Defesa & Geopolítica

Militares são presos com drogas dentro de caminhão do Exército

Posted by
caminhaoexercito2

Dois militares estavam no veículo detido na região (Foto: André Natale/ EPTV).

Eles não respeitaram a ordem de parada em rodovia de SP e tentaram fugir

Um caminhão do Exército pertencente ao 20º Regimento de Cavalaria Blindado de Campo Grande carregado com drogas foi apreendido nesta madrugada de domingo (28), na rodovia Anhanguera, na região de Campinas (SP), e dois militares foram presos. Segundo informações do Comando Militar do Sudeste, dentro do veículo estavam os cabos Higor Abdala Costa Attene e Maykon Coutinho Coelho que foram detidos após trocarem tiros com policiais do Denarc ( Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico) e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de São Paulo.

1624132

O veículo estava carregado com pelo menos 3 toneladas de maconha e houve troca de tiros durante a abordagem policial. A droga seria distribuída na região de Campinas. O caminhão apreendido tinha marcas de disparos nas portas, vidros quebrados e um pneu furado.

caminhao_25

Mais suspeitos

O terceiro integrante, que estava foragido, foi identificado como Simão Raul e havia conseguiu escapar em um veículo que dava apoio aos militares. Segundo informações o  mesmo foi encontrado nesta manhã pela Guarda Municipal em Cordeirópolis (SP) com roupas do Exército e ferido.

Os guardas encaminharam o suspeito para a Santa Casa de Limeira (SP) para tratamento e acionaram a Polícia Civil. Após receber alta, ele deve ser levado junto com os outros presos para São Paulo.

presos_31

Higor Abdala Costa Attene e Maykon Coutinho Coelho foram presos em flagrante por tráfico de drogas. (Foto: divulgação)

 Dois civis que teriam dado apoio à ação também foram presos na região.

Conforme o Comando Militar do Sudoeste, o caminhão estava em manutenção e saiu na sexta-feira com a documentação de outro veículo. Os militares receberiam cerca de R$ 30 mil pelo transporte do entorpecente. O comando informou ainda que vai abrir inquérito Policial Militar para a apurar o caso.

Na parte da tarde, a Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), em São Paulo, disse que divulgará mais detalhes sobre a investigação em uma entrevista coletiva.

Com informações de Campo Grande News e G1

17 Comments

  1. Claudio Moreno says:

    Muito me estranha a falta de marcas de identificação deste veiculo não especializado.

    Sempre existe marcas de identificação e o brasão do EB.

    Precisa-se investigar se o veículo também não é falso, assim como estes malditos falsos soldados! Que desonram seu juramento e mancharam o nome da instituição que os acolheu.

    NOTA: Lopes existe alguma forma de averiguar a autenticidade do veículo?

    CM

  2. Relojoeiro says:

    Hmm… sera que agora ouviremos alguem dizer que o EB é o maior cartel de drogas do mundo? Porque quando um incidente do tipo ocorreu com militares venezuelanos foi isso que disseram. Com a Bolivia idem… Ou vão dizer que é um fato isolado,desta vez. Vamos ver o que os haters de plantão tem a dizer.

    • S-88 says:

      Esquema mixuruca onde cada um ia ficar com apenas 10.000 reais, apenas o suficiente para cada um comprar um moto CG 125, após transportar maconha paraguaia para ser vendida em Campinas e região. Bem diferente de um esquema que começa com o comandante do exército e trafica toneladas de cocaina colombiana todos os anos para EUA e Europa.

      É por essas e outras que o exército venezuelano é, sim, um dos maiores cartéis de drogas do mundo.

      • Lucena says:

        Você esqueceu de mencionar a CIA( EUA ) … com o tráfico de drogas no México .. isso quem diz é nada menos que o Michael Levine … depois de 25 anos de experiência como agente secreto da Agência de Combate às Drogas (DEA) dos Estados Unidos

    • Lucena says:

      É verdade relojoeiro .. aliás não sei porque de tanto escândalo aqui .. no pais onde se usa helicóptero de governador para transportar pasta de coca .. porque não usar um caminhão do exército ? .. a diferença nisso ai … é que os envolvidos foram preso .. esperamos que estes não terminem ganhando uma secretaria no governo usurpador … como foi com o caso do helicoca . 😉 .. o resto é só hipocrisia barata como podemos vê .

      • S-88 says:

        Tá chegando a hora…..rs!

        Ah! E outra: O helicoptero não era do governador e sim de um Senador que a época era da base aliada do ParTido…..rs!

        E agora?

  3. Jorge Knoll says:

    CADEIA e EXPULSÃO DOS 03 MILITARES DAS FILEIRAS DO ExB, medida que se exige, sem direito a “habeas corpus”, pois não merecem vestir a farda que usam.

    • Melkor says:

      Isso aí. Antes que as F.A. se tornem no padrão venezuelano.

  4. Analista says:

    É necessário uma reforma no sistema militar brasileiro com URGÊNCIA! O sistema atual que já tem mais de um seculo não funciona. Esse não é o primeiro caso e também não vai ser o ultimo se não ocorrer mudanças rápidas. Não adianta tampar o sol com uma peneira!

    • AWM says:

      A unica reforma que os CMs pensão é o fim da carreira, como reformado; o resto que se…

  5. Renato de Mello Machado says:

    Não com certeza,isso não é um fato isolado.Já vimos isso antes e até brincadeiras bizarras com armas.Porém é só o reflexo de nossa sociedade,já quê eles fazem parte dela e do descaso das autoridades com as regras, para se perpetuar no poder já quê nos colégios os alunos ameaçam a vida dos professores as pessoas não tem respeito pelos policiais e autoridades.No Brasil a sociedade tem como meta ser igual a político,roubar e ter influencia, ou ser igual a pessoas quê fazem tudo pela fama,passando por cima dos direitos dos outros, sem pensar nas consequências.

  6. Adriano says:

    A Instituição Exército Brasileiro não merece um LIXO… desses.Mais respeito com o exército.

  7. Topol says:

    FDP… Tinha que pegar esses dois, amarrar e fazer ele fumar toda esta merda que destrói a molecada no Brasil.

  8. Até tú brutus?!

  9. KGB says:

    Vai passar a noite inteira no pau de arara só pra aprender !!!!!!

  10. rprosa says:

    E simplesmente prematuro e superficial acreditar que apenas os três cabos estavam envolvidos e que se tratava de uma ação isolada, posto que o caminhão utilizado na operação, pertencia a unidade de Mato Grosso do Sul, fato este já reconhecido pelo EB, trata-se de um caminhão basculante, não sendo comum a utilização deste tipo de veículo para longas jornadas como meio de transporte, assim há algo que não bate o que um caminhão destes estaria fazendo a centenas de quilómetros da sua base?

    e outra os cabos não teriam competência para liberar um veículo, assim se não houver um boletim interno dando pela falta do caminhão, ou autorizando a viagem, pode aprofundar a investigação que tem muito mais gente envolvida e o esquema e bem maior.

  11. luiz anselmo pias perlin says:

    Estamos em tempo de guerra e quando se pega um espião ou um traidor o fuzilamento é certo.

shared on wplocker.com