Defesa & Geopolítica

Quem apoiou a Argentina no conflito com Reino Unido?

Posted by

Israel vendeu armamento à Argentina durante o conflito nas ilhas Malvinas entre a Argentina e o Reino Unido em 1982, informou o jornal britânico The Telegraph, citando documentos desclassificados do Ministério das Relações Exteriores da Grã-Bretanha.

Segundo as informações que a publicação obteve, antes do início da guerra Israel exportou para a Argentina aviões de assalto Skyhawk que depois foram usados contra navios britânicos. Bombas lançadas destes aviões alvejaram quatro navios britânicos, inclusive afundando o navio de transporte e desembarque de tropas RFA Sir Galahad. Na altura morreram cerca de 48 militares.

Além disso, em 2011 na Argentina foi publicado um livro contando que Israel armava o país fornecendo de forma clandestina armamentos a Buenos Aires por via aérea através do Peru.

“Israel foi um dos poucos países que asseguraram armas para a Argentina durante o conflito nas ilhas Malvinas”, citou a publicação o então chefe do departamento do Oriente Médio e África do Norte do Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido.

Os dados mostram que Israel continuou suas exportações de equipamento militar para a Argentina depois da guerra.

Flagrante incrível, os Skyhawks argentinos sendo conduzido por seus corajosos pilotos em um ataque franco a uma embarcação da força naval britânica em meio a fogo cerrado da artilharia de defesa antiaérea.   

As ilhas Malvinas (nome dado na Argentina) ou Falklands (nome dado no Reino Unido) são o objeto de disputa territorial entre a Argentina e o Reino Unido que levou ao conflito armado de 1982. A Argentina tentou conquistar as ilhas que o Reino Unido está controlando desde 1833. O conflito levou as vidas de 649 argentinos e 255 britânicos. A guerra, que durou 72 dias, terminou com a vitória da Grã-Bretanha.

Edição/Imagem: Plano Brasil

Fonte: Sputnik News

9 Comments

  1. Lucena says:

    Rapaz ! … esses valentões do sião realmente são uns__________ louco é aquele quem confia nesses _________ .

  2. muttley says:

    Essa ultima foto é fantastica, e tem gente que acha voos rasantes de SU24 sobre navios do EUA algo incrivel.
    Se [SE] os Argentinos estivessem um pouco mais preparados a Inglaterra não retomava as ilhas naquele ano. Mas essa guerra tinha um unico fim, ser um engodo para encobrir uma ditadura já falida. Quanto a Israel nenhuma novidade pois andou nesse periodo de mãos dadas até com a Africa do Sul, e convem salientar que uma cota do avanço tecnologico Chines se deve a Eles tambem.

    Sds.

  3. _RR_ says:

    De fato, no pós-guerra ( nos anos 80 ) os israelenses foram a fonte de suprimentos mais confiável dos argentinos. Não se negaram a atualizar seus ‘IAI Dagger’ para o padrão ‘Finger’, além de revitalizarem os ‘Tracker’ ( um processo que incluiu a substituição dos motores originais por turboélices ).

  4. Cesar Pereira says:

    A Líbia. e o Peru também ajudaram a Argentina, mas ainda há muitas coisas ocultas que virão a tona !

    • piper says:

      Peru ele vendeu aviões a um preço exorbitante

  5. Ricardo Andre says:

    Bom, vamos lembrar que a Argentina tem uma das maiores comunidades judaicas das América. O apoio de Israel não foi atoa.

  6. ..Thatcher na época ficou uma arara com o Governo brasileiro pela retenção de um bombardeiro Vulcan pedindo até aos Estados Unidos para intervir no Brasil….esse bombardeiro necessitou pousar de emergência no Brasil vindo de uma operação nas Malvinas……o Brasil tbm ajudou os argentinos com Bandeirulhas…………

  7. É por essas e outras que Israel deveria ser o principal parceiro estratégico do Brasil na área militar

  8. italo says:

    A Inglaterra até antes da criação do Estado de Israel tratava os judeus como cachorros…Mereceram o troco de Israel…

shared on wplocker.com