Infográfico: Os Submarinos da Marinha dos Estados Unidos

USNAVY SUBMARINES

 

Na imagem são apresentados os submarinos da US Navy ao longo da História, apresentando a “Classe do submarino”, “anos de serviço”, “velocidade submersa e em superfície”, “dimensões”,  “profuncidade de operação”, “características especiais” e “tripulações”.

 

35 Comentários

    • os russsos deram mais atençao a velocidade com uma forma de compensa a falta de furtividade do submarino um questao de tatica, se bem que hoje em dia graças a pesquisa e espionagem sovietica/russa os subs deles estao digamos no mesmo nivel de furtividade como os akula 2 e yasen
      os diesel entao nem se fala!!

  1. Está incompleto, faltando os 3 SSNs da Classe Seawolf.

    Os números atuais são:

    – Ohio-class ballistic missile submarines – 14 in commission
    – Ohio-class guided missile submarines – 4 in commission
    – Los Angeles-class attack submarines – 40 in commission
    – Seawolf-class attack submarines – 3 in commission
    – Virginia-class attack submarines – 12 in commission, 3 under construction, at least 33 more planned (Block I-VII)

    • Eu ia falar a mesma coisa Vader, esta faltando a classe Seawolf que se encaixaria entre os Los Angeles e a classe Virginia e que foi a ultima classe de submarinos americanos projetada para a guerra fria.

    • Pensando bem Vader esse gráfico esta bem incompleto. Depois dos Nautilus teve a classe Triton que eram gigantescos, tinham dois reatores nucleares e um deles foi o primeiro submarino a dar a volta ao mundo completamente submerso. Depois veio a classe Tresher os primeiros com aquele casco tão característico em forma de pingo, totalmente hidrodinâmico que ate hoje os submarinos americanos usam.Infelizmente um Tresher afundou se não me engano em pleno Atlântico durante os anos 60 com toda a tripulação, uma lastima:-( A classe George Washington não era de caçadores mas os primeiros lançadores dos misseis Polares.

      • O Triton era um só e fazia o alerta antecipado da frota com uma grande antena embutida na vela hidrodinâmica correndo rápido na superfícia e mergulhando mais rápido ainda quando ameaçado. Faltam o Skipjack, Scorpion, etc, (do qual derivam os SSBN George Washington, Patrick Henry. etc), o diesel Halibut que lançava Regulus e mais alguns outros submarinos. Incompleto mesmo o gráfico.

      • A família de minha mãe é do Rio e varios parentes meus são da Marinha. Escuto sobre submarinos desde pequena. Lembro que antigamente eu tinha medo, pavor, horror de entrar dentro de um.

  2. Faltou neste infográfico os submarinos da classe Seawolf. Verifique também que segundo a Wikipedia, os submarinos da classe Virginia e Seawolf chegam a atingir 35 nós de velocidade quando submersos.

    • É provável, de qualquer forma todo submarino, não importa qual seja navega muito mais rápido submerso do que na superfície por causa do arrasto hidrodinâmico causado pelos dois meios.

  3. Pra quem se interessa em ver o por que dos EUA terem a mais poderosa Navy do mundo segue um verdadeiro infográfico, bem mais bonito de se admirar (e atual rsrsrs…):

    http://i.imgur.com/awVKTLr.jpg

    Ps: E tem quem pense que o Brasil “Putênfia du Phuturu” pode um dia fazer frente a algo do tipo… Ou que devemos combater o Tio Satã, nosso maior aliado…

