Defesa & Geopolítica

Vantagens do caça Su-35 da Rússia sobre o caça F-15 dos EUA – National Interest

Posted by

Apesar do fato de o russo Su-35 e o norte-americano F-15 representarem a quarta geração de caças, o exemplar russo tem uma série de vantagens que nos permitem dizer que ele é o “rei dos céus” em comparação com o caça americano, diz Sebastian Robin, colunista da National Interest.

Primeiro, o autor chama a atenção para o sistema de infravermelhos de busca e rastreamento, que o Su-35 possui. Isto lhe permite determinar a localização de outra aeronave à distância de 50 quilômetros. O F-15 dos EUA não tem tal sistema.

Além disso, o F-15 não foi originalmente projetado como caça invisível, mas o Su-35 já tem a tecnologia furtiva (stealth), por isso o Su-35 é muito mais difícil de detectar.

Robin diz que entre outras vantagens do Su-35 está a possibilidade de transportar uma grande quantidade de armas, tornando-o mais eficaz no combate de proximidade.

Em geral, o Su-35 pode levantar mais de 7,7 toneladas de munições, das quais 6 toneladas que podem atacar alvos terrestres, enquanto o F-15 foi criado só para combate no ar e, por isso, ele não pode ser equipado com o tipo de mísseis “ar-terra”.

“Assim, o Su-35 recebe a coroa do melhor caça e continua sendo uma plataforma de mísseis muito eficiente e universal contra alvos aéreos e terrestres”, resume o autor do ARTIGO.

 

Fonte: Sputnik News

39 Comments

  1. LUCENA says:

    Olha que não é o SU 30 ….pois o F15 não deu nem para um caldo … imagine com o SU 35 .. ai é covardia … como diara os espertalhões trigolopatas .. isso ai .. srsr … só pode ser o lobby da USAF .

    • Munhoz says:

      Uma analise simplista e ruim neste caso são varios fatores um esquadrão de caças F 15 F 16 dentre outros tipos só com o apoio de 2 F 22 levaram vantagem de 3×1 contra um outro esquadrão sem este apoio um F 15E com um radar de varredura eletronica pode sim levar uma grande vantagem os fatores vão desde os tipos de armas carregadas até o desempenho dos sistemas de um modo geral uma avaliação neste caso é muito mais complexa um F 15 pode levar vantagem em alguns casos e o SU 35 em outros .

  2. Rafa_positron says:

    Isso é Lobby

    pra conseguir mais dinheiro pra defesa

  3. diego says:

    Bem, tem que ver qual foi a versão do F15, C ou silênce, gostaria também de uma analise em comparativo com o Rafalle. Su35 X F15s X Rafalle3 quem leva , mas quero ver os gráficos de desempenho de cada um no relatório não apenas palavras!

  4. _RR_ says:

    “…mas o Su-35 já tem a tecnologia furtiva (stealth), por isso o Su-35 é muito mais difícil de detectar.”

    Material RAM e nada mais… A aeronave não usa técnicas de forma… E daí que as técnicas de forma são responsáveis por mais de 80% do perfil stealth… Aliás, material RAM pode ser aplicado a qualquer aeronave e pode ser desenvolvido por qualquer país que tenha interesse.

    “…enquanto o F-15 foi criado só para combate no ar e, por isso, ele não pode ser equipado com o tipo de mísseis “ar-terra”…”

    Acho que esqueceram de falar pro autor do ‘Strike Eagle’…

    • JPC says:

      O sputnik mudou todo o texto original.

    • A Máquina Troll says:

      “_RR_
      Hoje 17:49

      “…mas o Su-35 já tem a tecnologia furtiva (stealth), por isso o Su-35 é muito mais difícil de detectar.”

      Material RAM e nada mais… ”

      Errado..a pintura RAM compõem apenas uma parte dos recursos aplicados para dar baixa assinatura de radar ao caça SU-35…..outros recursos para diminuir a assinatura de radar do caça incluem também a remoção dos canards…e modificações na entrada de ar…assim como a aplicação de materiais cerâmicos especiais anti radar nesta área já que a região das entradas de ar são o local onde mais iluminam num radar……materiais cerâmicos especiais estes que inclusive possuem mais propriedades anti radar que a pintura RAM …

