Defesa & Geopolítica

USAF planeja o “Super Warthog”, o Substituto do A-10

Posted by

A 10E.M.Pinto

A USAF pretende iniciar o quanto antes os trabalhos e definição de uma nova plataforma para substituição do lendário A-10 Wartog. O plano prevê uma aeronave capaz de prover suporte aéreo às tropas terrestres para as próximas décadas. O DOD já trabalha para a definição dos aviônicos, requisitos, engenharia, armas, blindagens e sistemas necessários para esta nova aeronave aguardando apenas a autorização para formalizar os requisitos.

A-10

Os conflitos recentes na luta contra o ISIS, destacaram a importância e a capacidade única do A-10 em prover o Suporte Aéreo Aproximado, garantindo-lhe a permanência por alguns anos mais.

Após o Pentágono anunciar que o  A-10 não será retirado do serviço pelo menos até 2022, a Força Aérea e funcionários do Departamento da Defesa estão agora na esperança de manter a aeronave por mais tempo, uma vez que a luta contra o ISIS exige uma  aeronave com a capacidade do A-10. Altos oficiais da USAF defendem a sua permanência uma vez que o Wartog é único na capacidade  de  transportar e entregar um amplo arsenal de bombas  guiadas a laser e de precisão que junto com o seu poderoso canhão, o tornam o pesadelo dos insurgentes.

Os planos anteriores para se aposentar a frota de A-10s eram puramente pautados no orçamento.  Entretanto, a tarefa de substituir o Wartog não é tão simples assim, embora alguns altos oficiais da USAF acreditem que o mais moderno caça multi-função da USAF, o F-35A, seja capaz de cobrir esta função por possuir sensores e um canhão de 25 mm, além da exímia capacidade de manobra. O F-35 é segundo alguns analistas a melhor escolha.

A-29

Testado em combate no Afeganistão o A-29 é segundo o Pentágono uma das opções para a aeronave sucessora do A-10 no Suporte Aéreo Aproximado.

Porém ao mesmo tempo, custo é algo que a USAF não pode deixar de se preocupar, uma vez que também há um consenso de que o A-10 proporciona um conjunto extremamente único de  capacidades no campo de batalha que associados ao seu relativo baixo custo, os tem conservado no serviço ao longo das últimas décadas.

O poder de fogo, juntamente do seu canhão de 30 mm, blindagem de Titânio  e redundância de sistemas tornaram-no  uma plataforma valiosa para a função de suporte aéreo aproximado. O A-10 tem um papel único e valioso na USAF pois é capaz de atuar nos mais variados cenários de combate que incluem contra-insurgência, apoio tropas no terreno, tudo isso em estreita proximidade o que provê proteção e apoio à infantaria para uma guerra desde a grande escala até conflitos assimétricos.

De olho na concorrência que deve ser aberta para a substituição do A-10 o T-100 que concorre ao Programa T-X também apresenta-se como uma opção caso a escolha da USAF se concentre em uma aeronave já existente e que será adaptada para esta função.

De olho na concorrência que deve ser aberta para a substituição do A-10 o T-100 que concorre ao Programa T-X também apresenta-se como uma opção caso a escolha da USAF se concentre em uma aeronave já existente e que será adaptada para esta função.

Oficiais da Força Aérea disseram relataram nesta quarta feira que a abordagem atual do “Super Wartog” (o substituto do A-10) envolve um esforço galgado e, três opções:

  • A Força Aérea pode considerar simplesmente atualizar a frota existente de A-10 de forma substancial, a fim de estender sua vida útil.
  • A USAF pode Adquirir uma aeronave existente off-the-shelf e adaptá-la para esta função
  • Ou simplesmente desenvolver uma nova plataforma de apoio aéreo aproximado do zero.

Obviamente as  questões orçamentárias serão levadas em consideração e portanto  a última opção apesar de possuir o apoio por exemplo ao F-35 parece ser a menos exequível por hora, e amenos que o cenário orçamental se altere, s duas outras opções parecem ser as mais prováveis.

Nesse contexto, várias plataformas da indústria, já se apresentam para esta importante tarefa, pode-se destacar  T-100 da Raytheon e a aeronave A-29 Embraer EMB Super Tucano, que segundo o próprio DOD estão entre as opções a serem encarados como aeronaves que poderiam potencialmente ser configuradas para esta destacada função.

 

16 Comments

shared on wplocker.com