    • Por isso que ANTIAMERICANISMO ESQUERDOPATA é UTOPIA… só na cabecinha de MILITONTO que o mundo funciona como eles esperam… o UFANISMO BARATO que eles militam é coisa de DETURPADO IDEOLÓGICO ESQUERDALHA… temos é que redirecionar o modelo educacional, retirando todo esquerdalha do méqui e refundando os parâmetros curriculares da educação nacional, focando no fim do sócio construtivismo e voltando ao MÉTODO MERITOCRÁTICO e investimento maciço em CIÊNCIA & TECNOLOGIA com associação com empresas nacionais e bolsas bem remuneradas para pesquisadores SÉRIOS que tenham obrigação legal de pagar o investimento com pelo menos DEZ anos de pesquisa em território nacional… o resto é MIMIMI e retórica de esquerdistas enganados pela máfia vermelha internacionalista…

      • De lá pra cá, de cá pra lá, de lá pra cá, de cá pra lá, de lá pra cá, de cá pra lá, de lá pra cá, de cá pra lá……rsrsrs!

    • Ora, que legal essa lógica: Se seu amigo come lagosta vc não precisa comer também. Se seu amigo tem um bom carro vc não precisa ter também. Se seu amigo tem uma boa arma vc não precisa ter também…
      O mais engraçado de tudo é que se uma só lagosta, um bom carro, uma só boa arma são caros, qual a mágica para esse amigo ter uma quantidade imensa desses caros produtos? Ahh! Mas ele é um bom amigo e de confiança, nunca quebra acordos, então vou ficar quieto e deixar esses questionamentos para lá… assim vou dormir muito feliz sabendo que ele tem o que eu não tenho.

      Possuir armamento de acordo com nossas riquezas, não trata de se guerrear com outros, de ser intervencionista como alguns valentões da cena internacional, mas de se ter verdadeira condição de impor soberania, ao menos no nosso quadrado, só isso.

      • Se meu amigo estudou e trabalhou para ter carro, lagosta e uma boa arma, palmas para ele.

        Se eu (Brasil) não estudei nem trabalhei e me limitei a invejar e maldizer o sucesso alheio, enquanto reclamo que o Mundo não é justo, tenho mais é que pastar mesmo.

        E defender que riquezas? o pré-sal, que vai continuar onde está porque sua exploração é inviável abaixo de US$ 55,00?

        Ou para as nossas exportações de produtos primários (soja, minérios, etc.), cujos preços de mercado são sempre baixos porque vários países exportam?

        Já somos colônia. Para que alguém vai querer invadir isto aqui?!!

      • Que vocação para perdedor, credo! E que grande desconhecimento histórico e econômico.
        Continue assim, admirando as conquistas dos outros, sem saber seus verdadeiros porquês e origens, e se considerando sem condições de melhorar, pode ter ser certeza eles agradecem.

  4. Interessante, a relação: comprimento/profundidade máxima de operação, não é tão longe de um e se mantêm dentro de 0,4 – 0,8 de 1940 pra cá.

  5. Grande frota, tudo de primeira, coisa para o mundo invejoso invejar. Um dia vamos dizer somos parte, são nossos, com grande orgulho. Nos unilateralistas reacionários estadunidenses, faremos acontecer, fora petralhas, FHC vive, Serra Vive. God Save the United of América.

      • Po censor, pensei que já tinha me aceitado no grupo dos reacionários anonimos, vê até o seu José Luis, já Acha que eu devia ser chamado de Julio Yanke. O que que fiz por sr. rejeita de novo minha resposta a ele? Não foi por que identifiquei a turma toda? Falei do sr. , falei que temos em nossas fileiras,,reacionarios anonimos, fascistas, racistas e congeneres, um verdadeiro yanke que se não serviu nas FAs yankes jurou bandeira, não sera para preservar a nossa dama branca, 22 aninhos, que ficou pra titia? Ou teria sido por causa do chefe, nosso professor de colagem? De qualquer maneira Censor fica o meu protesto. O seu José Luiz, brasileiro, pelo que percebi, não merecia ficar no vacuo, nos nunca devemos deixar um brasileiro sem resposta por medo de nos entregarmos. Mquem sabe assim não consiguiriamos trazê-lo pro nosso lado da Força, se ja fizemos até ministro na Ucrania.

Comentários não permitidos.