      “Acho que esqueceram de falar pro autor do ‘Strike Eagle’…”

      o Strike Eagle é moderno mas este caça ainda não é superior/páreo aos SU-35s… não contam como o SU-35 com modificações ou aplicações que reduzam a assinatura de radar do caça…as linhas do caça ainda são antigas que brilham como arvores de natal nos radares inimigos…Acho que esqueceram de falar pro senhor do Silent Eagle este sim um Eagle mais a altura destes caças Russos…

      • _RR_ says:

        Materal RAM consiste em pinturas e materiais especiais ( aí incluso cerâmicas especiais )… Qualquer material que tenha o propósito de agir na absorção de ondas é considerado um material RAM…

        O Su-35 conserva o mesmo desenho básico do Su-27… Não foi feita nenhuma alteração significativa… Os canards estavam presentes em versões do Su-30 e Su-33, não figurando no Su-27.

        Qualquer alteração na tomada de ar do ‘Flanker’, se foi mesmo feita, teve efeitos mínimos no que diz respeito a RCS. As gondolas espaçadas funcionam como verdadeiro ‘penduricalho’, e somente aumentam a área de contato das ondas eletromagnéticas. Se observar os caças de quinta geração, vai perceber que elas são achatadas e/ou buscam integrar-se melhor a fuselagem, justamente para diminuir a área de contato. Enfim, no máximo, simplesmente se adaptou algum material RAM a elas…

        O ‘Silent Eagle’, por carregar seu armamento em baias, apresenta um corpo muito mais limpo, podendo gozar de um RCS consideravelmente menor… Seja como for, as alterações feitas no ‘Silent’ podem muito bem dotar outros ‘Eagle’, já que as modificações adaptam-se a estrutura básica desse caça.

        O ‘Strike’ está sendo gradualmente equipado com novos sensores ( incluso um legítimo radar AESA; coisa que o Super Flanker ainda não possuí ) e armas, além de também certamente estar recebendo materal RAM onde for possível. Em suma, está sim no nível tecnológico do Su-35 ( e um passo a frente em alguns aspectos )…

  5. William says:

    Lobby para conseguir verba pra cobrir o prejuízo do F35

    • JPC says:

      É, com 20 milhões a mais que um Su-35 dá para comprar um F-35 de 5° geração várias vezes mais difícil de abater.

      E no mais, o Su-35 nem é superior as versões mais modernas do F-15 conforme o texto original do National interest diz. Também diz que o Su-35 ganha a coroa de melhor dogfighter e não de melhor caça.
      Também menciona o radar superior do f-15 APG-63V3.

      Leiam o texto original.

      • Arc says:

        Não dá pra comparar, o Su-35 é muito mais simples de operar com custos bem mais modestos, acrescentar 20 milhões? quando? daqui a 15 anos? pois hoje ao que me consta o F-35 tem sido vendido a quase a US$ 131 milhões (ano de aquisição 2012) em contrapartida o Su-35 tem o preço de US$ 80 milhões, ou seja, dá pra comprar um Su-35 + um SU-30 e mais um mísseis de brinde, não dá pra comparar Deagol, o F-35 carrega a cruz de ser o projeto mais caro da história, tendo seu preço “constante” no valor que citei, e seu preço unitário não diminuirá em pelo menos 15 anos.

        http://www.defesanet.com.br/aviacao/noticia/15060/F-35-%E2%80%93-Novos-clientes-para-reduzir-o-custo-unitario/

      • JPC says:

        É, você está certo.
        Mas é o mais caro da história porque é o maior
        Valeu pelo link.

        Segundo o rustam o su-35 sairia menos de 70 milhões para força aérea russa.

      • Arc says:

        Creio que os EUA não falharam em criar o F-35, mas sim em deixar de lado versões incríveis de seus caças e colocarem todas as fichas no JSF, a exemplo disso é o Silent Eagle e o Viper, que pra mim, juntos ao F-22 (em situações estratégicas) poderiam ser durante muito tempo a ponta da lança norte americana (e aliados) até que de fato e de verdade o F-35 se tornasse operacional (o que ao meu ver ainda vai demorar pelo menos uns 8 anos). Essa é hoje a vantagem russa frente as forças norte americanas, pois foi investido pesado na atualização de sua frota, o que era realmente ineficaz foi ou está sendo trocado (Su-25, Su-24, etc) mas versões eficazes estão sendo poderosamente atualizadas (S-30 SM, Su-30 MKII, etc) ao passo que isso permite que seus projetos mais arriscados tenham tempo de demonstrar suas capacidades (YAK-130, PAK FA, etc).

