Defesa & Geopolítica

FAB PÉ DE POEIRA: FAB ministra curso de manipulação de material de demolição no RJ

Posted by

i1582613175154135

Durante os Jogos Olímpicos, os militares poderão identificar algum explosivo que venha ser utilizado como ameaça

O Parque de Material Bélico da Aeronáutica do Rio de Janeiro (PAMB-RJ) encerrou na quinta-feira (12/05) o Curso de Manipulação de Material de Demolição (CMMAD). Dividido em duas etapas – teórica e prática, o curso teve como objetivo capacitar os militares para construírem sistemas de iniciação de cargas explosivas e realizar com segurança as atividades de demolição.

Esta edição faz parte da programação de preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Além de capacitar 16 militares da Força Aérea Brasileira (FAB), um militar do Comando de Operações Especiais da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) também participou da instrução. Durante os jogos, os militares poderão identificar algum explosivo que por ventura venha ser utilizado como uma ameaça para a sociedade.

i1651692648147641

“O conteúdo ministrado durante o curso é fundamental para a capacitação dos militares que atuam com explosivos, tornando mais seguro o manuseio e a utilização desses materiais. Tendo militares mais capacitados, teremos ainda mais resultados positivos durante as missões de emprego no âmbito da FAB”, ressaltou o coordenador, Tenente Pedro Paulo Pinto.

Os participantes do curso poderão, entre outras atuações, construir armadilhas, além de neutralizar e destruir explosivos e itens bélicos. Eles aprenderam, por exemplo, técnicas de uso de explosivos militares na destruição de lances de concreto e de madeira.

i165169264588387

O coordenador explica ainda como essas técnicas podem ser utilizadas. “Nas buscas de uma aeronave acidentada na região da Floresta Amazônica, por exemplo, onde o pouso de um helicóptero seja impossibilitado, após a descida dos militares do resgate, um militar capacitado pelo CMMAD consegue abrir uma clareira, para o pouso da aeronave”. Outras aplicações podem ser bloqueios de pistas de pouso, por exemplo. No caso de destruição de concretos, podem ser derrubadas pontes, muros, prédios, entre outros.

Outra técnica importante é o cálculo da área de segurança. O método previne os efeitos da onda de choque e de possíveis danos provocados pela explosão. A correta aplicação dos procedimentos aprendidos permite aos militares utilizarem a exata quantidade de explosivos para que se obtenha o dano desejado e o sucesso da missão.

i1582613175189181

O Sargento Amilton Lourenço, aluno do CMMAD, garante que a formação será importante para a carreira. “O curso apresenta uma gama de conhecimentos para que se possa trabalhar na área de manipulação de explosivos com segurança e total controle no cumprimento da missão”, afirmou.

Fonte: PAMB-RJ

One Comment

shared on wplocker.com