Defesa & Geopolítica

Helicóptero Sírio atingido por Míssil retorna a base: Guerra Síria na era dos MANPADS?

Posted by

Mi 17

E.M.Pinto

FN-6 MANPADS 3

Membros do estado Islâmico exibem o FN-6 míssil de origem Chinesa, provavelmente fornecido pela Jordânia.

No atual conflito Sírio, o uso extenso de armas MANPADS ( Man Portable Air-Defense System) impedem e por vezes, limitam as operações da força terrestre Síria na luta contra os Rebeldes e os integrantes do Estado Islâmico.

Em sua maioria os mísseis empregados neste teatro são de procedência Soviética e, são armas fornecidas aos ditos “Rebeldes Moderados” a partir dos programas de apoio recebidos dos membros da OTAN especialmente, Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido, Turquia e França.

Há também armas de origem soviética e até chinesas, advindas do mercado negro de armas como países do antigo bloco soviético (Polônia, República Tcheca e Ukrania). Outras, são oriundas de estoques de armas apreendidas por rebeldes e mercenários após a queda do regime de Khadafi e da “Primavera Árabe”.

An Islamist Syrian rebel group Jabhat al-Nusra fighter talks on a walkie-talkie while carrying his weapon on Al-Khazan frontline of Khan Sheikhoun, northern Idlib province May 17, 2014. REUTERS/Hamid Khatib (SYRIA - Tags: CIVIL UNREST MILITARY POLITICS CONFLICT)

Na imagem um rebelde sírio do  Jabhat al-Nusra conversa pelo rádio  em Al-Khazan na linha de frente de Khan Sheikhoun, norte da provincia de  Idlib  a imagem é de Maio de  17, 2014. REUTERS/Hamid Khatib 

Outra fonte de fornecimento destas armas tem sido a Jordânia  que abastece os Rebeldes financiados pelos Suaditas e pela aliança Árabe na luta para derrubar o regime de Bashar Al Assad.

Porém, não são só os rebeldes que utilzam estas armas, pela internet são exibidas inúmeras imagens e vídeos de membros do Daesh, o Estado Islâmico, portando tais mísseis, alegadamente capturados de seus adversários rebeldes e do próprio regime Sírio. De qualquer forma a variedade de armas é extensa :

China:  FN-6

França: Mistral

Irã: Misagh-1

Polônia: Grom

Ex- URSS: 9K32M ‘Strela-2’ (SA-7), 9K36 ‘Strela-3’ (SA-14), 9K38 ‘Igla’ (SA-18),

Estados Unidos: FIM-92 ‘Stinger’

Na foto em destaque, uma aeronave Mil-mi 8  do Exército Sírio expõe os danos do ataque mortal de um MANPAD  disparado por rebeldes Sírios. Provando a sua robustez, a aeronave conseguiu retornar apesar de possuir consideráveis danos à fuzelagem e até emsmo a peças móveis e engrenagens.

O Mil mi 8 consgeuiu retornar à sua Base  e os membros da sua tripulação apresentaram apenas ferimentos leves,  sorte?

O exército Sírio perdeu algumas aeronaves vítimas do fogo dos MANPADS, entretanto destaca-se que igualmente, muitas outras aeronaves atingidas por estes mísseis, retornaram ao abrigo de suas bases apesar de apresentarem danos sérios como o caso do vídeo que segue e que não se refere ao helicóptero da foto supra exibida.

 

shared on wplocker.com