Categories
Aviação China Defesa Negócios e serviços Sistemas de Armas Tecnologia Vídeo

Antonov An-225, o maior avião do mundo, voltará a ser produzido.

6198469

A estatal ucraniana Antonov e a empresa China Airspace concluíram a transferência à China dos direitos de propriedade para a fabricação do An-225, o maior avião de transporte do mundo.

No dia 30 de Agosto, a Antonov assinou um acordo de cooperação com a Aerospace Industry Corporation of China (AICC), para um acordo de longa duração para o Antonov An-225 Mriya, o maior avião do mundo.

O acordo  também prevê a transferência dos direitos dos desenhos técnicos e especificações e do motor D-18T da aeronave. O primeiro estágio do acordo inclui a construção do segundo An-225, que fora fabricado parcialmente, tendo apenas finalizado a fuselagem e junção das asas. Neste primeiro estágio, esta aeronave que estava estocada na fábrica da Antonov em Kiev, será finalizada sua construção e será modernizada. Após a finalização do processo, o Mriya será entregue à AICC.

Já o segundo estágio é uma produção em conjunto do An-225 modernizado, na China, sobre licença da Antonov nas instalações da AICC. Ambos estágios serão realizados seguindo um contrato previamente acordado. Ainda não se sabe detalhes de quais seriam as diferenças do atual An-225 para a versão modernizada e a versão chinesa. Atualmente existe apenas uma unidade do Myria em operação no mundo, operado pela própria Antonov sobre a marca Antonov Airlines, realizando serviços cargueiros pelo globo.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=XQdQKMvha5I[/embedyt]

O Antonov An-225 Myria possui um grande mercado para cargas especiais, estando acima de seus concorrentes em capacidade de carga e volume interno. A aeronave está em operação constante e parando apenas para manutenções previstas. A expectativa é de uma nova aviônica e motorização na nova versão do gigante.

Não foram divulgadas informações sobre as possíveis operadoras dos An-225 que forem produzidos, de quantas unidades seriam feitas e nem de data de entrega das mesmas. Informações pela Antonov State Company, através de seu Facebook. Confira abaixo outras fotos da segunda unidade do Myria, postados pela fabricante.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=mykL7SpIPGs[/embedyt]

 Fonte: Aeroin

Edição Plano Brasil

13 replies on “Antonov An-225, o maior avião do mundo, voltará a ser produzido.”

Rafa_positronsays:

Rs Rs
Esses Ucranianos são uma marmota

Taí ó
O GUNVERNO apoiado pelo Maidan vai deixar isso acontecer

Dessa vez os Chinas não vão nem ter o trabalho de copiar… já vem prontinho na bandeja…. e do jeito que eles são, a partir desse avião eles vão construir até naves interplanetárias

Falando em Chinês… o novo “Presidente” brasileiro já está em Pequim beijando as patinhas do Dragão e bajulando o PC Chinês né?

e a minha reação:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas não é isso que vcs querem? parar de bajular os americanus e bajular china e russia?

Rafa_positronsays:

Se é isso que queremos eu não sei

Mas foi isso q vcs ajudaram sem nem se tocar

A grande pergunta é e Russia, onde fica nessa historia ?

E o que a Russia tem com essa historia ? É apenas um avião de carga, por sinal bem grande. Agora no que se diz respeito a Ucrania não vai mudar em nada, o que os Chineses devem ter pago pelo projeto e ferramental, que diga-se de passagem devia estar em oferta, não refresca em nada a situação economica Ucraniana.
Sds

Não sei, mas se for fabricado, a ideia russa de construir um grande cargueiro em parceria com a China pode acabar indo embora.

Não resolve a crise,porém é normal que os ucranianos tentem todas as alternativas para conseguir dinheiro.

A China comprar o direito de produção de um Antonov abre um precedente para a compra dos direitos de outros e outros meios que a Ucrânia dispõe e não é mais do interesse dela dispor devido a sua aproximação com o ocidente dai vem a China que gosta de copiar tudo e compra tudo o que puder, ai você imagina como fica a relação entre a Russia e a China (meio azeda talvez) sera que não tem um dedinho do Tio San nisto??

Munhoz, grato pelo comentario.

Acho que pior do que quando Eles começaram a copiar os SU 27 não fica, isso ai foi apenas uma compra de oportunidade para os Chineses e dificilmente abala a relação entre os dois. E acredito que a parceria para um possivel cargueiro com a Russia fica mantida, por um motivo simples sai mais barato e seguro.
Sds

Mesmo remotorizado alem de outras melhorias não vejo lá muita vantagem em operar um monstro desses. O custo beneficio não deve ser la dos melhores, o proprio projeto original tinham um fim bem especifico que era transportar o busão espacial Sovietico. É indiscutivel o que vai se agregar em expertise a industria aeroespacial Chinesa, vamos aguardar a criatividade oriental.
Sds

Rafa_positronsays:

Não é o projeto

mas oq se pode aprender em cima dele

sacou?

O texto diz que o segundo estágio é uma produção em conjunto do An-225 modernizado, na China, sobre licença da Antonov nas instalações da AICC.

Tem um Pais lá na america do Sul que prescisa pelo menos de 1 unidade pra ontem !!!!!!

Mauro Liimasays:

Isso é a Ucrânia tentando sobreviver ao Século 21!

Comments are closed.