Defesa & Geopolítica

Militares são presos com drogas dentro de caminhão do Exército

Posted by
caminhaoexercito2

Dois militares estavam no veículo detido na região (Foto: André Natale/ EPTV).

Eles não respeitaram a ordem de parada em rodovia de SP e tentaram fugir

Um caminhão do Exército pertencente ao 20º Regimento de Cavalaria Blindado de Campo Grande carregado com drogas foi apreendido nesta madrugada de domingo (28), na rodovia Anhanguera, na região de Campinas (SP), e dois militares foram presos. Segundo informações do Comando Militar do Sudeste, dentro do veículo estavam os cabos Higor Abdala Costa Attene e Maykon Coutinho Coelho que foram detidos após trocarem tiros com policiais do Denarc ( Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico) e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de São Paulo.

1624132

O veículo estava carregado com pelo menos 3 toneladas de maconha e houve troca de tiros durante a abordagem policial. A droga seria distribuída na região de Campinas. O caminhão apreendido tinha marcas de disparos nas portas, vidros quebrados e um pneu furado.

caminhao_25

Mais suspeitos

O terceiro integrante, que estava foragido, foi identificado como Simão Raul e havia conseguiu escapar em um veículo que dava apoio aos militares. Segundo informações o  mesmo foi encontrado nesta manhã pela Guarda Municipal em Cordeirópolis (SP) com roupas do Exército e ferido.

Os guardas encaminharam o suspeito para a Santa Casa de Limeira (SP) para tratamento e acionaram a Polícia Civil. Após receber alta, ele deve ser levado junto com os outros presos para São Paulo.

presos_31

Higor Abdala Costa Attene e Maykon Coutinho Coelho foram presos em flagrante por tráfico de drogas. (Foto: divulgação)

 Dois civis que teriam dado apoio à ação também foram presos na região.

Conforme o Comando Militar do Sudoeste, o caminhão estava em manutenção e saiu na sexta-feira com a documentação de outro veículo. Os militares receberiam cerca de R$ 30 mil pelo transporte do entorpecente. O comando informou ainda que vai abrir inquérito Policial Militar para a apurar o caso.

Na parte da tarde, a Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), em São Paulo, disse que divulgará mais detalhes sobre a investigação em uma entrevista coletiva.

Com informações de Campo Grande News e G1

17 Comments

shared on wplocker.com