muito mais que Che e ninguém lembra disso, para alguns são heróis.

      • Gary says:

        As fontes, quando citamos alguma figura histórica é importante. Poderia me indicar em quais fontes primárias vc encontrou apoio para suas afirmações?

  9. Foi tarde assassino, vai implantar o seu socialismo no inferno agora…

  10. Monstro! carniceiro imundo que arda no inferno.

    • A Máquina Troll says:

      “Assassinos… Vamos matar todos eles.”

      André Dahmer

  11. Mirade says:

    Grande Che lutador e rebelde. Melhor que muitos porcos capitalistas como por exemplo o Estadista Winston Churchill que era um porco racista e deixou 20 milhões de indianos morrerem de fome. Este sim o inferno é pouco para ele.

  12. JOJO says:

    Da para rir ver esses po de arroz, sentados em poltronas, muitos dos quais nem o exercito serviram, dizer que Che era covarde, Uma pessoa que por conviccao politica junta movimentos armados, pode ser tudo, mas covarde nao e. A chance de um guerrilheiro sobreviver um combate contra a policia ou exercito e uma em cem. A chance de ser preso, torturado,e assassinado e muito grande e portanto nao e atividade para qualquer um. Esses que hoje acusam Che de covarde talvez considera heroico, matar gente 5.000 kilometros de distancia, apertando dos esconderijos de um edificio em Washington. os botoes de um computador que teleguia um drone no Afeganistao ou ~Somalia,matando pessoas indiscriminadamente, velhos, mulheres e criancas.Nunca fui Guevarita, porque desde jovem sempre achei que a libertacao dos povos oprimidos do mundo e tarefa desse povo mesmo. Vanguarda,grupos de intelectuais, militares esclarecidos, nao substitue o povo que quer ser liberado da opressao. Se o povo aceita a opressao,e nao luta para sua propria liberacao e considera que cerveja, caipirinha, maconha e cocaina ou a crenca na felecidde apos a morte os fazem felizes e confortaveis e ilusao pensar que juntar um grupo de revolucionarios ira transformar o mundo. E Guevara foi apenas um dos muitos iludidos que morreram tentando transformar o mundo…

    • Gary says:

      Em que exatamente ele queria transformar o mundo, meu caro? O mundo é mundo desde sempre. Qualquer tentativa de transforma-lo a não se pelo VERDADEIRO cristianismo acabará em morte e destruição. E o que me consta, Guevara não era um cristão convícto. Antes um socialista materialista que não acreditava no modelo cristão de conversão e mudança do espírito humano. A mudança que ele queria implementar é a mesma que outras utopias pretendem: mudar o homem pela dor e não pelo amor. Deu no que deu. As mudanças foram só exteriores. Tanto é que o povo cubano até hoje é cristão e nem todos ainda abraçam as causas do marxismo materialista dialético. Querer substituir uma opressão por outra não muda nada. Quem quer libertar ensina e não obriga. Qualquer poder que obrigue o homem é poder mundano, poder de Faraó.

  13. Sul Americano says:
  14. João Gabriel says:

    Que esteja queimando no quinto dos infernos!!!

shared on wplocker.com