      • A Máquina Troll says:

        “Deagol
        Hoje 19:01

        É, com 20 milhões a mais que um Su-35 dá para comprar um F-35 de 5° geração várias vezes mais difícil de abater.”

        o f-35 não é um caça de quinta geração…pois não é Stealth All Aspect/Full Stealth…foi pré-requisito antes deste programa ser iniciado que a tecnologia de curvas não fosse aplicada em todas as áreas do caça..ou seja, em algumas áreas do caça não é aplicado a tecnologia de curvas que desvia ondas de radar…isto foi um pré-requisito determinado pelo congresso estadunidense antes de iniciar este programa para downgradear o caça, por ele ser um modelo voltado para exportação..o congresso estadunidense proibiu a exportação de caças f-22…. e a varejeira é o mais próximo em furtividade que um caça pode chegar do f-22…portanto se os países estrangeiros obtiverem a versão completa de discrição do f-35 usada pelos eua e fazer atualizações incrementais os países estrangeiros terão um caça muito próximo em desempenho/furtividade do f-22….assim para evitar isso pré-requisitaram no projeto o rebaixamento do RCS da varejeira para em torno de 0,15 m2…para que os caças f-35 de exportação deles não sejam iguais/muito próximos em desempenho/furtividade aos seus próprios caças de uso…

        Stealth rankings:

        F-35: 0.005 m2 (from Global Security)

        Exported F-35: 0.15 m2 (see citations below)

        http://www.smh.com.au/news/national/not-so-stealthy-the-15b-fighters/2006/03/13/1142098404532.html

      • JPC says:

        Link desatualizado e desmentido, máquina.

        O Que importa é a opinião da USAF e a força aérea de Israel dizendo que o F-35 é altmanete furtivo e dá conta dos S-300.
        Também tem o resultados de diversos exercícios onde o f-35 se saiu muito bem contra F-15 e F-16 e simulações de SAMs russos

        De qualquer forma é várias vezes mais difícil de abatido que os 4.5Gs.

        http://www.airforcetimes.com/story/military/2016/07/31/f-35-so-stealthy-produced-training-challenges-pilot-says/87760454/

        “Varejeira, abaxi..”. E quer defender aviões da geração passada…

        Nem dá para te levar a sério.

      • A Máquina Troll says:

        “Deagol
        Hoje 0:42

        Link desatualizado e desmentido, máquina.

        O Que importa é a opinião da USAF e a força aérea de Israel dizendo que o F-35 é altmanete furtivo ”

        foi um pré-requisito determinado pelo congresso estadunidense antes de se iniciar este programa para downgradear o caça, por ele ser um modelo voltado para exportação..o congresso estadunidense proibiu a exportação de caças f-22…. e a varejeira é o mais próximo em furtividade que um caça pode chegar do f-22…portanto se os países estrangeiros obtiverem a versão completa de discrição do f-35 usada pelos eua e fazer atualizações incrementais os países estrangeiros terão um caça muito próximo em capacidade/furtividade do f-22…assim para evitar isso foi pré-requisitado para o f-35 de exportação o rebaixamento do RCS para em torno de 0,15 m2…enquanto que os f-35s de uso dos eua são de RCS em torno de 0.005 m2….os caças f-35 de exportação dos eua foram projetados/pré-requisitados para serem inferiores em capacidade e furtividade aos f-35 de uso dos eua …..

        Stealth rankings:

        F-35: 0.005 m2 (from Global Security)

        Exported F-35: 0.15 m2 (see citations below)

      • JPC says:

        0.15m2 é dez vezes menos que o Flanker.

        E a força aérea de Israel diz que é furtivo o suficiente para enfrentar os s-300 iranianos e que vai mudar a forma como eles lutam.

      • _RR_ says:

        Esses valores tão discrepantes do RCS do F-35 são virtualmente impossíveis…

        As aeronaves, tanto as produzidas para os EUA quanto seus clientes e aliados, são absolutamente iguais quanto as formas.

