Defesa & Geopolítica

Egito adquire 50 KA 52

Posted by

ka-52Tradução e adaptação: E.M.Pinto

O Egito concedeu  ao fornecedor russo de armas, Rosoboronexport um contrato para  aquisição de 50 helicópteros Kamov Ka-52 Alligator, de acordo com o informado pela mídia russa. Os detalhes da transação permanecem escassos, mas acredita-se que alguns dos helicópteros egípcios serão da versão marítima Ka-52K Katran, que foi revelado no início deste ano.

O Katran poderá equipar os dois navios de desembarque classe Mistral, que foram construídas pela DCNS /STX France para a Rússia. A França interrompeu as negociações e não entregou os navios após a adesão ao regime de sanções contra a Rússia pela anexação da Criméia. Quase no mesmo dia em que o Egito anunciou a aquisição dos dois Mistral, foi tornado público o interesse  pelos Ka-52. Fontes russas afirmam que, embora o Egito possa basear os Kamovs nos Mistral, os Ka-52K não fazem parte do negócio envolvedndo os navios.

Moscou e Paris assinaram um contrato de  €1,2 bi o qual contemplaria a aquisição de dois navios em janeiro de 2011. Ambos os navios foram construídos e testados no mar. O Vladivostok deveria ter sido entregue à Rússia em Novembro de 2014, e o Sevastopol no ano seguinte. Mas em 3 de setembro de 2014, o presidente francês François Hollande anunciou que, devido às “ações recentes da Rússia na Ucrânia”, os dois navios não seriam entregues. Na sequência de negociações, em agosto do mesmo ano, Paris e Moscou não levaram adiante o contrato. O Vice-ministro da Defesa Yuri Borisov confirmou a disponibilidade de Moscou em retirar do navio os equipamentos de fabricação russa para que estes pudessem ser vendidos a um outro comprador. Os equipamentos incluem um sistema de supressão para guerra eletrônica do Kret.

A Arábia Saudita, que precisa do apoio das tropas egípcias no Iêmen, pode ter financiado as recentes compras de armas egípcias. Os navios da classe Mistral são projetados para transportar tropas e veículos blindados, o que os torna adequados para a campanha no Iêmen. A marinha russa queria que os Mistrals pudessem transportar helicópteros Kamov para apoio de fogo. Com um deslocamento máximo de 21.300 toneladas métricas, os navios podem transportar até 16helicópteors pesados ou 35 helicópteros ligeiros, e até 900 tropas.

A Rússia vê o Egito como um potencial comprador para os caças MiG-35 . No serviço egípcio, estes iriam substituir os combalidos MiG-21 de origem russa e chinesa. As estimativas sobre a quantidade de caças para o Egito variam entre 46 e 62  dependendo das fontes. O jornal Vedomosti baseado em Moscou informou que o negócio em questão seria avaliado em US $ 2 bilhões.

A Síria, também, pode receber 12 caças MiG ordenados em 2008. Os embarques das aeronaves aos seus destinos poderiam ocorrer nos anos 2016-2017, de acordo com relatos da mídia russa. A Síria selecionou o MiG-29M / M2, que compartilha uma estrutura e sistemas com o MiG-35 mais recente e avançados.

Fonte: AIN

shared on wplocker.com