Defesa & Geopolítica

Lavrov disse que a Rússia não considera o Exército Sírio Livre como um grupo terrorista

Posted by

LavrovTradução: E.M.Pinto

01.10.2015

Nações Unidas: A Rússia não considerar os rebeldes do Exército Livre da Síria (FSA) apoiadas pelos EUA um grupo terrorista e eles devem ser parte de uma solução política na Síria, afirmou nesta quinta-feira o chanceler russo, Sergei Lavrov. Ele disse em entrevista coletiva na sede das Nações Unidas que as tropas russas atacam alvos militantes do ISIS e “outros grupos terroristas” na Síria e que quer ver olho-no-olho a coalizão liderada pelos Estados Unidos sobre este assunto.

A Rússia lançou ataques aéreos na Síria nesta quarta-feira pela primeira vez desde que a guerra civil se instaourou no país em 2011. Fontes do Exército Livre da Síria e dos EUA afirmaram que os ataques realmente acertaram instalações de grupos apoiados pelos Estados Unidos. Lavrov indicou que o FSA não era o alvo.

“Nós não consideramos o FSA como um grupo terrorista”,

disse ele.

Os Estados Unidos lideraram uma coalizão de aliados ocidentais e estados regionais na Síria em missões aérea por já um ano.

“Acreditamos que o FSA deve ser parte do processo político, como alguns outros grupos armados no terrenom compostos por indivíduos de oposição aos sírios patrióticos”,

disse Lavrov.

“Isto é absolutamente necessário para que o processo político possa se manter e se tornar sustentável. Nós consideramos terroristas aqueles que foram reconhecidos como tal pelas Nações Unidas e pelo sistema legal da Federação Russa.”

Ao mesmo tempo, Lavrov disse que a base jurídica para a coalizão liderada pelos Estados Unidos e que implementa ataques aéreos na Síria contra alvos do ISIS “é Falha”.”

Fonte: DailyStar

shared on wplocker.com