        A base é essencialmente a mesma para todas as linhas. Até porque, não se pode fazer alterações de forma sem alterar o desempenho físico, o que exigiria testes em cima de testes para validar nova configuração…

        E não se pode alterar tão signficativamente seu RCS sem mexer em suas formas… Como disse acima, as técnicas de forma são responsáveis pela maior parte do RCS. Logo, em sendo verdade que deveria haver uma versão de menor desempenho, as diferenças de RCS deveriam ser menores, se se considerar somente a possibilidade de se inserir um material com característica RAM mais pobre ( e mesmo isso, a depender de comportamento do material, iria exigir novos testes )…

        Resumindo, o máximo que podem fazer é dotar o caça de aviônica inferior e dota-la de um material RAM inferior, sem alterar sua configuração de desenho básica.

    • Professor says:

      Lobby para conseguir verba pra cobrir o prejuízo do F35 (2)

      OBS: Vamos limpar o nome do Grande Almirante Othon; esse grande patriota representa o que de melhor existe no nosso país.

      • William says:

        Fugindo do assunto, é incrível como a lava jato foi certeira em nossos projetos de defesa. Pegou em cheio a Odebrecht, desequilibrando a empresa que tinha a mectron, além de investigar diretamente o submarino nuclear e a eletronuclear (general Othon).

      • Conan says:

        É almirante kkkkk e o lugar dele é na cadeia e nenhum patriota de verdade rouba dinheiro publico, não condiz com o amor a pátria!!

      • Professor says:

        Para mim, todos são inocentes até prova em contrário. E eu não confio nesse judiciário podre e vendido do Brasil. Portanto, a menos que o Almirante Othon fosse julgado e condenado por um judiciário isento e justo, aí sim eu considerá-lo-ia culpado. Mas estou convicto que ele está sendo preso porque não forneceu tecnologia nuclear brasileira aos Estados Unidos, apesar de ter sido muito pressionado para isso. Corrupção é só uma desculpa, uma mentira.

        Engraçado que o Almirante Othon é um almirante reformado. Como alguém que está reformado, nem faz parte da Marinha mais, vai cometer atos de corrupção? Liberdade para o Othon já!

      • William says:

        É mesmo, almirante, desculpe. Ele já foi condenado? Que seja punido caso tenha julgamento.

  6. Deivide says:

    Esqueceram de avisar ao Editor que o contemporâneo do Su-35S é o F-15SA…bem…22 misseis AR-ar, capacidade multifunção, sensor IRST,emprego de material RAM…não deve nada ao Su-35.

    E agora dando minha breve opinião…num confronto entre os 2 eu apostaria no F-15SA!…

    • JPC says:

      .Um problema é que os F-15C da USAF estarão com ECMs de tecnologia mais antiga até o fim da década. Além de serem velhos.

    • Professor says:

      É mesmo? a USAF está com falta de pilotos, vai là! candidate-se. Pegue um F-15Sa e vá matar comunistas armados com reles Su-35.

      • JPC says:

        Não tem argumento?

      • A Máquina Troll says:

        “Deagol
        14 de agosto de 2016 21:04

        Não tem argumento?”

        o problema aqui é que esqueceram de avisar para o Deivide que este F-15SA não faz parte do inventario de caças dos eua e sim da Arábia Saudita.. os F-15s que compõem o inventario de caças dos eua são os F-15C, D e E ….as autoridades estadunidenses estabeleceram o f-15 obsoleto e a aposentadoria dele já esta determinada…algo sem volta…..o encerramento da continuação deste caça esta estabelecido…para serem substituídos gradativamente pelos caças de nova geração desenvolvidos pelo pais…

    • Arc says:

      Deivide, o Silent Eagle é pra mim um dos caças mais seguros hoje na força aérea norte americana, um dos melhores do mundo em sua categoria junto ao F-16 Viper e F-22, a questão é que pouco se investe na implementação deste caça de fato, muito se investe no F-35, mas se vc comparar alguns dados de combate entre um Viper e seus oponentes perceberá que ele está em equilíbrio com os demais, mas o que é feito com ele? Nada, os EUA pretendem parar as linhas de produção apostando no F-35, e o mesmo valerá para o Silent Eagle, logo, a Rússia está começando a deslumbrar o horizonte onde sua frota de base começa a ficar a frente tecnologicamente comparada a dos EUA, pois com o tempo só veremos Su-35, Su-34, Su-30 SM voando pelos céus dos czares, enquanto isso, os caças americanos permanecerão os mesmos até que a substituição completa pelos F-35 ocorra, analisando assim, entendemos a preocupação com muitos especialistas do Pentágono em se investir todas as fichas no JSF.

