Categories
Defesa Estados Unidos Negócios e serviços Sistemas de Armas Sistemas Navais

A Huntington Ingalls Industries foi selecionada para construir o próximo Navio de Assalto Anfíbio Multi propósito da Marinha os EUA

LHA8Tradução e adaptação: E.M.Pinto

A Huntington Ingalls Industries (NYSE: HII) divisão da Ingalls Shipbuilding foi selecionada para construir o próximo Navio de Assalto Anfíbio Multi propósito da Marinha os EUA, o LHA 8.

Hoje, pelo planejamento, engenharia estão alocados já cerca de US $ 272.5 milhões. O contrato inclui opções que, se exercidas, elevariam o valor acumulado do contrato para US $ 3,1 bilhões.

“Este contrato contribui para o sucesso do legado naval anfíbio em Ingalls desde os anos 1950”, disse  Brian Cuccias, PresidenteI dangalls Shipbuilding . “Nossos construtores navais provaram este sucesso através da apresentação de 14 navios de assalto vitais para frota air anfíbia da nossa nação. Este contrato demonstra a confiança da Marinha em nossa capacidade de construir navios para os mais altos padrões de qualidade e fazê-lo acessível para os contribuintes americanos. Estamos ansiosos para entregar um outro grande navio. “

A Ingalls é atualmente o único construtor de grandes plataformas anfíbias da para a Marinha. O estaleiro entregou o seu primeiro navio de assalto anfíbio, o classe Iwo Jima USS Tripoli (LPH 10), em 1966.

Desde então, construiu cinco Tarawas (LHA 1), oito Wasp (LHD 1) e o primeiro de umanova classe de navios de assalto anfíbio, o USS América (LHA 6), em 2014.

“Agradecemos as parcerias que continuam a ter com a equipe da Marinha / Corpo de Fuzileiros Navais”, disse Cuccias. “Nós também estamos orgulhosos do apoio que recebemos a partir de uma base industrial grande, de âmbito nacional de fornecedores, que permanecem um ingrediente essencial para a construção desses navios de guerra anfíbios . A Ingalls opera em uma instalação naval de 800 acres que é otimizada para construir várias classes de navios complexos simultaneamente”, disse Cuccias. “Como maior empregador industrial do Mississippi, também apreciamos a parceria estável que tivemos com o Estado e os investimentos que fizeram o nosso sucesso ao longo de nossos quase 80 anos de Pascagoula.”

O segundo navio dessa classe, O USS Tripoli (LHA 7), está atualmente em construção e programado para ser lançado no próximo verão.

Fonte: Defence Blog

10 replies on “A Huntington Ingalls Industries foi selecionada para construir o próximo Navio de Assalto Anfíbio Multi propósito da Marinha os EUA”

[…] Tradução e adaptação: E.M.Pinto A Huntington Ingalls Industries (NYSE: HII) divisão da Ingalls Shipbuilding foi selecionada para construir o próximo Navio de Assalto Anfíbio Multi propósito da Marinha os EUA, o LHA 8. Hoje, pelo planejamento, engenharia estão alocados já cerca de US $ 272.5 milhões. O contrato inclui opções […] …read more […]

Quase um porta aviões. A bem da verdade vai ter capacidade aerea se não equivalente muito proxima a muito porta aviões mundo afora.
Sds

O problema é que só vai operar com F-35B, já que os AV-8B estão se aposentando… e por 300 milhões de reais cada nave fica difícil, até mesmo para os americanos pagar esta conta

Topol,

Já está claro que a classe ‘Zumwalt’ será, entre outros pormenores, um “laboratório” para o desenvolvimento e implementação de novas tecnologias. Tanto que serão construídos apenas três.

Mas assim são os americanos… Não hesitam em gastar na certeza de que aquilo vai render uma vantagem… E esteja certo que o verdadeiro substituto dos destróieres americanos irá nascer ( como não poderia deixar de ser… ) desse experiência com a classe ‘Zumwalt’.

Nesse meio tempo, a espinha dorsal da força de destróieres dos EUA até a metade desse século continuará a ser a classe Arleigh Burke.

Onde você leu que cada na nave custa 300 milhões.

Porque se dividir o custo de quase 400 bilhões do F-35 por 2.500 ou 3.000 unidades da um número bem diferente.

Não to criando criando discussão, mas 300 milhões são o quê?

Qual nave custa 300 milhões, não ficou claro.

Se for o F-35, basta multiplicar o preço de outros aviões por 2.500 ou 3.000 para se ter uma ideia de quanto ele custa caro.

Os 380 ou 400 bilhões de dólares do F-35 são o custo de pesquisa e desenvolvimento somados aos custos de aquisição das unidades previstas.
Divididos resulta em menos da metade dos 300 milhões.

Você estava certo Topol agora que vi escrito reais.

Desculpe.

Podem atuar como NAes para cenários de mais baixa ameaça, onde geralmente o grupo aéreo é composto por mais aeronaves de asas fixas VTOL e alguns Helis ASW.

Com o dinheiro gasto no ferro de passar roupa dava para comprar um Classe América novinho em folha e ainda sobrava 1,3 Bi de dólares para compor a ala aérea embarcada… ou então dava para construir dois SSNs classe Virgínia… tem hora que estes projetos megalomaníacos dos EUA fogem a razão.

amigo topol ,, a rasao deles e da europa e apenas e simplesmente continuar colonisando e dominando o mundo e para manter isso eles investem muito e nunca vao parar de investir na guerra , ,, guerra esta que acontece bem looonge de suas fronteiras e das casas de seus cidadaos , onde a vida e rica e boooa,..
entender isso nao e facil para nos , mas se de alguma forma tomarmos conhecimento das palavras de deus , isso e entendido e ate previsto para a historia deste triste e pobre mundo.
imagina se todo investimento mundial em guerra fosse transformado em formas de se disceminar a fome e a miseria no mundo e colocar a paz como principio de uma nova maneira de se ver a humanidade ,, com certesa a guerra seria esquecida pois nao haveria motivos para ela continuar a existir. penssen nisso…

Comments are closed.