      • JPC says:

        Caro ARC o F-15 já recebeu AESA e até o fim da década receberá ECM de nova geração EPAWS junto com despistadores rebocados. Mais IRST externo, HMD, novos displays.

        Não permanecerão os mesmos.

        http://boeing.mediaroom.com/2015-10-01-Boeing-Selected-as-Prime-for-EPAWSS-Electronic-Warfare-Suite-Program

        Será instalado em 400 f-15 da USAF

        Só não poderão competir com os russos em dogfight.

      • Arc says:

        Deagol, pelo que tenho acompanhado os EUA não fecharam nenhum acordo relativo a renovação total do pacote de atualizações do F-15, estão escolhendo alguns componentes para inserir, mas mesmo assim em poucas unidades, todos esses valores parecem ser apenas orçamento, pois nada foi assinado para aquisição do pacote Silent Eagle.

      • JPC says:

        Mas não seria o Silent Eagle, são F-15 C e E atualizados.
        Silente Eagle provavelmente não vai existir.

      • A Máquina Troll says:

        “ARC
        14 de agosto de 2016 22:47

        Deivide, o Silent Eagle é pra mim um dos caças mais seguros hoje na força aérea norte americana, um dos melhores do mundo em sua categoria junto ao F-16 Viper e F-22”

        senhor ARC…o Silent Eagle não compõem o inventario de caças dos eua…….pois ele é apenas um conceito….uma proposta de upgrade projetada/voltada/ofertada para países já clientes do f-15…como Israel, Arábia Saudita, Japão e Coreia do Sul ..e algumas soluções para torna-lo mais furtivo como as baías internas de armas no lugar dos tanques de combustível conformais(CFT) comprometem/reduzem a capacidade de combustível encurtando a perna do caça…´

      • Arc says:

        Máquina, penso que tais transformações por mais que reduzam algumas capacidades do caça trazem uma capacidade operacional mais avançada, mais próxima as necessidades de combate no cenário atual, e se compararmos o F-15 SE aos demais caças da USAF e o F-35, veremos que ele tem capacidade de se manter em paridade com investimentos muito menores, o problema hoje é que a Lockheed para ter comprado o congresso para não apoiarem nenhum outro projeto exceto o JSF.

    • A Máquina Troll says:

      “Deivide
      14 de agosto de 2016 20:22

      Esqueceram de avisar ao Editor que o contemporâneo do Su-35S é o F-15SA…”

      o F-15SA não faz parte do inventario de caças dos eua….pois trata-se de um modelo personalizado para Arábia Maldita….os F-15s que compõem o inventario de caças dos eua são os F-15C, D e E …inferiores a esta versão SA encomendada pelos sauditas…

  7. muttley says:

    O interessante é ler os comentarios na pagina original.
    Sds

  8. Henrique says:

    Esse caça é tão grande que nem precisa radar para localizá-lo …rs Brincadeiras a parte, trata-se de um vetor fantástico o qual ficaria muito bem com as cores da FAB, assim como o F15 também, que é outro caça também fantástico. Agora, convenhamos, dizer que um é melhor que o outro ou ficarmos de discussões apaixonadas para o lado que for não leva a nada. Na prática nunca vimos as forças aéreas russas combaterem as americanas (ou vice versa) para dizer qual caça é mais ou menos eficiente ou qual doutrina surte os melhores resultados. O que vimos até hoje foram forças de outros países, mal treinadas (principalmente no oriente médio) com equipamentos russos combaterem com pilotos bem treinados dos aliados ou de Israel e com amplo apoio estratégico (eletrônica, ajuda por satélites etc..) o que sempre surtiu amplos resultados aos mesmos. Já para aqueles que criticam qualquer um dos caças… se um dia tivéssemos tido sequer algo parecido em nossa força aérea poderíamos até pensar em criticar a dos outros… nossa realidade é material velho que, pelo exemplo do último acidente com os Falcões, sequer tem equipamento de rastreamento para se achar os destroços da “sucata” que caiu… uma família merece enterrar seu ente querido !!

  9. Conan says:

    Su-35 já tem a tecnologia furtiva (stealth), por isso o Su-35 é muito mais difícil de detectar.???!!!! Com aquele estabilizador vertical? Com aquelas entradas de ar??? QUÁ QUÁ QUÁ. Depois de ler isso eu parei, alem do mais o próprio artigo (no original) conclui que ambas as aeronaves possuem capacidades equivalentes.O resto é conversa pra boi dormir.

shared on wplocker.com